Penhora dos bens do devedor bancário

“Veja quais são os bens que não podem ser penhorados para pagar dívidas”

Os bancos costumam utilizar técnicas de ameaça para “aterrorizar” clientes inadimplentes.

É comum o devedor receber ligações telefônicas grosseiras com ameaças de que acaso não seja paga a dívida “um oficial de justiça irá até sua casa e vai penhorar seus bens e até sua casa que serão vendidos em leilão para pagamento da dívida”.

Muitas pessoas ficam realmente apavoradas, porque não conhecem os seus direitos, muito menos quais os bens que não podem ser penhorados para pagamento de dívidas e pensam que na manhã seguinte haverá um oficial de justiça com 2 policiais para levar todos os seus bens e lhes retirar da casa que será vendida na parte da tarde.

Fique calmo, não é bem assim que funciona, veja a seguir o que pode realmente acontecer se você estiver devendo para um banco e quais bens podem ser penhorados em caso de ação judicial:

Primeiro, vale ressaltar que: Sendo os credores instituições financeiras (bancos, cartões de crédito, financeiras, etc) eles não costumam entrar com ações de cobrança na justiça, somente em casos de dívidas de financiamentos de imóveis, veículos e outros bens (que podem ser penhorados pois estão em garantia da dívida, assim eles podem entrar com ações de busca e apreensão destes bens), ou se não for este caso, somente se as dívidas forem altas e quando os credores têm certeza que o devedor tem dinheiro ou bens suficientes para saldar a dívida.

Se você não se enquadra em nenhuma destas situações, as chances de receber a visita de um oficial de justiça em sua porta é muito pequena.

Assim, é muito mais eficiente e econômico para estes credores contratar empresas de cobrança que ficam ligando dia e noite para o devedor, fazendo ameaças de penhora e venda de bens, apavorando-os e fazendo com que muitos, que desconhecem seus direitos, corram para vender bens, pegar outros empréstimos e fazer todo o tipo de negócio para quitar a dívida, com medo do que pode acontecer.

No caso do credor realmente mover uma ação judicial de cobrança, ou execução da dívida, vamos deixar bem claro a seguir o que não pode ser penhorado para pagar dívidas:

Primeiro de tudo é o salário (incluindo no termo “salário” toda renda que venha do trabalho), o salário não pode ser penhorado para o pagamento de dívidas, salvo em caso de pensão alimentícia.

Também não pode ser penhorado o imóvel único de família, conforme determina a Lei 8009/90. (Veja Lei nesse Portal)

“Art. 1º O imóvel residencial próprio do casal, ou da entidade familiar, é impenhorável e não responderá por qualquer tipo de dívida civil, comercial, fiscal, previdenciária ou de outra natureza, contraída pelos cônjuges ou pelos pais ou filhos que sejam seus proprietários e nele residam, salvo nas hipóteses previstas nesta lei”.

O imóvel único de família somente poderá ser penhorado em casos específicos que a lei determina, como por exemplo: Dívidas que sejam do próprio imóvel (financiamento, condomínio, IPTU, hipoteca), pensão alimentícia, quando o imóvel tenha sido dado em garantia (escrita e assinada) à uma dívida (fiança em locação e outros casos) ou por dívidas com trabalhadores domésticos da própria residência.

Além dos salários e do imóvel único de família, segundo o artigo 649º do Código de Processo Civil, modificado pela Lei 11.382/06, que entrou em vigor dia 21 de janeiro de 2007 e alterou dispositivos relativos ao processo de execução e a outros assuntos, são os seguintes, os bens absolutamente impenhoráveis:

I – Os bens inalienáveis e os declarados, por ato voluntário, não sujeitos à execução;

II – Os móveis, pertences e utilidades domésticas que guarnecem a residência do executado, salvo os de elevado valor ou que ultrapassem as necessidades comuns correspondentes a um médio padrão de vida;

Matérias sobre o assunto:

- O Superior Tribunal de Justiça – STJ – diz que lavadora, secadora de roupas e aparelho de ar-condicionado também são impenhoráveis

- Esse Tribunal considera que computador e impressora são bens impenhoráveis

III – Os vestuários, bem como os pertences de uso pessoal do executado, salvo se de elevado valor;

IV – Os vencimentos, subsídios, soldos, salários, remunerações, proventos de aposentadoria, pensões, pecúlios e montepios; as quantias recebidas por liberalidade de terceiro e destinadas ao sustento do devedor e sua família, os ganhos de trabalhador autônomo e os honorários de profissional liberal, observado o disposto no § 3o deste artigo;

V – Os livros, as máquinas, as ferramentas, os utensílios, os instrumentos ou outros bens móveis necessários ou úteis ao exercício de qualquer profissão;

VI – O seguro de vida;

VII – Os materiais necessários para obras em andamento, salvo se essas forem penhoradas;

VIII – A pequena propriedade rural, assim definida em lei, desde que trabalhada pela família;

IX – Os recursos públicos recebidos por instituições privadas para aplicação compulsória em educação, saúde ou assistência social;

X – Até o limite de 40 (quarenta) salários mínimos, a quantia depositada em caderneta de poupança.

§ 1º – A impenhorabilidade não é oponível à cobrança do crédito concedido para a aquisição do próprio bem.

§ 2º – O disposto no inciso IV do caput deste artigo não se aplica no caso de penhora para pagamento de prestação alimentícia.

by LISANDRO MORAES
Advogado Especialista em Direito do Consumidor
OAB.Rio Grande do Sul.RS
www.moraesemoraes.com.br
lisandro@moraesemoraes.com.br
51-3226 7210/3228 8634



Veja também:
  • Impenhorabilidade de um Bem da Família
  • Penhorar bens do endividado em 24 horas
  • Você está devendo para um banco?…
  • Lei do Cheque
  • Cancele seu cartão de crédito mesmo com dívida
  • 386 comentários »

    1. André disse,

      14/04/2009 @ 12:53

      Boa Tarde, Gostaria de uma ajuda, eu tenho uma divida no banco HSBC e recebi uma ligação dizendo que vão mandar para a justiça. Mas eu naum tenho nada em meu nome. Eu tenho um carro que está nome da minha esposa(nome de solteira) e é leasing(alienado). eles podem pedir a penhora deste bem?

    2. Marcos Antonyo Lima disse,

      15/04/2009 @ 1:06

      Prezado André, o presente espaço é disponibilizado apenas para comentários referentes ao artigo publicado. – Utilize o link “Contato” no alto dessa página para solicitar suas orientações, direcionando-me através do mesmo suas dúvidas, fornecendo, neste caso, detalhes dos atritos gerados na sua relação de consumo com esse banco ladrão, como o valor principal da dívida e o valor cobrado, período da inadimplência, etc… – Quanto a sua dúvida inicial, lhe digo que, cobrador de dívida bancária gosta de aterrorizar o consumidor mesmo, todavia, não se preocupe que eles não mordem, e somente fazem barulho, e dificilmente levam clientes para os tribunais por pequenas dívidas, pois gostam mesmo é de milhões, e se borram todos diante de um juiz sério. – Para as demais dúvidas, envie-me um e-mail que terei o maior prazer em atendê-lo. – Grato. Marcos Antonyo Lima/Editor

    3. Fabio disse,

      27/04/2009 @ 2:04

      Boa noite!

      É muito bom saber que tem pessoas que se importam com as dúvidas e com os problemas das pessoas nesse país! primeiramente, gostaria de parabenizá-lo pela escrita, pois me trouxe um conhecimento maior sobre o assunto… tenho algumas dúvidas, e por isso só lhe informando que te mandei uma msg pela sua pág.

      Obrigado,

      Fábio Mattos.

    4. Jose C. Xavier disse,

      29/04/2009 @ 9:16

      Muito bom esss esclarecimentos para os leigos. obrigado, parabéns!.

    5. Jhonatan f de jesus disse,

      29/05/2009 @ 15:16

      tenho uma divida muito alta que começou agora esses tempo mais de 10mil nao tenho nada no meu nome sera que ao passa do tempo posso me prejudica no primeiro emprego e tambem como poderia assumir a divida ou se nao paga durante um bom tempo pode sumi a divida ou oque posso faze ,sou uma pessoa que nao sei nada sobre isso oque posso faze…;grato..

    6. gilberto rocha disse,

      02/06/2009 @ 8:23

      oi tdo bem
      queria um esclarecimento por favor , comprei um trator financiado no banco mas ate agora nao consegui pagar nenhuma parcela desta divida , e agora estao querendo penhorar minhas terras onde trabalho ,o que vcs pode me orientar nesta situacao .muito obrigado

    7. Ana Paula disse,

      22/06/2009 @ 22:02

      Olá
      Acabei de ler esta materia porque estou apavorada não consegui pagar minhas dividas e acabei me enrolando…Eu não estava conseguindo nem dormir mas lendo esta materia estou mais tranquila…
      Um abraço

    8. Sylvia Pancha disse,

      01/07/2009 @ 16:54

      Oi!! queria te agradecer por ajudar as pessoas leigas sobre os bancos
      eu estva aflita ja uns 2 meses com uma divida com o cartao bradesco que é vinculado a conta
      como estou desempregada a 6 meses nao consegui pagar e estava morrendo de medo
      que com o tempo essa divida fosse penhorar meu unico bem que tenho, que é metade do apto com meu ex marido, ainda tenho duvidas pois nao moro nesse apto..mas ja fico mais tranquila
      muito obrigado

    9. eliane silva disse,

      13/07/2009 @ 13:51

      Oi,gostei muito do esclarecimento que está na página acima mesmo assim tenho uma dúvida,comprei um computador nas Casas Bahia e até o momento não tive como pagar nem a primeira parcela,pois eu sou autônoma e no momento estou parada,recebi uma carta que estão movendo uma ação judicial e que meus bens podem ser penhorados,quero saber eles podem pegar o computador de volta?ou um carro que eu tenho mas está no nome do meu marido?gostaria que esclareça essa dúvida para mim,desde já obrigado pele atenção!!!

    10. roberto siqueira campos disse,

      24/07/2009 @ 21:25

      fiz um finaciamento no banco para poder terminar a construção da minha casa.
      Mas fiquei desempregado, por 8 meses, e o banco sempre me cobrando, e eu sem condiçoes
      de pagar, tentei fazer um acordo para que eles baixassem o valor EXORBITANTE que eles estavam
      cobrando.
      Gostaria de saber do senhor se eu posso perder alguns bens que estão no meu nome.
      haja vista que muitos devedores e que tem o nome no spc, colocam os bens no nome de
      outras pessoas para que estes nao venham a ser executados,
      Minha esposa tambem poderá responder por minha divida??????
      grato

    11. marlene lelis disse,

      30/07/2009 @ 19:14

      estou com uma divida no banco ,quero pagar mas nao tenho condiçoes de pagar oque eles estao exigindo,tenho uma loja unico bem da minha familia era empregada desta loja e nao tinha experiencia em entrei no especial e me enrolei fiz varios acertos mas nao consegui pagar minha divida ,quero pagar de acordo com minhas condiçoes mas o gerente nao aceita negociar ,estou com a parcela atrazada e desesperada sem saber o que fazer sendo ameaçada toda hora que vao tomar o unico bem que tenho que e um carro que esta no nome do meu marido .devo procurar uma asseçoria juridica mas n tenho dinheiro para pagar o que poderia fazer

    12. Paulo Mota disse,

      03/08/2009 @ 14:14

      Prezado Sr.,

      Sou avalista de 2 sobrinhos no crédito educativo da APLUB. Ambos são inadimplentes e não tem bens em seus nomes. Estão me executando na justiça. Eu tenho apenas o apartamento onde moro. Quais são as consequências? As dívidas somadas são impagáveis para mim.
      agradecimentos antecipados

      Paulo Mota

    13. hana disse,

      12/08/2009 @ 14:58

      como possoo apaga um comentario q eu fiz..

    14. ossean maia macedo disse,

      18/08/2009 @ 7:43

      Prezado sr., tinha um bom emprego,e tinha cartões de creditos,sempre paguei em dia,mas teve uma época,que fiquei oito meses desempregado,e não pude quitar minhas dividas,minha casa é financiada,no nome de minha esposa,consegui um emprego agora recente ,mas ganho apenas um salário minimo,tenho filhas e tenho despesas com colégios e com a familia,é muito pouco o dinheiro que as vezes falta em casa,a credora de cartões de credito,mandou uma propósta para quitar as dividas,mas pra mim fica quase que inpossivel pagar,o valor é de 1.200,00reais de um cartão e de 900,00 reais de outro,1.000,reais de outro,a credora está ameaçando-me de me prender,de me tomar a casa,de mandar pra justiça e tomar meus bens,o que devo fazer,o único bem de valor que tenho é esta casa que pago financiada em 20 anos pela caixa econômica federal,e ainda falta dez anos pra quitar a casa,eles podem fazer estas ameaças,e tomar minha casa?fico muito preoculpado,pois tenho filhas e esposa que dependem unicamente deste meu salário minimo,pesso sua ajuda para me orientar,o que eu faço? um grande abraço.

    15. Regina disse,

      19/08/2009 @ 1:32

      Ótima iniciativa e ótimo texto!
      Trata-se de um problema comum, procupante, mas do qual pouco se fala, talvez por constrangimento. Além da grande relevância do assunto, o texto está absolutamente, claro, muito bem escrito.
      Agradeço.

    16. anderson disse,

      19/08/2009 @ 11:39

      ola devo o bradesco e eles levaram na justiça sem eu receber uma itimaçao e nada comprei uns pcs pra montar uma lanhouse alienado pelo banco mas fui assaltado duas vezes e nao conseguir compri meus compromissos tentei fazer um acordo e eles nao aceitaram a uns dois anos atras , o que aconteceu a justiça deu busca e apreensão nas maquinas devolvi o banco as maquinas agora vao mandar para leilao queria saber o que acontece depois por nao vai da pra pagar as dividas com esse leilao e nao tenho mais nada porq era meu meio de trabalho agora trabalho sem carteira assinada na mesma lam pra outra pessoa e do manutenção em pc o que eu faço agora nao tenho como pagar a divida obrigado

    17. ossean maia macedo disse,

      20/08/2009 @ 7:08

      fiz um comentário sobre uma divida minha,será que tem alguém que possa simplesmente me dar uma orientação sobre o assunto citado acima,ficarei muito grato,aguardo respostas,osseanmaia@hotmail.com

    18. Manoel disse,

      23/08/2009 @ 17:47

      Boa tarde, fui fiador de uma renegociação de divida/emprestimo em um banco, tenho um imovel, e um veiculo, sendo que o imovel ainda nao esta escriturado, (mas está em meu nome) tenho apenas contrato de compra e venda dele com a construtora;

      Este imóvel está alugado, com o dinheiro do aluguel moro em outro mais proximo do trabalho;

      EU pergunto: se o devedor principal nao pagar, eu como fiador, posso perder meu imovel ?
      Me informei e um advogado me disse que o veiculo poderia ir para execução mais nao o imovel por ser bem de familia, minha duvida é preciso estar morando nele pra ser considerado bem de familia? Pois o mesmo está alugado. ME ESCLAREÇA POR FAVOR!

    19. Irany disse,

      26/08/2009 @ 13:02

      Financiei um computador e já está com três prestações vencidas e estou esperando o mandado de busca e apreensão, ainda posso negociar com o banco?

    20. Heleno lana disse,

      30/08/2009 @ 19:44

      Estou devendo no banco e tenho um carro em meu nome, eles podem penhora-lo?

    21. Miltom disse,

      01/09/2009 @ 12:48

      Explendido essa matéria, Graças a Deus nossos representantes no congresso foram senciveis e cuidadosos ao votar uma lei que ao contrario de estimular mal pagadores, garante a dignidade minima para o cidadão sobreviva e tenha condições de dar a volta por cima. Nessa as instituições que querem possuir a alma do cidadão perderam. Comprou, tomou emprestimo, financiou, tem que pagar!!! Mas entre a compra e o pagamento pode acontecer situações extremas podem acontecer na vida de alguém. Eu fiquei desempregado por muitos anos lutando dia a dia em serviços que não me davam estabilidade e mal dava pra dar o que de comer aos meu casal de filhos. Recebi cestas basicas por algumas vezes, e quando fiquei meses sem ver um vintem, e precisando comprar comida, roupa, fraldas remedio para minha filha que é muito doente, caí no desespero e fui ao banco passava um carro de som todos os dias na minha rua oferecendo dinheiro era só procurar o banco X ( nosso “amigo “de todas as horas) e pequei 2 mil reais.
      Continuo desempregado porem, porem estou cursando ensino superior em enfermagem (consgui uma pontuação boa e ganhei uma bolsa de estudo integral) para almentar minhas chancea no mercado formal de trabalho. Minha divida esta em 6 mil reais, eles não aceitam as minhas condições de pagamento e ameaçam o tempo todo. Eu passo um inferno pois o que eu mais quero é quebrar essa corrente que me prende a divida, não devo a ninguém e prefiro comer pão e agua do que ver meus filhos crescerem com a visão de um pai que tomou emprestado e não pagou. Mas também perder minha casinha, que não está acabada, minha geladeira, os berços dos meus filhos, a moto que eu uso para entregar lanche nos fins de semana e para ir para faculdade……..Ah eu acharia uma sentença judicial desproporcional e desqualidficada de conheciemento do contexto socioeconomico e dos próprios direitos humanos, além de manipulada pelo poder economico.

    22. Kety disse,

      02/09/2009 @ 3:17

      A matéria é muito boa. Mas eu queria saber o real autor dela. Porque no seguinte link http://www.endividado.com.br/colunas_det.php?id=19494 essa mesma matéria foi postada sem autoria só que com uma data anterior a do atual post (10/08/2007).

      Me solidarizo com as pessoas que desesperada expõem suas situações financeiras aqui. Também passo indiretamente por tais problemas e é mesmo um inferno esses bancários com esses juros extremamente abusivos. Esse país que nem é desenvolvido permite demais tais taxas, de forma que somam entre as maiores do mundo. Não tem o menor cabimento uma divida que começa em 20 mil em cerca de um ano ou pouco mais ir para 60 mil bruto ou no acordo ficar em 38 mil. Se a pessoa não tem dinheiro pra pagar a divida inicial vai ter pra pagar os juros? Absurdo! De natureza maléfica são esses credores! E nossos governantes e dirigentes dão largueza demais a esses credores tão vagabundos quanto a maioria dos politicos. Revoltante.

      Fica a dica: NUNCA ENTREM EM FINANCIAMENTO, CHEQUE ESPECIAL, CARTÃO DE CRÉDITO. Esses dois últimos são os de maiores taxas de juros. Nunca entrem. Se você tem 400 reais pra pagar mensalmente pra uma instituição financeira, em vez de dar isso a credores, coloquem numa POUPANÇA e só retirem quando alcançar o valor necessário e almejado. Melhor demorar pra adquirir seja lá o que for, do que no afã consumista e desesperado financiar e pagar quase o dobro pra financeiras o valor que a vista sairia até 10% ou mais barato o mesmo bem. Ex.: carro a vista 26 mil finaciado em 3 anos 36 mil. 10 mil só de juros, não vale a pena! USEM A CABEÇA!

    23. julia freitas disse,

      10/09/2009 @ 8:41

      olá….
      meu esposo tem uma divida num banco, e ontem chegou uma carta dizendo que vão empenhorar os bens dele, ele só tem um carro no nome dele, e esse carro ta com outra pessoa, o que pode acontecer??
      agradeço…

    24. tania c. g disse,

      14/09/2009 @ 18:54

      oi td bem gostaria de saber se eu ficar devendo no banco eles podem tirar uma biz q eu tenho mas falta 12 meses para acabar de pagar mas o financiamento da moto esta em dia nao to conseguindo pagar o banco tive q fazer varios empressimo devido a um problema de saude agora nao to conseguindo pagar q devo fazer.
      desde ja eu agradeço um abraço

    25. Edgley Oliveira disse,

      18/09/2009 @ 18:49

      Passei em varios concursos mas estou com medo de não poder assumi os empregos pois tenho uma divida com bnb que esta na justiça, se alguem neste site poder dar alguma informação se alguem que tinha esse mesmo problema que eu conseguiu assumir o emprego por favor coloque o email para que eu possa entrae encontato para tira minhas duvidas

    26. Marlene disse,

      24/09/2009 @ 14:18

      Devo o Banco Brasil + ou- 6.000,00 e estou 75 dias atrasado com a prestação de 270, 00 devido a ter ficado desenprecada eu e meu esposo. Estão ligando para mim todo dia um advogado me precionando dizendo que tenho que pagar esses 6.000,00 ou 6 parcelas de 1.500,00, atulmente nao tenho condiçoes de pagar, o que devo fazer, as vezes penso que vou enlouquecer.

    27. Marco Aurélio disse,

      28/09/2009 @ 15:01

      Kety, o autor é o Marcos Antonyo mesmo, ele escreve para ambos os sites, tanto para o Endividado, quanto para o Escravos dos Bancos.

    28. luciana cristina disse,

      01/11/2009 @ 20:10

      gostaria de sua opiniao pois estou com uma divida no banco por volta de 8.000,00 conforme acordo dado pelo banco poderia pagar em 36x de 810,00 o que é um absurdo, somando da para comparar um carro a viasta. o que vfazer nesses casos? a quem recorrer para paagar mais pagar o justo? me ajudem… quero a sugestoes de vcs e quanto as empresas de reabilitacao de credito, sao confiaveis? luciana

    29. Rogero Coltinho disse,

      04/11/2009 @ 1:13

      Boa noite fiz um financiamento no bndes no valor de 40.000,00 e um outro de capitao de jiro no valor de 15.000,00 e minha sogra e minha fiadora e ela mora em uma casa que ainda esta em nome do meu sogro que ja faleceu e ainda nao foi feito o inventareo ela pode perder essa casa e ter o nome no spc e serasa.

    30. FABIANA disse,

      04/01/2010 @ 8:28

      Bom dia, eu e meu esposo compramos um carro a um tempo atras, parcelamos em 36x, mas pagamos apenas 12 x,sofri um acidente onde deu praticamente perda total do veículo, o veículo está no nome do meu esposo e possuo apenas uma moto no meu nome que vale só R$ 3,000, o banco pode me tomar a moto estando no meu nome e o carro no nome do meus esposo??

    31. ivone disse,

      18/01/2010 @ 19:28

      boa noite emprestei uma maquina digital a uma vizinha e ela quebrou,
      agora quero que ela pague a maquina só que não acho da mesma
      pois ela e importada e cara. sugeri a ela que compra-se uma mais barata,mais
      barata mais ela acha que tenho que dar a ela a escangalha ou dividir a divida
      isso esta certo. achu que nãopois foi ela que escangalhou então ela que arque com o prejuiso.
      por favor me reponda eobrigada.

    32. Denilson Santos Alves disse,

      22/01/2010 @ 9:36

      tenho um financiamento que esta com cinco prestações atrazadas, o banco ja entrou em contacto e enviou por e-mail um boleto para ser pago agora no dia 27-10-2010,e ajo que nao vo conseguir pagar, o que pode acontecer em relação ao banco para comigo, agurdo sua resposta desde ja muito obrigado.

    33. vitorugo buchweitz disse,

      24/01/2010 @ 13:24

      dr. quero passar os imoveis p/minha unica filha ,mas tambem quero que fica sem poder ser vendido antes de que eu venha a falecere e tutor deposite em juizo e fornecça as contas em dia e a mae nao tenha acesso pois podera prejudicala como poderia ser feito

    34. vitorugo buchweitz disse,

      24/01/2010 @ 13:30

      meu pai faleceu faz quase 02 anos e o meu irmao fez inventario pelo forum e me disse que a minha mae podeia perder seu apartamento e sua casa em jaguarao e ela teria que receber os alugueis dele e nunca viu a cor do dinheiro desde que passaram os bens para ele sendo ela usufrutuaria desde 1997 ele so diz que ta pagando contas deles o que posso fazer não tenho dinheiro para resolver tudo isso como posso fazer

    35. ELZ A VASCO NCELOS disse,

      29/01/2010 @ 9:03

      Cheguei hoje muito deseperada pois recebi uma notificação d e penhoras dos meus bens, ma s lendo este artigo o que pod e se r penhoravel, estou mais calma.

      Enviei um email a vc s , solicito uma resposta por favor

    36. tone disse,

      11/02/2010 @ 19:23

      boa noite, tenho dois cartoes de credito um visa e outro mastercad, os dois e do credcar eu me enrolei nos dois cartoes o visa fiz acordo para pagar , estou pagando ainda mais o outro acaba de me mandar um papel extrajudicial para me ameacar dizendo que vai penhar meus bens nao tenho carro enm casa, somente tenho conta bancaria , nesse caso eles podem penhorar alguma coisa minha estrou desesperado o que eu faco por favor me ajuda grato

    37. Fernanda disse,

      17/02/2010 @ 13:56

      BOA TARDE.

      MEU NOIVO TEM DÍVIDAS COM O BANCO (CERCA DE 50MIL). ELE PASSOU TUDO PARA O MEU NOME UM LOTE (AGORA ESTÁ CONSTRUINDO). O BANCO PODE TOMAR A CASA (QUE NA ÉPOCA ERA UM LOTE. OBS: A CASA NÃO ESTÁ REGISTRADA E ESTA NO MEU NOME A MAIS DE 1 ANO. A DÍVIDA TEM MAIS OU MENOS UM ANO. ELES PODEM “ACHAR” QUE ELE AGIU DE MÁ FÉ E TOMAR A CASA????

    38. Julio Cesar de C. Aquino disse,

      21/02/2010 @ 15:36

      Ola. Sou avalista de uma amiga, num finaciamento de um veículo e sei que se ela não pagar as prestações eu terei que pagar. Gostaria de saber se por ventura ela deixe de pagar o carro em questão ele pode ser apreendido pela finaceira como pagamento da dívida ou se eu tenho que pagar as prestações e ela fica sem punição e ainda se eu posso entrar judicialmente com pedido de busca e apreensão.

    39. jacqueline andrade disse,

      22/02/2010 @ 8:35

      Fiz um emprestimo no Banco do Vale, no contrato coloquei as maquinas da minha malharia como garantia, por que naquele momento tinha certeza de quitar a divida. Mas nao foi isso que aconteceu! Recebi um golpe de R$ 21,000,00 em mercadori no final do ano, uma quadrilha que ja esta presa. Entrei em contato com Banco para explicar a situaçao e tô pagando a divida como eu posso. Tenho uma avalista que é minha socia, ja aposentada por idade. A questao é que o funcionario do banco liga para ela dizendo que eu sou uma senvergonha, que usei ela, e se ela quere pode me dotar na justiça por ter usado o nome dela de má fé!!
      Nao sei mais o que fazer!!! Minha empresa é nova, tem apenas 8 meses. Será que terei que dar as maquinas para quitar a divida que nao venceu, e fechar a malharia? Minha unica fonte de renda, tenho dois filhos pequeninhos que criu sozinha, dai como fica, o que posso fazer mediante essa situaçao.

    40. Anderson disse,

      25/02/2010 @ 17:57

      Parabéns.

      Sou Bacharel em Direito, desde o mês de dezembro do ano passado.

      Sou concurseiro e percebi, nos mais variados certames, que, rotineiramente, para qualquer carreira jurídica federal, seja questionando sobre a impenhorabilidade do salário, com sua exceção, seja sobre a quantidade de salários mínimos depositados em caderneta de poupança que enseje a penhorabilidade, o assunto é amplamente cobrado.

      Se eu tivesse lido seu artigo antes do último concurso para o TRT da 15ª Região, para o cargo de analista judiciário execução de mandados, não teria desperdiçado tão precioso ponto, que me custou a não correção de minha redação, mas… a vida continua e os estudos também.

      Esclareço que, à época, eu ainda não tinha tido tempo de ler toda legislação pretinente ao edital, o que não mais ocorre, pois estou atento e meu objetivo é ocupar uma vaga de Procurador do Trabalho.

      Mais uma vez, meus parabéns, pois seu artigo é digno de elogio, trazendo uma linguagem simples, com uso correto da nossa língua e com foco apurado.

      Forte abraço.

      Anderson – SP

    41. paulo silva disse,

      25/03/2010 @ 14:53

      Realizei uma compra pra um companheiro de trabalho e estou ele foi demitido e não me pagou o que estava devendo no cartão de credito e tentei pagar a divida durante um bom tempo mais os juros são muito altos desisti agora a financeira me enviou uma carta dizendo que vai penhorar meus bens, eu tenho apenas um carro em meu nome ela pode penhorar?

    42. Francisco Celestino de Pontes disse,

      11/05/2010 @ 20:09

      Me ajude por favor neste problema, Estou sendo processado por uma fundação por prestação de contas por eu ter sido diretor de uma das intistuições educacionais. Esta Fundação pode empenhorar minha única casa que moro e o meu salário como funcionário público, ou unico de minha sobrevivência e da familia? Se ñão tenho como pagar em caso de condenado que está rolando em torno de R$ 72.000 o que o Juiz pode me obrigar ou a outra parte? Como devo sair destas calças curtas? Me responda por favor. Estou apavorado.

    43. ELIANA GALLO disse,

      12/05/2010 @ 13:05

      ola.. por favor, se pudeer responder no meu e-mail, agradeço.
      Bem tenho uma divida no banco Santander ha uns 2 anos, pois fiquei desempregada na época, é so o liite do especial e um cartao de credito.. o valor total é em torno de uns 2500(sem os juros).. eles dizem q minha divida esta em uns 6 ou 7 mil eu axo… Bem, recebi uma notificação de uma recuperadora de credito dizendo q tenho 48 horas p pgar, so que estou desempregada e nao tenho de ond tirar.
      Tenho um carro em meu nome, fianciado, faltando 11 parcelas, que meu pai esta pagando. Eles podem penhorar isso, é so oq tenho?
      por favor,me ajudem.
      grata
      eliana

    44. marta araujo disse,

      14/05/2010 @ 10:40

      Meus pais foram fiadores de uma bolsa restituivel na universidade PUC_SP, por diversos fatores não consegui comcluir o curso e estou com uma divida monstruosa praticamente impagável dentre as atuais situções financeiras da minha familia, gostaria de saber se corremos o risco de perder nosso imóvel que foi garantia da bolsa.

    45. joyce disse,

      16/05/2010 @ 11:54

      Ola estou desmpregada tenho uma divida no banco alta e tentei fazer acordos com eles eles nao querem aceitar estou me virando o maximo e o dinheiro que eu arrumo enfio no banco eai só paga o juro, virou uma bola de neve,tenho unico bem no meu nome uma moto financiada e queria saber se eles pode penhorar ? o que devo fazer ? obrigada

    46. Rita de Cássia disse,

      18/05/2010 @ 21:13

      Boa noite

      Meu esposo tem uma micro empresa e tem dividas trabalhistas. Tudo que temos é uma casa na praia que está no nome do meu esposo. A justiça pode penhorar este imóvel?
      No aguardo.

    47. Rita de Cássia disse,

      18/05/2010 @ 21:14

      Boa noite

      por favor ainda estou no aguardo da resposta.
      Rita de Cássia

    48. bruno baldani disse,

      19/05/2010 @ 20:51

      boa noite

      tenho uma divida pra receber de uma pessoa , porem até a presente data nao obtive nenhum sucesso

      recentemente fiquei sabendo que seu pai esta fazendo invetario do sitio por morte dA MÃE DO DEVEDOR

      POSSO PEDIR A PENHORA DA PARTE DELE NOS AUTO DE INVETARIO

    49. Ivaldo oliveira disse,

      21/05/2010 @ 14:25

      gostaria de uma ajuda tenho divida e chegou um oficial com mandado de penhora de bens mas eu nao tenho nada no meu nome ele pode penhora algo que esteja no nome da minha mae pós moro com a mesma

    50. luiz carlos da silva disse,

      27/05/2010 @ 14:50

      boa tarde gostaria que me orientasse pois eu tenho um cartao de credito pessoal do banco cacique que nen sei omde fica entregarm no correio para min tudo bem sou aposentado e minha mulher e pensionista devo neste cartao 4000 agora de tanto juros ele ja foi para 11000 tenho minha casa que moro com ela e um carro uno 1993 que ajente usa para ir ao medico para nao pagar taxi con tanto juros nao consigo pagar o que eles quere que e 400 reais por mes eu ofereci 100 reais e disse para que mais eu nao comeria me disserao que o que vou comer nao interesava a eles e vao mandar para o judicial e que vao penhorar minha casa onde moro emeu carro que nao e novo mas atende a jente sera justo o que estas pessoas estao fazendo voce sabe bem como e a vida de aposentado so sofrimento pode me ajudar com esclarecimentos obrigado

    51. Joao Carlos Ribeiro disse,

      29/05/2010 @ 20:53

      Meu pai tem uma açao contra um banco, e o mesmo acaba de mover uma açao contra o meu pai. O meu pai além do imovel, tem algumas outras coisas no nome, como 1/4 de uma herança. Ele esta querendo vender o imovel onde mora. Ele fica impedido? E isso pode atrapalhar o negocio?

    52. inacio santana disse,

      06/06/2010 @ 4:45

      Tenho uma divida com banco consegui pagar 22 prestações a minha empresa esta falida,não nenhum bens em da mesma,o banco ja mandou varias cartas a ultima foi uma notificação extrajudicial,estou apavorado,pergunto se posso perder minha casa e um único predio comercial,que tenho.Sou casado no civil o que pode acontecer,por favor me retorno.

    53. aline couto disse,

      25/06/2010 @ 2:55

      DOutor tenho apólice previdenciária na caixa econômica federal pois a gerente me informou p mim e para meu avô q o seguro previdêciaro n entra em inventário, que investi pq meu avô qdo estava vivo me deu conta corrente conjunta com ele e me deu uma procuração de plenos poderes sobre o patrimônio em dinheiro dele e antes de seu falecimento. Onde coloquei meu patrimônio e inclusive o $$$ q minha avó me deu em vida em dinheiro antes de falecer. Gostaria se esse fundo previdênciário pode ser penhorado pelos meus parentes já q quem cuidou deles até a morte fui eu e foi assim a vontade deles em relação ao dinheiro. ? Obrigada aguardo uma resposta como posso me defender ?

    54. Cândido Ferreira disse,

      18/07/2010 @ 13:42

      boa tarde
      Eu li todo este documento mas estou com uma duvida.
      Eu estou com dividas as quais não consegui pagar,agora por ordem do tribunal a empresa para para a qual eu trabalho está a descontar um terço do meu salario e a minha pergunta é a seguinte.
      O tribunal pode mexer no dinheiro que tenho no banco,uma vez que so o meu salario vai para o banco.
      Obrigado e fico aguardar resposta.

    55. Márcio Luiz disse,

      20/07/2010 @ 12:55

      Minha esposa tem uma divida junto a CREDCARD no valor de R$ 8,000,00,mandaram para ela uma carta ameaçando a penhora dos bens dela, mas ela só tem no nome um carro no valor de R$ 6,000,00, gostaria de saber se podem penhorar o mesmo ?

      Abs.

      Márcio

    56. Valdemar disse,

      24/07/2010 @ 12:09

      Bom dia
      Por gentileza gostaria de esclarecimentos do meu caso…Fiz um imprestimo na nossa caixa aki para minha pequena loja e paguei apenas 30 % do valor do mesmo…e não mais consegui pagar, o valor do emprestimo foi de 20,000,00 e o pessoal do banco me pediram algumas escrituras e eu levei duas escrituras uma da minha casa e a outra de um galpão que esta alugado e que foi de uma doação,na escritura esta como doação..Gostaria de saber se eu corro risco de ser penhorado pois, o banco não quiz negociar..
      Desde ja agradeço
      Luzia

    57. VERONICA disse,

      09/08/2010 @ 11:46

      como faço para fazer um emprestimo de 30 mil e pagar todas as mninhas dividas e ficar pagando somente o emprestimo?

    58. Alessadra Érica disse,

      12/08/2010 @ 10:44

      tenho uma divida em loja de roupas, adquirida pelo desemprego. Num detrminao periodo, meu esposo pediu para que se retirasse o juro da nota para efetuarmos o pagamento. A pessoa responsável disse que o computador não retirava o juro. Além de ser agredida verbalmente pela funcionária, a proprietária não me atendia. Agora enntrou com cobrança em acessoria e quer penhorar casa, o carro, a bis que uso para trabalhar. Estou com medo. Meu esposo está nervoso. o que fazer.

    59. livia disse,

      14/08/2010 @ 15:31

      marcos antonio, estou com uma duvida na area trabalhista se possivel queria uma informação sua.
      tenho uma patrimonio total x. Em certo mes foi ajuizado uma ação trabalhista visando à cobrança da importancia liquida e certa,apos ser notificado na respectiva ação, resolvi fazer doação para fundação do menor desamparado dirigida pala sua esposa. então pergunto se essa doação é valida?
      por favor se possivel mande para meu imail a resposta

    60. luzia disse,

      17/08/2010 @ 10:42

      oi , eu estou apavorada, se puder me ajudar fiz um emprestimo na caixa no valor de 12,000 para reformar minha casa q ainda não está no meu nome, e agora fiquei desempregada, e hoje vai vir um oficial aq me traser uma intimação oq faser se não tenho condiçoes nem para faser acordo?

    61. simeia disse,

      02/09/2010 @ 12:59

      oi boa tarde quero por favor que me tire uma duvida meu namorado tem uma divida no banco guando ele fez o emprestimo ele trabalhava para o exercito brasileiro depois de alguns meses foi colocado pra fora e nao teve mais como pagar a divida, e ela foi crescendo,por calsa dos juros,depois de um ano ele conseguiu um emprego o gual ele recebe um salario minimo, e o banco ta ligando fazendo ameaças de tomar os bens dele ,ele tem uma moto, e uma casa que de sua mae mais esta tambem no nome dele, quero saber se o banco pode tomar ele nao consegue nem dormi dirito com esta preção de tomarem tudo o banco pode fazer isto? no momento ele não tem condiçoes para fazer acordo pois so ele trabalha pra sustentar a casa de tudo so com este salario minimo,a divida vai nos 22,000 mil. obrigado

    62. Rosangela Alves disse,

      06/09/2010 @ 7:21

      Olá, gostaria de saber ? recibi uma notificação extrajudicial dizendo que se em 72 horas não for pago a divida no valor de 899,00 reais o grupo Cunha Porto de debito e cobrança vão penhorar meus bens, uma vez que não tem nada de valor a não ser os moveis que compoem minha casa. O que fazer, isso poderá realmente acontecer? Desde jã agradeço a ajuda.

    63. Jacqueline Coelho disse,

      06/09/2010 @ 9:26

      Prezado, por favor me tire uma duvida, recentemente fiquei desempregada e com isso deixei de pagar o banco e os cartões de credito, tenho um carro quitado em meu nome, gostaria de saber se ele pode ser apreendido?
      Desde já agradeço.
      Obrigada.

    64. LÍDIA disse,

      06/09/2010 @ 11:14

      Olá!
      Estou com um processo na justiça em que já foi dado a sentença pela juíza. Uma amiga minha e o marido fizeram compras no meu cartão e não pagaram, a dívida é de R$5300,00 (cinco mil e trezentos reais). Como eles não queriam me pagar, após várias tentativas, resolvi mandar o caso para a justiça. Fomos para a conciliação, mas nada resolvemos. Então o caso foi para a juíza, que deu a sentença favorável a mim, ou seja, ficou acordado que a devedora me pagaria uma entrada e o restante em 4 vezes, a data do pagamento seria todo dia 1°, que teria início esse mês (01/09/2010). Só que os devedores não me pagaram, fiquei sabendo que os dois carros que eles tinham, inclusive um ponto de táxi, já foi passado para outra pessoa no dia 31/08/2010, o que comprova que eles agiram de má fé, para não me pagar. E agora, o que faço? Tem alguma punição para eles? Ainda tenho chances de receber o que me devem em juízo? Como devo proceder? Também gostaria de saber se posso processa-los por danos marais, uma vez que meu nome está no SPC e eu estou recebendo cartas de cobrança. Obrigado!!

    65. Darcilene disse,

      10/09/2010 @ 19:32

      bom dia, estou com um sério problema tenho uma empresa que a mais de dez anos não tem circulação, faliu, mas agora o estado esta me processando a empresa esta sendo executada, tudo que compro nãopode ficar no meu nome. quero comprar um carro financiado ,mas estou em dúvida a justiça pode alienar um bem (carro) que já esta alienado ao banco?? pode acontecer duas alienaç~eos para o mesmo bem???
      obrigado

    66. flaviana disse,

      17/09/2010 @ 0:44

      boa noite, minha tia a 6 meses atras financiou um imovel no valor de 97 mil, pela cx economica,e apos a compra, ela passou por graves problemas financeiros e de saude, e foi a caixa tentar umacordo amigavel, ainda que ela tivesse que perder o imovel, mais nao poderia mais sustentar a divida em dia, o que tem feito com sacrificio para nao sujar seu nome, uma vez que nunca deveu nada a ninguem…. preferiu abrir mao do sonho da casa propria a se endividar, e a caixa lhe informou q isso nao poderia ser feito, que a unica forma de resolver essa situaçao seria ela conseguir passar o financiamento p outra pessoa, e fiquei pensando… como pode, alguem querer ser honesto nesse pais, tentar resolver as coisas de forma legal e nao encontrar condiçao p isso! a unica saida sera parar de pagar?ou a lei pode ajuda-la? obrigada desde ja. flaviana

    67. juliana geraldo pereira disse,

      02/10/2010 @ 2:43

      Fiz um empréstimo de 12000 no banco Santander,mas tive um imprevisto e não pude pagar nem a 1ª parcela.Posso ser presa por isso? O que pode acontecer comigo?

    68. Deisiane disse,

      05/10/2010 @ 21:43

      Ola! fui socia de uma empresa que faliu com uma divida com o banco, num valor muito alto, isto foi para na justiça, vindo ate minha residencia, oficial de justiça. Ele nao colocou nada para penhorar porque nao possuo casa, nem carro. E a minha duvida em relaçao ao que li é: eu posso ter algum bem em meu nome? eu posso fazer algum financiamento, pois nao entrou no serasa por isso? se entrou no serasa, uma divida de uma empresa, caduca? com quanto tempo caduça?

    69. Adriana disse,

      06/10/2010 @ 15:58

      Oi!tenho uma divida no hsbc de limite de cheque especial e cada dia esta aumaentado mais um pouco ,e tenho uma parte em uma fazenda q meu pai deixo q da uns 3 alqueres mais ou menos so fizemos o inventario e nunca a escritura sera q eles podem penhorar ela?….Mais tenho interesse em paga-los so que agora não da…

    70. Francisco Lisboa disse,

      10/10/2010 @ 14:26

      Sou fiador de um sobrinho num crédito educativo APLUB, ja teve ação na justiça, ja foi feito mais de um acordo e ele não cumpriu, a aplub esta reativando o processo que esta baixado para aconar novamente a divida que esta em torno de 65 mil reais.
      o que pode ser penhorado do fiador e como é procedimento.
      vi no site que o unico imóvel (apto) não pode, também poupança até 40 minimos, procede??
      obrigado e excelente sua matéria.

    71. OSVALDO MARTINS FILHO disse,

      13/10/2010 @ 22:19

      Tenha uma divida com santander Banespa e santander Real so que não vou conseguir pagar então estou fazendo uma proposta para eles congelarem a divida atual que ja conta com juros de ate 13,5 % ao mes num total de aproximadamente R$ 180.0000,00 e pagar mensalemente em 12 anos e a minha unica condição sera que eles vão aceitar

    72. Dayane disse,

      16/10/2010 @ 18:50

      Boa noite,tenho uma divida muito alta em meu nome,em bancos, e em meu nome tenho apenas 2 carros.Corro o risco de perder algum deles.Muito obrigada

    73. TATIANE GOMES disse,

      21/10/2010 @ 9:37

      Tenho uma divida no Banco Real que o valor real esta em torno de 11mil reais. e estao cobrando 52mil reais. Porem tenho um carro financiado pelo Banco Itau-itauleasing, que ainda estou pagando. Queria saber se tem como eles penhorar meu carro, mesmo depois de pago?

      Estouuuu muitooo preocupada doutor.Aguardo resposta.

    74. antoniofarias disse,

      28/10/2010 @ 15:12

      gostaria de saber, eu tenho um imovel eu conseguiria um financiamento
      em cima dele pra mim pagar uma divida,,,,

    75. danilo disse,

      29/10/2010 @ 1:29

      ola tudo bem,fiz um finaciamento de uma moto so que eu estava empregado mais logo fui mandando embora do meu emprego,a divida do finaciamento e de 48x de 248 mais eu concegui pagar so uma prestaçao,porisso pasei para outra pessoa assumir a divida,mais eu nao bati nenhum contrato e o banco me liga quase todos os dias me cobrando,mais eu queria faser a entrega amigavel mais eles nao aceitaram,pq eles falaram que teria que pagar 40% da moto,para faser a entrega,porisso eu fiquei sem alternativa,agora to sofrendo as cosenquencia,mais agora e tarde e cara sumiu na moto e na pagou nenhuma prestaçao agora a financeira liga pra mim me cobrando mais quando eu queria eles nao quiz agora nao sei o que faser,eu queria saber se eu devo faser a ocorrencia de roubo,ou faser qualquer outra coisa,preciso muito de ajuda,por favor me de uma alternativa pa esse caso porque nao sei o que faser,agradesso pelo o espasso,e aguardo uma resposta fina,danilo.

    76. VILMAR MUCK disse,

      12/11/2010 @ 10:53

      PRECISO DE UMA AJUDA – TENHO UMA DIVIDA JUNTOAO BANCO DO BRASIL – ERA DE 14.000M00 EM 2001 HOJE ESTA EM TORNO DE 140.000,00 – JA FOI AJUIZADA E ATE AMEAÇADA DE LEILÃO. PERGUNTO-
      EXISTE POSSIBILIDADE DE ENTRAR NA SEMANA DE CONCILIAÇÃO, E O BANCO FAZER UM ACORDO PARA PAGAMENTO DA MESMA, JA QUE FOI TANTA PRESSÃO QUE HIPOTEQUEI MINHA CASA, INCLUSIVE A HIPOETCA ESTA ASSINADA POR MIM E POR MINHA ESPOSA,POISSOMOS CASADOS EM COMUM DE BENS. MINHA IDADE HOJE É 67 ANOS.

    77. fred disse,

      16/11/2010 @ 16:34

      boa noite, tenho a casa penhorada e no final do mês vou ao tribunal tentar conciliar a casa,a divida é de 7.500,o que me pode acontecer?obgd

    78. Arlindo Souza Oliveira disse,

      23/11/2010 @ 17:49

      Boa noite,penhorei meu apartamento em 120 parcelas,só paguei 12 parcelas estou em atraso 4 meses,estou desempregado o valor do emprestimo foi de 80.000,00 e o apartamento vale R$ 190.000,00,o apto esta em nome de minha esposa que tem conta conjunta comigo.Pela sua experiencia o que pode acontecer com este caso.Obrigado pela atenção

    79. karla cristina disse,

      26/11/2010 @ 14:29

      eu financiei material de construção pela caixa econômica federal,e agora uma empresa tercerizada de cobrança esta me ligando dizendo que vai tomar meus béns,esta casa que eu contruir já foi vendida pertence a oputra pessoa,e eles disseram que mesmo assim a caixa vai penhorar…e vai tirar o novo morador de dentro…isso existe?estou aflita o posso fazer?:

    80. silmara disse,

      29/11/2010 @ 9:39

      ola.. tenho uma divida de 25.000 com a prefeitura referente à pavimentação da minha rua e a juiza vai penhorar meu terreno,a casa e uma moto q e´meu unico meio d locomoção,parece qu e a casa a casa e o terreno não v]ao para leilaõ mas a moto vai ( o valor da moto é d aproximadamente 4.000) . eu não posso perder minha moto. issso pode mesmo acontecer? por favor me ajude. obrigado.

    81. João Luiz disse,

      29/11/2010 @ 15:05

      olá, comprei uma moto pra um primo, esse deixou de pagar e peguei a moto de volta,como a divida estava alta e o banco finassa não faz renegoiação, devolvia a moto, agora me mandaram um carta cobrando um divida de 1450 reais ameaçando penhora de bens, tenho um carro no meu nome e uma mota que estão fianciados, poderia perder esses bens pro banco, mesmo esses estando fincanciados? muito obrigado.

    82. marcos disse,

      02/12/2010 @ 15:51

      meu nome foi negativado junto ao cartorio de protesto por conta de uma reclamaçao trabalhista nao quitada gostaria de saber se ha prescriçao da divida e qual o tempo.

    83. lIZIANE disse,

      16/12/2010 @ 8:26

      TENHO UMA DIVIDA COM O BANCO SANTANDER E PARA MINHA SURPRESA HOJE LI NA PAGINA DO TJ RS
      UMA AÇÃO EM MEU NOME, DIZENDO O QUE CONSTA A BAIXO..POR FAVOR O QUE EU FAÇO
      Vistos. Cite-se a parte requerida para, no prazo de 03 (três) dias, pagar a dívida (art. 652, CPC) ou para que informe ao juízo, no mesmo prazo, onde se encontram e quais são os bens passíveis de penhora – com estimativa de valor, a teor do art. 652, § 3° , 656, §1° e sob as penas do art. 600, IV , do CPC. Fixo os honorários em 20% do valor da dívida. Em caso de integral pagamento, no prazo legal (3 dias), os honorários advocatícios serão de 10%, a teor do art. 652-A, § único, CPC. Faculto, desde já, à parte requerida, a possibilidade de parcelamento da dívida em até 06 (seis) vezes, desde que comprove o depósito de 30% do valor total da dívida, inclusive as custas e honorários do advogado do exeqüente, a teor do que disciplina o art. 745-A, caput, CPC. Aceita a proposta de parcelamento e efetuado o depósito inicial respectivo, deverá o executado informar o número de parcelas que pretende saldar a dívida. Na seqüência, expeça-se alvará e intime-se o exeqüente para o levantamento dos valores, bem como para que apresente memória de cálculo de acordo com o número de parcelas informadas pelo executado, respeitando os consectários estabelecidos no art. 745-A, CPC. Informo, também, que caso aceita a proposta de parcelamento, o não pagamento de qualquer das prestações implicará, de pleno direito, o vencimento das subseqüentes e o prosseguimento do processo, com o imediato início dos atos executivos, com multa de 10% (dez por cento) sobre o valor das prestações não pagas, sendo vedada a oposição de embargos, nos termos do art. 745-A, § 2º, CPC. Certificado pelo Cartório o não pagamento da dívida (art. 652, § 1º) e a não indicação de bens, expeça-se a 2ª via do mandado para que o Sr. Oficial de Justiça penhore e avalie, imediatamente, tantos quantos bens forem encontrados e necessários ao pagamento da dívida (art. 659), dando-se preferência, se houver, aos bens indicados pelo credor (art. Art. 652, § 2°), observando-se, também, o rol do art. 655, CPC. Informe-se, no mandado, que a interposição de embargos, que poderão ser oferecidos no prazo de 15 (quinze) dias, não tem efeito suspensivo (art. 739-A) e que em caso de interposição protelatória, sobre o total da dívida será acrescida multa de 20%, a teor do art. 740, § único, CPC. In continenti, intime-se a parte executada sobre a penhora realizada, advertindo-o das possibilidades do art. 668 e art. 651, CPC. Se houver substituição de bens, dê-se vista ao credor, nos termos do art. 657 , do CPC. Em caso de a penhora recair sobre bem imóvel, intime-se também o cônjuge, dando-se ciência sobre o teor do art. 655-B, CPC. Havendo controvérsia ou impugnação quanto à estimativa dada pelo executado ao bem penhorado, avalie-se por oficial de justiça (art. 143, V, art. 652, § 1 e 680, CPC, redação da Lei 11.382/06), que poderá munir-se de informações de jornais, revistas, ofertas de publicidade ou similares, de empresas idôneas, para particularizar e estimar o valor de mercado do bem. Estabelecido como incontroverso o valor do bem, intime-se o exeqüente para manifestar intenção na adjudicação do mesmo, pelo valor da avaliação (art. 647, I, 685 A, e 686), cientificando-se terceiro detentor de direito real, se houver, (art. 698), garantidas as preferências, em igualdade de condições, àqueles elencados nos §§ 2 º, 3 º e 4 º, do artigo 685 A, do Código de Processo Civil. Não requerida a adjudicação, expeça-se o edital de hasta pública, na forma do art. 686, do CPC. Diligências legais.

    84. Valter disse,

      25/12/2010 @ 22:36

      tenho um empréstimo pessoal de 16.500,00 que não estou conseguindo pagar, com este dinheiro, usei parte do mesmo para pagar 3.800,00 do meu veículo que estava alienado no mesmo banco a que devo o empréstimo. Devo 5.000,00 de cartão, estou desesperado pois não estou conseguindo pagar minha dívida. A minha dúvida é o seguinte, eles podem tomar meu carro?o que o banco pode realmente fazer? me ajude por favor.

    85. Patricia P. Silva disse,

      29/12/2010 @ 15:31

      Parabéns doutor, obrigado pelas informações que diminuem nosso desespero!
      Caro Dr. no final de 2008, o banco Bradesco nos ofereceu por meio de seu maravilhoso gerente um financiamento de móveis para melhorar o aspecto físico de nossa pequena drogaria. Caímos como patinhos, pois tinhamos o sonho de ter um comércio melhor e alugamos um salão maior, contratamos a empresa que nos vendeu as intalações comerciais e recebeu do banco o valor de RS 36.000,00 e pagaríamos parcelas de RS 650,00 mas infelizmente o movimento não foi o esperado e começamos a atrasar as parcelas. Em 1 de junho de 2009, o Banco mandou um oficial de justiça com uma dívida de RS 58.000,00 e um mandato de busca e apreensão e levou toda a instalação embora nos deixando toda a mercadoria jogada no chão e sem ter como trabalhar, entregamos o salão e ficamos com a mercadoria sem ter como vender e meu marido com o nome sujo e sem crédito. Com a ajuda de parentes e para não ficarmos loucos, desempregados e perdermos tudo, alugamos um outro salãozinho no nome de minha cunhada, uma instalação usada e começamos a trabalhar com o nome de minha outra cunhada e o pouco que nos sobrou e o banco e o gerente sumiram. Mas…surpreendentemente hoje, 18 meses depois, um oficial de justiça esteve em minha casa com nova ordem de penhora, ainda nem conseguí colocar as contas antigas em dia, meu marido teve um derrame cerebral e não está em condições de ter aborrecimentos, temos um carro financiado pelo mesmo banco em um leasing, que mesmo atrasadas, continuo pagando as prestações, pois se eu devolver a dívida continua e preciso do carro pra levarem meu marido aos médicos. Me dê uma ajuda Dr. não sei o que fazer, meu marido ficou desesperado e ele não pode passar por situações assim pois corre o risco de ter novo avc. Eles podem penhorar mais alguma coisa?? O que eu faço??? Não tenho como pagar um advogado!!! Um abraço!!!

    86. paulo h.s.reis disse,

      07/01/2011 @ 15:28

      boa tarde, gostaria de parabeniza-lo Dr., por sua dedicacao para com os proximos e tambem como milhares de brasileiros, tenho uma divida com cartão de credito. Uma empresa especializada esta efetuando a cobranca, no começo tremi as pernas, pensei no pior, pois recentemente financiei um apartamento e achei que logo ficaria sem ele. Mas depois de efetuar varias pesquisas, vi que não é bem assim. Agredeço por tranquilizar as pessoas, pois na hora do desespero acabam fazendo loucuras. Mas como bom cidadão, disse que estava disposto a pagar a divida, mas nao da forma que eles estavam querendo, e tambem em suavez prestacoes, agora fica a criterio deles aceitarem ou nao. Se porventura moverem acao judicial, é isso que direi ao juiz. Bom, deixo um conselho para quem deve. A NOSSA SAUDE É MUITO MAIS IMPORTANTE, e as instituicoes financeiras ficam cada vez mais ricas, gracas aos desesperados. Rezem bastante e comprem com moderacao, a unica coisa que nao recuperamos é a vida. Boa sorte.

    87. josuel marcos ferreira disse,

      13/01/2011 @ 9:13

      Devo para a justiça o valor de 3.958,90 e tenho uma moto financiada, e ainda falta 14 prestaçoes para quitar eu gostaria de saber se o eles pegar ,as outras prestaçoes que fantam quita ou eu ainda tenho que pagar? A moto esta com mandato de penhora.

      Obrigado

    88. Zélia Clara de souza albuquerque disse,

      23/01/2011 @ 18:59

      Tenho um imóvel pehorado pelo extinto banco bamerindos por ter sido fiador do um pastor do diabo no ano de 1994 até hoje meu único imóvel está penhorado.
      Quero saber se no caso da minha morte e do meu marido, minha filha casada, pode continuar morando nele? Tem algum perigo do banco tomar dela/

    89. juliana disse,

      10/02/2011 @ 13:20

      Tenho uma dívida com o itau de R$15.000,00. Fiz para ajudar uma pessoa e ela não me pagou. Pra mim ficara honra esse compromisso. O que podera acontecer comigo!

    90. angelica de cabreuva disse,

      15/02/2011 @ 21:31

      meu marido comprou uma moto pelo panamericano e depois de um tempo veio um cartao de credito e usamos este cartao ficamos emdividados com este cartao chegou um dia que nao pude mais pagar o cartao comesamos receber amaças de penhora de bes mais meu marido nao tem nenhom bensso a moto eles pode pegar a moto no lugar da divida sim ou nao preciso desta resposta obrigado

    91. francione disse,

      19/02/2011 @ 18:13

      queria sabe como eu faço, estou devedo a CEF, uns 10 mil reais hoje, e eles tem como eu negocia com eles uma casa no valor de 40 mil pagando a divida de 10 mil reais e eles me retornando os 30 mil da casa isso pode acontecer.

    92. fabiana ataide frança disse,

      27/02/2011 @ 20:11

      olá, tenho alguns debitos , nisso inclui o carrefour, losango, extra, americana. Tive um problema de saude e atrasei os cartões gerando juros exorbitantes, desde já não tenho condições de pagar. Tenho um unico imovel que resido, eles podem me tomar com penhora de bens caso não tenha condições de pagar?
      Desde já agradeço pela resposta pois nem durmo de preocupação.

    93. ana paula disse,

      16/03/2011 @ 17:22

      Boa Tarde,

      Gostaia de uma informaçãp que para mim é muito valiosa. Tenho um imovel financiado pela caixa econômica a 14 anos ,houve alguns atrasos ,mesmo assim consegui fazer e pagar a incorporação.
      No momento estou desempregada e as prestações de r$ 140,00 depois da imcorporação passou para r$375,00 estar muito dificíl para mim honrar este contrato sem emprego. Mesmo assim consegui pagar três mais já estou com quatro atrasadas, mesmo assim vou tentar ficar pagando pago uma ,deixo outra em aberto pago ,pago,outra deixo outra em aberto e assim vai até a minha vida ficar solucionada novamente. pergunto Eu corro algum risco de perde o meu apartamento se proceder desta forma?

      Grata,

      Ana Paula

    94. irineu disse,

      25/03/2011 @ 13:05

      ola gostaria de saber se pode ser penhorado os seguintes .tenho uma sala comercial alugada e uma outra que minha esposa trabalha com pequena lanchonete e uma casa tudo no mesmo terreno só que não esta no meu nome comprei os direitos hereditários só com recibo do cartório e estou pagando os impostos e estou devendo para uma pessoua que eu enprestei uns cheques que não pude provar e agora veio a divida ou penhora estes meus bens entre aspas pode ser penhorado

    95. fabiola disse,

      25/03/2011 @ 14:45

      ola fui fiadora de uma pessoa que devia 32 mil em um banco,sendo q n tenho renda e nem bens…e ai chegou a carta de execução dizendo que se nao pagar em 3 dias vai haver a penhora dos bens tanto do titualr como da fiadora…o que faço?e o titular nao tem como pagar é verdade que eles podem bloquear a conta do titular ? a conta é salario mais ele é funcionario do estado

    96. ademir disse,

      25/03/2011 @ 15:03

      Fico, mais tranquilo pois os agiotas do Banco Itaú, estão querendo que eu pague pelo limite com o Banco o dobro que dá R$ 5.327,00 vou procurar meus direitos de cidadão para estar pagando o que é devido ao banco.

    97. luciana dos santos silva disse,

      25/03/2011 @ 17:06

      Boa tarde, o meu caso é um seguinte. Tem um carro financiado em meu nome que estava com outra pessoa e essa mesma pessoa não pagou as parcelas e o carro foi preso. E isso já fez mais de 5 anos foi em 2005 e o meu nome já saiu da lista do serasa e spc. E o advogado do banco me ligou ontem dizendo que vão mover uma ação judicial obrigando eu pagar a divida,e se eu não aceitar amigavelmente vão empenhorar o que tenho, que não é nada. Mas mesmo assim fiquei com muito medo. Querem porque querem um acordo. Por favor o que eu faço???

      desde já agradeço.

      Luciana.

    98. paulo disse,

      02/04/2011 @ 13:54

      Boa tarde, No meu caso é um pouco diferente, eu emprestei um dinheiro de um garagista e ele cobro o dobro da divida com um cheque de garantia.eu tenho dois carros financiados no meu nome que ja foi vendido para outra pessoa que não transferiu a divida. o garagista entrou na justiça, e eu sem reseber nehuma carta da justiça, ela penhorou os carros com Penhora (615-A-CPC); o que posso fazer para desbrocrear os carros. obrigado Paulo

    99. Anderson Pinto disse,

      07/04/2011 @ 0:02

      Boa Noite, estou com algumas dívidas em alguns bancos, o primeiro emprestímo peguei para cobrir um buraco no orçamento que foi feito, devido um valor que perdir em um negócio que não deu certo, ai peguei mais dois emprestimos, no mesmo banco, para pagar parcelas dos dois empréstimos, mais cheque especial , ai resolvi começar um outro negócio, ai me enrolei , mais ainda, usei para levantar o dinheiro, o limite de todos os meu cartões juntos, ao total uns R$ 60.000,00 para fazer um negócio e não deu certo, também peguei empréstimo com mais dois bancos que foram em média R$ 20.000,00 em cada um deles, e com os juros muito altos, pois na hora que precisei pensei, se der certo vai dar para pagar, e como precisava do dinheiro, peguei, depois não consegui pagar, ou seja hoje tenho uma dívida alta, mas espallhados em vários bancos, mas mesmo empalhados, são quase R$ 30.000,00 em cada um deles.
      Minha preocupação maior é com os bancos, porque sei que com as administradoras do cartão, acredito que não irão pedir penhora, porque a dívida só é alta, porque juntei todos, estou certa? podem se unir e me cobrar judicialmente??
      Quando vc, fala que os bancos só cobram ,quando o valor é alto, o que seria considerado alto nesses casos?
      Outra dúvida, quando a dívida do banco se unir com um cartão administrado pelo banco que devo, podem unir a dívida para me cobrar judicialmente?
      Li algumas coisas, aqui e me foi muito últil, mas continuei com algumas dúvidas, até que geração e por até quantos anos podem pedir penhora de bem, assim hoje só tenho um apartamento , mas se futuramente minha filha adquirir um quando casar, o que podem penhorar?Nesse caso podem penhorar nossa casa, ou a nova casa de minha filha?
      Outra dúvida, li, que o único imóvel da família não pode ser penhorado, isso é 100%?
      Também li que o salário também não, mas fiquei com uma dúvida, meu marido tem uma autonomia de táxi, é uma licença para trabalhar como taxista, isso é uma concessão, na teoria não se vende, mesmo que isso seja feito por meios comuns, para todos os casos, a licença passou de uma pesssoa para outra e não foi vendida, nesse caso precisa de um carro para dar “andamento” no trabalho, e esse é o sustento da família, nesse caso como funcionaria, podem obrigar a ceder a minha licença ao banco para quitar? e com relação ao carro que roda na licença, podemos perder?
      Ou seja os únicos bens que temos é nosso apartamento e nossa licença , mais o carro nele ligado, corremos o risco de perder um deles?
      O que acontece se o banco , nos processa e não temos como pagar e sem bem para penhora, o que o juiz nos obriga, posso ser preso ou algo como prestação de serviço comunit[ario, fico com ficha sei lá algo assim?
      Mais uma dúvida, tendo um carro financiado, como fica, eles pedem penhora do carro, como fica as parcelas que ainda não foram pagas, nem vencidas? e se esse carro for financiado por um dos bancos que devemos??
      Não tenho dinheiro , para advogado no momento, o que devo fazer?
      Desde já agradeço.

    100. alexandre disse,

      14/04/2011 @ 20:42

      Boa noite, em relação ao finaciamento, tenho um com a losango, o que eles podem fazer comigo?.
      obrigado

    101. angela disse,

      08/05/2011 @ 19:19

      Defensoria Pública do DF consegue liminar em
      ação de revisão contratual para servidor comis…
      Extraído de: Defensoria Pública do Distrito Federal – 28 de Abril de 2009
      A Defensoria Pública do Distrito Federal conseguiu liminar em ação de obrigação de não fazer com revisão contratual, em face do Banco de Brasília (BRB) e BRB – Crédito, Financiamento e Investimento S/A (BRB/CFI), por terem debitado, automaticamente, da conta de um servidor comissionado, valores referentes a financiamentos vencidos e não pagos contratados perante as instituições, para pagamento de dívida contraída.

      O Defensor Público do Núcleo do Consumidor e Juizados Especiais Cíveis de Brasília Alexandre Gianni entrou com uma ação solicitando revisão de cláusula contratual com pedido de antecipação de tutela, em função dos débitos efetuados da conta salário do servidor, corresponderem à integralidade dos rendimentos, a título de amortização de prejuízo, deixando-o “na mais absoluta penúria, na medida em que não resta a ele, quantia suficiente para arcar com as despesas oriundas de suas necessidades básicas e honrar com seus compromissos financeiros”.

      De acordo com o defensor, “o BRB tem promovido a verdadeira penhora extrajudicial do salário de alguns de seus correntistas, absorvendo, por muitas vezes, a integralidade de seus rendimentos em manifesta afronta ao princípio da dignidade da pessoa humana e à disposição constitucional de impenhorabilidade do salário”.

      A liminar foi concedida, no dia 24 de abril de 2009, pela Juíza de Direito Substituta da 2ª Vara da Fazenda Pública do Distrito Federal, Luciana Pessoa Ramos. O pedido de antecipação dos efeitos da tutela foi deferido em parte, para determinar que o banco restitua ao servidor 70% dos valores retidos nos meses de fevereiro, março e abril de 2009. A decisão também determinou que o BRB se abstenha de reter valor superior a 30% do valor depositado na conta corrente a título de salário, até posterior manifestação do juízo.

      Mais Informações:

      Também estou com meu salário penhorado no banco BRB já quase 01 ano que não saco nem 01 real. Fiz em 05 anos várias propostas de renegociações que sáo beneficiaram o banco.Por exemplo uma dívida de 46.000,00 ficaria en torno de 90x de 1.200,00 e não sendo a dívia toda. Vários contratos foram feitos nos caixas eletrônicos na tentativa de sanar ou amenisar a dívida, mas os juros do cheque especial 8% de 10.000,00 comeu tudo e eu não consegui pagar alguns empréstimos. Os juros sobre juros , os IOFS, os Seguros e as taxas de antecipação de empréstimos que eles cobravam sem eu nem sequer solicitardificultavam mais ainda a situação . Em fim fiquei endividada, inadimplente, humilhada e escrava do BRB. Gostaria de saber, se eu poço entrar com uma ação, solicitando pedido de antecipação de tutela, em função dos débitos efetuados da minha conta salário, a título de amortização dos prejuízos causados ao longo do tempo e se cabe uma indenização por danos morais devido as várias humilhações que venho sofrendo, a inadiplencia devido aos cheques que o banco não cobriu e a situação que o banco me deixou na mais completa e absoluta penúria? Porque o banco fere tanto a Constituição?O Estado Democrático de Difeito, os Direitos Humanos, afronta ao principio da dignidade da pessoa humana e á disposição constitucional de impenhorabilidade do salário, desrespeita os princípios de equidade, da razoabilidade,da ressarcibilidade visto que o banco é econômicamente, socialmente, financeiramente e técnicamente vantajoso em relação ao cliente e fere o príncípio de isonomia, o abuso de poder e autoridade por uma sociedade livre, justa e solidária; Erradicar a pobreza e a marginalização reduzindo as desigualdades sociais; Promover o bem de todos , sem preconceitos e qualquer outra forma de discriminação; A soberania, a cidadania , a dignidade da pessoa humana, os valores sociais do trabalho e da livre iniciativa;A lei punira qualquer forma de discriminação atentatóriados dos direitos e liberdades fundamentais; Ninguém será submetido a tortura ( física, mental ou psicologica) nem a tratamento desumano ou degradante, direito à vida , à igualdade entre outros Direitos que são dilacerados . Divulgue este fato para que cheguem aos ouvidos das autoridades e não voute a acontecer com outras pessoas tornando punitivo e não repetitivo.

    102. audenira a c s disse,

      10/05/2011 @ 14:32

      ola boa tarde
      tenho uma casa penhorada quero pagar a divida e tira la da penhora mais o gerente nao quer acordo o que devo fazer obrigado

    103. K disse,

      11/05/2011 @ 14:13

      Olá, minha família tem uma empresa que está em meu nome e a empresa está em dívida com o banco. Tenho uma casa, mas moro com a minha família. A casa da minha família foi comprada em nome do meu pai, mas a escritura está no nome do antigo dono.
      Gostaria de saber se o banco pode penhorar minha casa alegando que posso continuar morando com a minha família, já que a casa da minha família não está no nome deles.

    104. Lili disse,

      18/05/2011 @ 17:20

      Oi,sou adicional de um cartão de crédito do meu marido,e usei para uma pessoa da família que não pagou a dívida,que na época não chegava a R$1.000,00. Por falta de conhecimento,não negociei logo a dívida que chegou a mais de R$ 10.000,000.Quando a pessoa nos deu uma certa quantia negociamos a dívida,dando uma entrada. Só que ela não honrou com o parcelamento e voltamos a estaca zero.Depois de uns 3 meses em que ligaram nos ameaçando,recebemos um telefonema,mas meu marido não se encontrava para conversar com esles, e uma carta que diz ser” notificação de último aviso”,e sinceramente,estou apreensiva,pois não temos como pagar essa dívida…Espero resolver esse problema e gostaria de saber se eles podem nos tomar algum bem??

    105. julio cesar disse,

      20/05/2011 @ 21:17

      OI TENHO MOTO E UMA DIVIDA DE 3.000 DE CARTAO DE CREDITO LOJAS AMERICANAS E OUTROS ELES PDOEM TOMAR A MOTO???????????

    106. Wilma disse,

      25/05/2011 @ 18:53

      estamos com uma divida no banco panamericano de um carro ja pagamos a metado do preço do carro,a outra metade reenegociamos,mas nao conseguimos compror com as prestacoes,o banco panamericano pode mandar uma busca aprenção

    107. julio cesar disse,

      29/05/2011 @ 20:02

      TENHO UMA MOTO E UMA DIVIDA DE CARTAO DE CREDITO NO VALOR DE 3.000 QUERIA SABER SE PODEM PENHORAR MEU BEN A MOTO PRA PAGAR A DIVIDA DO CARTAO DA C E A,AMERICANAS.ITAU,CARREFOUR E EXTRA

    108. valeria disse,

      30/05/2011 @ 23:44

      devo ao banco 20,00 tenho 2 carros financiados em meu nome sendo 1 do meu marido posso perder ?estes carros ?

    109. macedo disse,

      02/06/2011 @ 20:49

      Amigos por favor , leiam com atenção o texto abaixo que encontrei na internet :
      evedor pode ter bens penhorados em apenas 24 horas
      Publicada em 04/03/2008 às 21h29m
      Vinícius Segalla – Diário de SP
      SÃO PAULO – A Justiça aperta o cerco contra os consumidores inadimplentes. Desde segunda-feira, os bens de quem tem processos julgados pelo não-pagamento de cheques, notas promissórias, cartões de crédito, empréstimo pessoal e duplicata podem ser penhorados no mesmo dia em que for definido o valor da dívida. O juiz responsável terá acesso aos dados financeiros do devedor, como os últimos depósitos e saques, e poderá bloquear e transferir o montante para uma conta judicial. Antes, esse processo levava, no mínimo, 15 dias.

      Esse processo é conhecido como penhora on-line e tem como objetivo garantir e agilizar o pagamento de dívidas judiciais. Os bens bloqueados são transferidos para a Justiça, que os repassa ao credor. Apenas no ano passado, foram feitos 2,6 milhões de pedidos de penhora, dos quais 500 mil em São Paulo.

      A penhora pode ser requisitada por aqueles que ganharam nos tribunais o direito de receber determinada quantia de outra pessoa, que se recusa a pagar. Dívidas de condomínio, aluguel, cheque especial, indenizações trabalhistas ou por danos morais, entre outras pendências resolvidas em processo podem gerar a penhora. Mas ela só pode ser executada quando já existe uma sentença definitiva, em que não há mais possibilidade de recurso, condenando o devedor a um determinado pagamento.

      Entre os bens que podem ser penhorados estão automóveis, contas correntes, imóveis e qualquer patrimônio que não seja essencialmente vital para a vida do devedor. Estão excluídos da penhora o salário, a casa própria (se for o único imóvel que ele possui) e os ganhos vindos de aposentadoria ou pensão.

      Se, durante um processo, já imaginando que vai perder, um devedor começa a vender ou doar o seu patrimônio, o juiz pode anular estas vendas e penhorar os bens para o pagamento das dívidas, evitando a fraude na execução.

      Advogados criticam
      Para alguns advogados, a possibilidade de o juiz acessar os dados da conta do consumidor inadimplente é o mesmo que uma quebra de sigilo bancário sem pedido ou ordem judicial, o que seria ilegal.

      Já para o Banco Central , a penhora on-line representa um ganho de agilidade em um dos pontos mais críticos do processo: o momento da execução.

      Links patrocinados

    110. ronie disse,

      07/06/2011 @ 22:09

      Ola bom dia.
      tenho uma conta com o citybank fruto de um emprestimo qual fui manipolado por a gerencia para envestir na bolsa, perdi na desvalorizacao da bolsa e ai fui sendo manipulado em pegar um e outro emprestimo para cobrir os anteriores, tambem usei o limite da conta junto com cartao de credito.
      resumindo devo mais de 20,000.00 vinte mill ao banco, estou agora no exterior tenho 35 anos e nao tenho nada em meu nome, porem meu pai tem duas propiedades; ele pode perder seus imoveis por minha causa?
      oque o banco pode fazert nesse caso.

      grato

    111. delmar machdo disse,

      16/06/2011 @ 14:46

      ola boa tarde gostaria de saber uma coisa ,fiz um emprestimo de 20 mil reais num banco ,pela minha empresa [juridico] so que consegui pagar so uma parcela , e agora que faço minha casa e financiada pela caixa . que o juiz fara pois nao tenho como pagar minha empresa tive de fechar eles podem pegar minha financiada pela penhora ,estou com medo se eu nao vou conseguir pagar , o que eles vao fazer comigo?

    112. carlosalbertoborgesfreitas disse,

      22/06/2011 @ 3:34

      tenho uma divida com um banco ,fiz um em prestimo e naõ paguei nem uma prestaçaõ ,ate agora naõ ,e cobraram ,tenho uma moto financiada fico em panico que assim que eu pagar a moto eles me tomam a moto ,pesso informaçaoe se isto pode acontecer ,agradeço pela atençaõ da dos senhor advogados do brasil.

    113. Alline disse,

      22/06/2011 @ 13:49

      Boa tarde!

      Gostaria de tirar uma duvida.Meu pai faleceu em 2008 mes de agosto,ele pagava financiamento no banco do brasil,ja levamos o atestado de óbito ao banco e eles continuam mandando carta para minha familia dizendo para fazer um pagamento amigavel com eles,caso contrario vai ser julgado na justiça.O meu pai deixo um carro mais na certidão de óbito diz q ele nao deixou nenhum bem.Gostaria de saber se a minha mae no caso,pode ser presa por causa dessa divida?

      por favor não deixe de me responder.

      Obrigada

    114. francisco disse,

      26/06/2011 @ 19:22

      boa noite! sou vaqueiro de uma fazenda no interior no ceará,essa fazenda está penorada no banco a
      muintos anos e o dono falesseu e a divida nuca foi paga pelos familiares,a viuva e a filha vendeu todo o
      gado e etc…e agora ela que me vender a casa que eu moro que e a da fazenda,se eu comprar a casa
      eu corro o risco de perder para o banco???(e se eu tiver un documrnto resistrado e altemticado mesmo
      assim posso perder para o banco??? obrigado…..

    115. marcio fern disse,

      28/06/2011 @ 2:38

      uando vc que nao vai pagar nao estoura o nome por pouco no vai e pega o maximo possivel de dinheiro emprestado ,,,pois se vai estourar por cinco anos pega o que vc pode

    116. Luciana silva disse,

      29/06/2011 @ 23:41

      bom estou com um problema ou seja uma dívida com a caixa econômica federal, dividado FIES finaciamento estudantil, bom tenho um carro popular em meu nome e tem uma casa de minha mãe mas está no meu nome, será que tenho que tirá esse bem do meu nome? ou a caixa pode me tomar? e essa divida pode prescrever? Por favor aguardo sua resposta. Obrigada Luciana. Há e quanto tempo a caixa vem atraz para pagarmos esta dividas vc sabe?

    117. Rose disse,

      07/07/2011 @ 21:09

      Recebi um mandato do banco Santander e o meu medo e que temos 2 casas que foram vendidas mas nao foi transferidas para o nome dos donos ainda, o que podem fazer. O meu apto. ainda estou pagando para construtora. O que podem fazer.

    118. marlene,SP disse,

      13/07/2011 @ 21:05

      Fiiz um credito educativo há dezessete anos. Tive uma fiadora, Não pude pagar a dívida com a Cx Economica . quero saber se caducou a divida? Tem algumm perigo do fiador ser chamado?

    119. Marcelo disse,

      19/07/2011 @ 11:28

      Boa Tarde, Gostaria de uma ajuda, eu tenho uma divida no banco itau de 7.000 e recebi uma ligação dizendo que vão mandar para a justiça. Eu tenho um carro que está no meu nome e ainda estou pagando a finaceira que é outro banco, é o único bem que eu tenho. o mesmo pode se penhorado?

      Grato.
      Marcelo.

    120. roselaine disse,

      21/07/2011 @ 20:13

      Boa noite, tenho uma divida de cartao de credito de R$6.000,00, hoje uma empresa de cobrança me ligou dizendo que se eu nao fizer o pagamento vão levar para justiça e podem penhorar meus bem, tenho 2 carros no meu nome,gostaria de saber se eles podem penhorar mesmo?
      Obrigada
      Roselaine

    121. Claudia Cristina Freitas Santos disse,

      22/07/2011 @ 16:49

      Por favor, sera que da pra “traduzir de maneira bem simples e “brasileira do povo” o texto a baixo, principalmente os incisos.
      Além dos salários e do imóvel único de família, segundo o artigo 649º do Código de Processo Civil, modificado pela Lei 11.382/06, que entrou em vigor dia 21 de janeiro de 2007 e alterou dispositivos relativos ao processo de execução e a outros assuntos, são os seguintes, os bens absolutamente impenhoráveis:
      X – Até o limite de 40 (quarenta) salários mínimos, a quantia depositada em caderneta de poupança.

      § 1º – A impenhorabilidade não é oponível à cobrança do crédito concedido para a aquisição do próprio bem.

      § 2º – O disposto no inciso IV do caput deste artigo não se aplica no caso de penhora para pagamento de prestação alimentícia.

    122. Jurandir Olimpio Pena disse,

      23/07/2011 @ 19:45

      Senhore(a)s

      Fiz um empréstimo amarrado à restituição do Imposto de Renda em 2005 e a restituição atrasou mas, foi paga ao Banco c/ a correção da ” Taxa Selic ” mesmo assim enquanto não houve a restituição ao banco declarado no imposto começaram a me cobrar o pagamento do mesmo e a calcular juros (juros sobre juros ). Já se passaram 6 anos e ainda me mandam cobrança e ameaças de penhora ( só possuo minha casa e meu carro (ano 96 ).
      1º Considero já ter pago a dívida( restituição ) 2º fiquei c/ o nome sujo por 5 anos ou mais 3º Cheguei a perder emprego por causa da minha situação.
      => Não é injusta essa cobrança ( valor do empréstimo na época R$ 2.700,00 ) ? Por tudo que passei já não era p/ terem parado de me importunar ???

    123. ivanete disse,

      25/07/2011 @ 10:04

      oi devo a uma escola de ingles ela vive me mandando carta amecando mexer na minha conta no banco eles podem fazer isso..obrigada

    124. JOSE M disse,

      25/07/2011 @ 18:14

      TENHO UMA DUVIDA GOSTARIA DE SABER EM RELAÇÃO AO FIES FUNDO ESTUDANTIL DA CAIXA ECONOMICA SER DEIXAR DE PAGAR POR DIFICULDADE FINANCEIRA SERA QUE ESLES PODE PENHORAR A CASA DA MINHA FAMILIA

    125. CLEBER PEREIRA MATEUS disse,

      26/07/2011 @ 13:25

      TENHO UM PROCESSO CRIMINAL E TRABALHISTA ONDE EM 2009 FUI ORIENTADO PELO MEU ADVOGADO A VENDER UMA MOTO QUE ESTAVA EM MEU NOME , O RAPAZ QUE COMPROU NA EPOCA TRANFERIU PARA O NOME DELE DESDE DE 2009 JA ESTA EM SEU NOME , ESTE ANO QUANDO FOI FAZER OS DOCUMENTOS TINHA UMA RESTRIÇÃO JUDICIAL, O QUE DEVEMOS FAZER NESTE CASO POIS A MOTO JA FOI VENDIDA DESDE 2009 E JA NÃO ESTA MAIS EM MEU NOME

      OBRIGADO

    126. Alan Moreira Pontes disse,

      27/07/2011 @ 14:31

      tenho uma namorda ela emprestava cheques para algumas amigas essas amigas não cumpriram e agora minha namorada ta com uma divida de 35.000,00 em duas lojas de roupas por causa delas e ela sempre recebe ameaças dizendo que vão prender ela..

    127. antonia de oliveira pinheiro disse,

      27/07/2011 @ 23:18

      Eu tenho uma casa financiada pela caixa. E por motivos de ter perdido em agosto de 2009
      Uma gratificação de quinhentos reais do meu saario, eu e meu esposo est5amos com dificuldades
      para pagar-mos nossas parcelas em dia, estamos sempre pedindo empréstimos e até dinheiro com agiotas
      para ir quitando as parcelas. Agora nesse momento estamos em atraso com 05 parcelas da nossa casa, mas já estamos tomando providências em conseguir o dinheiro para pagar as parcelas em atrazo, gostaria de saber qual o risco que corremos, pois esse é o único bem que temos ou não temos, se não o nosso emprego,
      Em nossa casa, somos em sete pessoas e só eu e meu esposo trabalhammos, eu como funcionária pública e ele como vendedor, temos 02 netos , um de 11 anos e uma bebê de 02 meses, estou ficando desesperada,
      pois eu não quero perder minha casa, já tenho 54 anos e nessa idade tudo fica mais dificil, eu preciso de ajuda, que o meu caso seja estudado, de uma maneira em que eu possa honrar meus compromissos, aguardo
      respostas com urgência.

    128. Marli disse,

      28/07/2011 @ 18:01

      Boa tarde

      Fiz empréstimo no banco bradesco e dei como garantia meu imóvel. Unico bem que tenho. mas como o assunto era muito grave tive que fazer esse empréstimo. Está muito difícil de honrrar essas parcelas. Paguei somente 12 parcelas de um total de 120. Corro o risco de perder meu imóvel. O que posso fazer ou a quem posso recorrer para isso não ocorrer???

    129. PAULO CESAR DOS SANTOS disse,

      01/08/2011 @ 13:50

      Boa tarde!
      Estou com problema na caixa (FIES), estou com dificuldades financeiras qto a negociação e pagamento do Fies, trabalho na Prefeitura de Curitiba, e a única que possuo, conta a qual recebo meu pequeno salário neste mês foi bloqueada judicialmente, portanto, com saldar minhas dividas e ate mesmo negociar com a caixa se a unica fonte de de renda que possuo foi bloqueada? E correto este tipo de bloqueio?

      Obrigado
      Paulo
      Curitiba/PR

    130. claudia disse,

      01/08/2011 @ 21:04

      bOA NOITE,

      FIZ UM EMPRESTIMO NO CREDIARIO AUTOMATICO NO CAIXA ELETRONICO DO BANCO ITAU E NÃO TO CONSEGUINDO PAGAR, E TENHO OUTRO DO LIMITE LIS QUE TAMBEM NÃO CONSIGO PAGAR A SOMA DOS 2 CHEGA A UNS 19.0000,00 O QUE PODE ACONTECER CASO EU NÃO CONSIGA PAGAR ESSAS DIVIDAS?

      OBRIGADO
      CLAUDIA

    131. Manoel antonio da silva filho disse,

      01/08/2011 @ 21:20

      boa noite

      tenho uma divida com a caixa economica, tinha feito um emprestimo para reformar a casa de minha mãe pagava 500,00 reais por mes tinha um bom emprego e podia pagar tranquilo mais apos ter pago quatro parcela perdi o emprego e não consegui mais pagar esta parcela continuei pagando mais so consegui pagar mais dez parcelas no total 14 parcelas pagas isso ja vaz 2 anos agora estão querendo penhora meu carro isso pode e unica coisa que tenho em meu nome este carro esta quitado e esta no valor de 14,000 mil reais eles podem tirar de mim o carro sem contar que quis negociar a divida não quiseram baixar o valor da parcela me de uma ajuda o que posso fazer

    132. elaine disse,

      02/08/2011 @ 17:21

      ola tive um problema com ex socio e ele mim executou no dia 30/11/2011 faz 5 anos que ele mim protestou e entrou com açao a ,minha duvida e se promissorias prescrevem pois no final do mes agora a conta poupança do meu marido foi bloqueada e ele tem um unico carro que esta financiado termina em fev de 2012 o mesmo tambem pode ser bloqueado por favor mim ajude eu nao sei como resolver pois nao tenho condiçoes de pagar mas tenho alguma outra alternativa depois q a conta esta bloqueada aguardo resposta obrigada

    133. margareth moreira disse,

      07/08/2011 @ 11:50

      tenho debitos com banco cartan inpostos estadual posuo uma casa a30 anos muito antes de adequirir os debitos qual o risco de penhora da minha casa

    134. arnaldo paulino disse,

      11/08/2011 @ 10:54

      eu fiz um emprestimo do tipo ourocard da caixa economica e nao penhorei nenhum imovel e estou com quatro meses de atrazo a caixa pode tomar meu imovel

    135. fernando disse,

      19/08/2011 @ 18:53

      pOR FAVOR ENTRE EM CONTATO E ME DEIXE RANQUILO TENHO UM DIVIDA COM O BANCO DE 18500 INICIAIS E JFIZ UM PARCELAMENTO E NAO CONSEGUI PAGAR QUERIA REFAZER ESTE FINANCIAMENTO JA DEI A ENTRADA NA EPOCA E AGORA DEPOIS DE RECEBER UM OFICIAL DE JUSTICA NO MEU PEQUENO COMERCIO NAO CONSIGO MAIS DURMIR POIS AGORA RECEBI A LIGALÇÃO DE QUE TENHO QUE PAGAR 60 VZ DE MAIS DE 100O REAIS E NAO SEI O QUE FAZER A DIVIDA TRIPLLICOU EM AJUDE POR FAVOR NAO QUERO DEIXAR DE PGAR MAIS NAO TENHO COMO PAGAR DESTE JEITO E NAO ACHO JUSTO ISSO

      ME AJUDE POR FAVOR

    136. Tiago disse,

      21/08/2011 @ 0:09

      Sou fiador do meu pai, ele financiou um carro, caso ele não venha a pagar esta divida, o que acontece comigo? suja meu nome e ainda corro o risco de perder minha moto, dela ser penhorada, sim ou não por que?

    137. joao garcia disse,

      22/08/2011 @ 10:29

      meu pai esta com uma divida no banco da empresa a empresa fechou e a divida ficou divida de emprestimos de maquinas, agora o oficial de justiça foi la pra penhorar a casa e as maquinas o que eu faço agora

    138. delmar silveira machado m disse,

      23/08/2011 @ 16:52

      ola boa tarde dr . tenho uma divida com um banco de 9 mil reais agora esta em 23 mil , mas li que que o unico bem i impenhoravel. estou pagando ela pela caixa economica finaciada e devo pelo hsbc . so que eu e meus irmaos somos entre ( 6 ) . temos uma herança onde tem duas casas que ambos irmaos moran e possivel que o banco tire essa casa de herança para quitar a divida?

    139. aline souza disse,

      24/08/2011 @ 16:55

      Boa tarde gostaria de saber de uma coisa, meu pai deve pro banco e o banco penhorou meus bens , ja estou indo atras de advogados,é possivel isso? como

    140. Cláudia disse,

      26/08/2011 @ 20:36

      Boa noite, gostaria de saber o seguinte: tenho 3 imóveis, um esta hipoteca pela Caixa e os outros 2 imóveis foram empenhorados em maio desse ano por uma dívida extrajudicial do mesmo banco. As dividas são impagáveis mais de 1milhão. Gostaria de saber posso perder as 2 outras casas referentes a dívida extrajudicial, ou posso pedir em relação ao bem de menor valor que faça jus a lei 8.009/90, bem de família, pq senão não terei aonde morar. Eles não podem me tirar todos os imóveis???

    141. Cláudia disse,

      26/08/2011 @ 20:40

      Boa noite, gostaria de saber o seguinte: tenho 3 imóveis, um esta hipotecado pela Caixa e os outros 2 imóveis foram penhorados em maio desse ano por uma dívida extrajudicial do mesmo banco. As dividas são impagáveis mais de 1milhão. Gostaria de saber posso perder as 2 outras casas referentes a dívida extrajudicial, ou posso pedir em relação ao bem de menor valor que faça jus a lei 8.009/90, bem de família, pq senão não terei aonde morar. Eles não podem me tirar todos os imóveis???

    142. Anderson Pinto disse,

      31/08/2011 @ 20:48

      Boa Noite, estou com algumas dívidas em alguns bancos, o primeiro emprestímo peguei para cobrir um buraco no orçamento que foi feito, devido um valor que perdir em um negócio que não deu certo, ai peguei mais dois emprestimos, no mesmo banco, para pagar parcelas dos dois empréstimos, mais cheque especial , ai resolvi começar um outro negócio, ai me enrolei , mais ainda, usei para levantar o dinheiro, o limite de todos os meu cartões juntos, ao total uns R$ 60.000,00 para fazer um negócio e não deu certo, também peguei empréstimo com mais dois bancos que foram em média R$ 20.000,00 em cada um deles, e com os juros muito altos, pois na hora que precisei pensei, se der certo vai dar para pagar, e como precisava do dinheiro, peguei, depois não consegui pagar, ou seja hoje tenho uma dívida alta, mas espallhados em vários bancos, mas mesmo empalhados, são quase R$ 30.000,00 em cada um deles.
      Minha preocupação maior é com os bancos, porque sei que com as administradoras do cartão, acredito que não irão pedir penhora, porque a dívida só é alta, porque juntei todos, estou certa? podem se unir e me cobrar judicialmente??
      Quando vc, fala que os bancos só cobram ,quando o valor é alto, o que seria considerado alto nesses casos?
      Outra dúvida, quando a dívida do banco se unir com um cartão administrado pelo banco que devo, podem unir a dívida para me cobrar judicialmente?
      Li algumas coisas, aqui e me foi muito últil, mas continuei com algumas dúvidas, até que geração e por até quantos anos podem pedir penhora de bem, assim hoje só tenho um apartamento , mas se futuramente minha filha adquirir um quando casar, o que podem penhorar?Nesse caso podem penhorar nossa casa, ou a nova casa de minha filha?
      Outra dúvida, li, que o único imóvel da família não pode ser penhorado, isso é 100%?
      Também li que o salário também não, mas fiquei com uma dúvida, meu marido tem uma autonomia de táxi, é uma licença para trabalhar como taxista, isso é uma concessão, na teoria não se vende, mesmo que isso seja feito por meios comuns, para todos os casos, a licença passou de uma pesssoa para outra e não foi vendida, nesse caso precisa de um carro para dar “andamento” no trabalho, e esse é o sustento da família, nesse caso como funcionaria, podem obrigar a ceder a minha licença ao banco para quitar? e com relação ao carro que roda na licença, podemos perder?
      Ou seja os únicos bens que temos é nosso apartamento e nossa licença , mais o carro nele ligado, corremos o risco de perder um deles?
      O que acontece se o banco , nos processa e não temos como pagar e sem bem para penhora, o que o juiz nos obriga, posso ser preso ou algo como prestação de serviço comunit[ario, fico com ficha sei lá algo assim?
      Mais uma dúvida, tendo um carro financiado, como fica, eles pedem penhora do carro, como fica as parcelas que ainda não foram pagas, nem vencidas? e se esse carro for financiado por um dos bancos que devemos??
      Não tenho dinheiro , para advogado no momento, o que devo fazer?
      Desde já agradeço.

    143. Priscila disse,

      02/09/2011 @ 0:23

      Recebi uma herança da minha mãe e investi na construção de uma casa que ainda não está acabada. Moramos minha filha de 6 anos e eu. O processo foi muito díficil! Por inexperiência, fui literalmente enganada por pedreros, vendedores, enfim, por uma série de “profissionais” Além disso, me roubaram material de construção, ferramentas, entre outras coisas. Perdi muito dinheiro. Tenho que dizer,também, que quando minha mãe vendeu a casa, daí veio a herança, os compradores nos pagaram com “conta gotas” o qual nos prejudicou bastante.
      Tive que fazer dois empréstimos para pagar alguns provedores e tentar terminar a construção. Era óbvio para o banco que eu já não tinha quase nada de dinheiro e o quase nada é literal. Ainda assim me enviaram vários cartões de crédito com limítes altos, me subiram o lis e assim por diante. Fui pegando um pouco daqui, um pouco de lá e vejo que não vou conseguir pagar nada disso. Nesse momento o banco está debitando as parcelas dos meus empréstimos do lis. Estou em pânico e não sei o que vou fazer. Já pensei em vender a casa, alugá-la, desaparecer do mundo, sei lá…..Me disseram que uma de minhas dívidas que é de 20.000,00 em um ano estára em 100.000,00 sem contar as outras.
      O unico dinheiro que recebo ao mês é a pensão de minha filha: 595 R$ dependendo do cambio, pois o pai dela vive no exterior. E recebo por este mesmo banco.
      Ainda estou limpa, mas semana que vem não estarei mais. Queria negociar com eles, mas dizem que se a dívida for recente não existe negociação, somente depois de alguns anos e em realidade ainda que eles aceitassem eu poderia pagar uma quantidade irrisória ao mês. Teria que viver 400 mil anos para saldar o que devo.
      Por favor, o que me aconselha fazer?
      Muito obrigada, atenciosamente,
      Priscila.

    144. ester disse,

      15/09/2011 @ 14:03

      Boa tarde, meu nome é Ester, e comecei a fazer um curso em um escola de cursos e nao terminei o mesmo. A escola depois de um tempo começou a me ligar e depois de tanto ligar me mandarao uma convocaçao extrajudicial, dizendo que se nao pagasse a divida iria penhorar meus bens, so que, no momento estou desempregada e nao tenho como pagar a divida a vista e esta chegando o dia que eles marcaram para a penhora dos bens. Ha mais uma coisa, o unico bem que tenho em meu nome é um computador. O que devo fazer.

    145. Caren Piazza disse,

      26/09/2011 @ 11:09

      Li seu artigo sobre penhora de bens dos devedores de bancos e gostaria de saber sobre o financiamento estudantil (FIES). Meu irmão é meu fiador e a caixa nos colocou na justiça exigindo pagamento. Neste caso ele poderá ter seus bens confiscados?
      Espero que possa exclarecer minha dúvida.
      Obrigada.
      Caren

    146. Joana disse,

      27/09/2011 @ 15:49

      por favor , gostaria de saber se a conta poupança no nome de filho de menor pode ser penhorada ? no caso de divida comum. ( não bancaria ) ? obrigada

    147. Edison disse,

      28/09/2011 @ 8:46

      Estou com dívidas na CEF que, somados CDC Cheque especial, totaliza R$ 32.000,00, Já tentei por diversas vezes negociar com o banco citado. Em vista do insucesso para renegociação da dívida, retrei a minha conta salário da CEF. Quais as sanções que o banco poderá aplicar?

    148. José Carlos Ferreira disse,

      29/09/2011 @ 23:38

      Bom dia
      Dr. estou com dividas no banco,cc emprestimo e cartao.Alem de 4 cheques devolvidos.
      No momento nao tenho como pagar,fui a falencia.Tinha caminhao e motoristas me levaram pro buraco.
      Nao sei o que faço.Nao consigo dormir,as vezes tomo remedios para tal,entrei em depressao,juro pensei ate em morrer.
      O que faço? Se entrarem na justiça eu nao tenho dinheiro nem para pagar advogado.
      Tenho 2 filhas que fazem faculdades,uma estadual e outra federal,mas tem moradia,alimentacao etc para paggar.Recebo aposentadoria privada de 70,00 e nao consegui ainda aposentar no INSS.
      Minha esposa é que esta ajudando,passando roupa,cuidando de uma velhinha nos fins de semana.
      Tenho 58 ano,nao consigo emprego.Minha visao esta péssima e nao tenho nem como fazer exame,muito menos comprar o oculos.
      Me de uma luz….. Muito obrigado Jose Caarlos

    149. Sergio disse,

      10/10/2011 @ 16:06

      Tenho uma divida imensa num cartao, cerca de 20 mil reais e nao tenho como pagar, tambem possuo uma casa quitada em meu nome e de minha esposa, eles podem penhorar minha casa ??

    150. José Fernando da Silva disse,

      18/10/2011 @ 16:38

      Olá. Minha esposa tinha uma loja em sociedade LTDA com minha mãe, e por motivo de uma F250 ter batido na loja ficamos fechado durante 2 meses, a seguradora do motorista da F250, pagou as reformas, mas lucro cessante e outros danos nao pagou, com isso a loja enfraqueceu e ficou sem capital para continuar então minha esposa e minha mãe fecharam a loja e deram baixa no CNPJ antes que a dívida aumentasse. A questão é que a conta da empresa estava com limite ultrapassado em torno de R$ 8.000,00 e ainda com um empréstimo (capital de giro) em torno de R$ 4.000,00 de saldo a pagar. A pergunta é o Banco (Bradesco no caso) pode penhorar os bens particulares da minha mãe e da minha esposa? E os bens que tenho em meu nome ou meu pai tem em nome dele? Pois não temos dinheiro para liquidar as dívidas do banco, entramos na justiça contra a seguradora e o motorista da F250, mas isso vai demorar para ser julgado. Então gostaria de saber o que fazer, tiro o carro do meu nome? Bens do marido podem ser penhorados? É a única coisa que tenho em meu nome, tenho medo de perder.

    151. marcos disse,

      18/10/2011 @ 18:29

      boa noite
      fiquei desempregado quase 1 ano tinha uma vida legal ganhava bem mais agora fiquei sem emprego peguei 27.000 do banco e gastei todos credito do meos cartao no valor de 14.000
      fui no cartorio de minha cidade para tira uma certidao de imovel para ve se tem algum imovel no meo nome porque a 20 anos atrais tinha um terreno no meo nome nesta certidao de imovel la nao consta nada no meo nome nem a casa que eu tenho que e terreno ganhado pela prefeitura nao consto no certidao de imovel
      tenho tb um carro sendo ele finaciado sendo que paguei 22 parcela faltando a paga mais 38
      eu corro o risco de perde minha casa ou meo carro se eu nao paga ?
      ou que pode acontece comigo.
      obrigado

    152. carlos paulino disse,

      24/10/2011 @ 12:44

      ola o meu imovel foi penhorado pelo banco a um ano, so hontem é que fui expulsso. Tenho uma familia que vive comigo 2 filhos e a minha companheira.Queria saber se eles me podiam por fora de casa sem sequer me terem avisado. chegaram e em 2 horas poseram me fora, deixaram me tirar tudo menos a minha cozinha que me custou mais de 10 mil euros, issto é possivel.

    153. Marcos Eduardo disse,

      25/10/2011 @ 17:35

      PRECISO DE AJUDA!
      boa noite, estou com dividas em cartoes de credito e conta corrente, fui pagando o minimo do cartao e a divida so foi aumentando… ai nao tive mais como pagar nem o minimo. agora a divida ja esta esta com empresas de cobrancas, inclusive uma pessoa que se diz adivogado esta me “ameaçando”. O QUE PODE ACONTECER COMIGO JUDICIALMENTE?

    154. JONAS FERREIRA DE BRITO disse,

      28/10/2011 @ 6:45

      FOI FIADOR DE UM EMPRESA NA COMPRAS DE CAMINHÕES, MAIS O ME4NOS NO VALOR DE R$ 1,400,000,00 9 UM MILHÃO DE QUATROCENTOS REAIS) mais a mesmo pagou 50% da divida
      o BANCO, podem penhorar mina unica casa familiar?
      OBS: RESP0ONDA-ME URGÊNTE POIS NÃO AGUANTE3 MAIS A PRESSÃOE AMEAÇAS.

    155. Eudes Macedo disse,

      28/10/2011 @ 16:35

      Parabéns pelo site, e pela dica em específico. Mesmo sendo uma pessoa leiga no que se trata este assunto, fui bem esclarecido e sei como proceder. Obrigado e novamente parabéns.

    156. sonia rodrigues disse,

      31/10/2011 @ 15:23

      tenho uma divida enorme no banco , mais nao conseguir pagar mais…tenho medo de perder minha casa , que é a unica coisa quitada que tenho ,tenho carro e moto mais estão financiados mas esta o pagamento em ordem , o que posso perder se nao pagar ???por favor estou desesperada , obrigada

    157. fatima disse,

      05/11/2011 @ 13:55

      Olá devo quase sessenta mil reias em cartoes de credito, gostaria de saber se eles podem penhorar algum bem meu, nocaso minha casa e meu carro que não vele nem vinte mil, ele me ligam com ameaças e grosserias na epoca divida tinha 2 empregos mas perdi os 2 e nao tenho mais como pagar isso, o que pode acontece de fato ???

    158. elaine disse,

      07/11/2011 @ 19:18

      ola, tenho uma divida atrazada em quase 3 anos, uma conta em uma loja, só que era 160,00 agora na intimaçao veio 409,00 queria saber se eles podem cobrar tudo isso de juro???sou casada mas nao tenho nada em meu nome, nem mesmo moveis, tv etcc, oque eles podem penhorar da minha casa???pode fazer essa penhora???e se eu nao for a audiencia oque acontece???obrigada aguardo sua resposta,,,

    159. THIAGO disse,

      08/11/2011 @ 11:08

      OLÁ,FIZ UM EMPRESTIMO NO BMG QUANDO EU ERA FUNCINARIO PUBLICO.
      DEIXEI O CARGO E O MESMO NAO FOI MAIS DESCONTADO EM FOLHA.POIS NÃO TEM MAIAS FOLHA.
      POIS BEM,O BMG FICA LIGANDO AMEAÇANDO ENTRA NA JUSTIÇA PRA PERCA DE BENS.
      O QUE VC ACHA QUE ELE PODE FAZER?

    160. lilian disse,

      09/11/2011 @ 9:53

      OLÁ, TENHO UMA DIVIDA EM UMA LOJA QUE JA FAZ MAIS DE 5 ANOS, ESTÃO ME COBRANDO JUDICIALMENTE O VALOR É DE 700,00 REAIS, MAS ESTOU DESEMPREGADA E RECEBI UMA INTIMAÇÃO QUE VAO RETITAR BENS MAS MORO DE FAVOR NA CASA DE MEUS SOGROS E NÃO TENHO NADA EM MEU NOME. SERA QUE PODEM FAZER ISSO?

    161. alexandre disse,

      16/11/2011 @ 15:17

      OLA, Dr tem uma tal de VLM assessoria de Recife PE que me manda todos os meses notificaçao extrajudicial sobre divida do cartao de credito com ameaças, eu estou tranquilo mais minha mulher fica desesperada com medo de ate sair na rua tenho um carro e uma moto que nao esta no meu nome,minha casa esta financiada em 25anos oque devo fazer,nao tenho dinheiro agora para pagar,obrigado boa tarde.

    162. fabiana dos reis disse,

      17/11/2011 @ 20:23

      Olá Dr. obrigada pela sua atenção . Sou Fabiana preciso muito de sua ajuda ,temos uma micro impresa
      de transporte de escolar no interior de São Paulo ,trabalhamos desde 4:30 da manhã levando alunos até a cidade.fizemos um leasing e já pagamos 32 parcelas sendo um total de 50.o banco bradesco quer cobrar muuuito juros ,por conta de estradas em péssima conservação o carro deu muuita manutenção,sendo assim ainda fundiu motor ,o que fazer arruma o carro para trabalhar ou paga a prestação temos contrato com a prefeitura do município.o valor da dívida é de R$ 12.700 eles querem R$15.800 oque eu faço quanto tempo demora para dar busca e apreenssão
      Deus te abençoe

    163. Bruno Moreno disse,

      20/11/2011 @ 8:05

      Minha duvida é a seguinte:

      No inicio de 2008 financiei um carro no valor de R$ 40.000,00 em 60x sem entrada. Acontece que quando paguei a 12ª parcela desse veiculo o carro acabou apresentando problemas mecânicos e na época fiquei sem utiliza-lo, consequentemente não tive condições financeiras para continuar pagando o financiamento do veiculo e nem seu IPVA. Como o carro não estava andando e não parava em mecânico sendo que precisava ir rebocado, não pude negocia-lo com ninguém e tão pouco devolve-lo ao banco. Quando enfim ficou funcionando, o carro já estava com 2 IPVAs atrasados, não demorou muito para ser apreendido pelo Detran e ser levado a um dos pátios.

      A questão é que o carro já foi leiloado em leilão do Detran recentemente, o banco está ciente disso pois já relatei isso ao escritório de cobrança e simplesmente eles me falaram que vai ser fixado um valor de R$ 50.000,00 em penhora de algum bem no meu nome.

      Isso me deixou preocupado, pois possuo um outro carro, este sim quitado e um modelo clássico. Não quero que simplesmente o banco tome o meu bem alegando que tem que amortizar a divida de penhora ou algo parecido.

      Preciso de uma orientação quanto a isto, se puder me ajudar ficarei muito grato.

    164. aline disse,

      21/11/2011 @ 9:42

      obrigado pela a força deus abenbçoe vcs.

    165. luciano souza disse,

      28/11/2011 @ 14:22

      fiz um empréstimo bancário paguei algumas parcelas e depois não conseguiu mais. agora ele moveram uma ação judicial e agora vão penhorar meus bens. só tenho um carro alienado e minha loja . eles podem empenhorar minhas mercadorias ? posso reverter a penhora ?

    166. Fabio Ferreira disse,

      28/11/2011 @ 17:39

      Boa tarde,tenho um veículo financiado(CDC),porém já esta no final o financiamento.E tenho algumas dividas com bancos.Tem a possibilidade de algum desses bancos entrar com ação judicial, para penhorar este bem?Caso transfiro esse financiamento para o meu esposo,os bancos podem conseguir a penhora deste bem?

    167. Doris Mosciaro disse,

      30/11/2011 @ 11:51

      Boa Tarde, tenho um veiculo financiado (CDC), de 60 meses, já paguei 20, e tenho uma divida de 27.000, mil, caso eu transfira para outra pessoa, o banco não pode penhorar? ou eles não podem penhorar um veiculo que não foi dado como garantia?
      Obrigada.

    168. Juliana disse,

      01/12/2011 @ 15:38

      Boa tarde!

      devoum emprestimo no banco bradesco faz um ano ja parcelei eparcelei mas nao consigo pagar o valor é de 4.000,00
      hojer ecebi uma ligação do escritorio adicional me dizendo que se eu não pagar vai pra cartorio e eles vão buscar minha moto pois está no meu nome isso é verdade?? oque eu faço??

    169. Edison disse,

      12/12/2011 @ 9:29

      Estou pagando, em dia, um financiamento de veículo, porém, por motivos particulares estou com dívidas relativas a CDC, Cheque Especial e Cartões de Crédito com outro banco. Em caso de penhora de bens, o veículo que ainda estou pagando poderá ser penhorado?

    170. José Carlos da Cunha disse,

      12/12/2011 @ 9:43

      Bom dia… não sei se pode me ajudar, eu tinha uma escola que comprei de outra pessoa, e acabei financiando minha própria casa pra pagar e ai após um ano fechei a escola e nesse meio tempo tinha uma zeladora sem regristro 1/2 periodo… após fexar a escola fiquei todo endividado… e essa funcionária entrou na justiça por direitos trabalhistas… porém eu comprei a escola em 2008(agosto/2008) e já era funcionária desse mesmo estabelecimento desde 2005… porém a mesma entrou com a ação requerendo todo o período e a juiza acatou a situação e estou condenado a pagar 11.000,00 e se não pagar farão apreensão de meus bens… o q fazer numa situação dessas?

    171. sinval disse,

      20/12/2011 @ 16:25

      Dr.boa tarde minha pergunta é simples tenho uma pequena agencia que mexe com propaganda,e adquiri uma divida,e o banco de vez em quando manda aquelas cartas de notificação extrajudicial, não tenho condições de pagar,aconteceu esse desiquilíbrio pois perdi meu pai,fiquei doente,a firma ja não tem nem movimento mais,estou desempregado,tem uma casinha aqui que moro e um carro que me locomovo levar uma pessoa no hospital e correr atraz dos bicos.
      desde de 87 ou 97 essa divida que era 3.000,00, já mandaram cobrança de 40.000,00,35.000,00,agora mandaram de 22.700,00,e mandar.ja ate converseri com eles pra fazer valor menor em parcelas pequenas de 150,00 ate 200,00 não tema cordo dessa forma,fazem num valor que não dou conta.
      estavam mandando a carta no nome da firme agora é em meu nome,mais a notificação dentro vem em nome da firma,amigos ja me disse olha essa divida já devia ter acabado já tanto tempo.
      Dr.o que devo fazer por gentileza me oriente .

    172. JASSIDALVA TELES disse,

      23/12/2011 @ 11:58

      ESTOU COM UMA DÍVIDA NO BANC (N CHEGA A 4.000) E ELES ESTÃO MIM AMEAÇANDO DE PENHOAR MEUS BENS.PORÉM, N TENHO NADA E MORO COM MINHA MÃE E TA EM NOME DELA.
      HÁ ALGUM PERIGO EM EU PREJUDICAR ESSE IMÓVEL,MESMO N SENDO MEU?

    173. JUNIO BORGES disse,

      26/12/2011 @ 8:19

      ESTOU COM UMA DIVIDA NO BANCO DO BRASIL (6 CHEQUES)SERASA VALOR + OU – 165,00 CADA UM
      TENHO UM FINANCIAMENTO EM NOME DA MINHA AMIGA BANCO ITAU, Q FALTA UMA PARCELA DA MOTO
      EU POSSO PASSAR A MOTO EM MEU NOME, O BANCO DO BRASIL PODE ENTRAR NA JUSTIÇA….
      OBRIGADO.

    174. Dina- Portugal disse,

      27/12/2011 @ 7:35

      Bom dia!
      Tenho uma conta junta com o meu esposo, daqual esse dinheiro é da minha mãe, está a prazo, e os juros ficam na conta a ordem.
      Devido a um atraso da entrega do IRS,e não ter pago a tempo,as finanças bloquearam a conta desse dinheiro que está em nosso nome, mas não é nosso, daqual já retiraram os juros que a minha mãe tinha direito. Eles podem fazer isso?
      A penhora é em nome do meu esposo e eu sou titular, mas o dinheiro é da minha mãe.
      Como posso provar isso,ela confiou em mim para colocar o dinheiro em meu nome, agora pode ficar sem ele,tem de haver uma solução.
      Me ajudem pois não sei como fazer.
      grata

    175. ivone de araujo pacheco disse,

      29/12/2011 @ 23:06

      Fui fiadora de um amigo em l988. Aluguel, ele morou nesse imóvel durante mais ou menos l8 anos. Em 2004 a 2007 ele deixou de pagar e abandonou o imóvel com a dívida. Só fui comunicada pela imobiliária depois do fato.Gostaria de saber se o contrato teria ou não de ser renovado? A imobiliária nunca me mandou uma carta avisando que ele estava devendo. Soube por terceiros, pessoas amigas da senhoria. Agora no mês de dezembro de 2011, recebí uma penhora on line. Só tiraram pouco dinheiro pois eu já havia pago minhas contas. Eles tiraram 40,40 da caderneta e um pouquinho q eu tinha no banco., num total de 103,83.Estou com medo deles tirarem todo o meu salário de janeiro.Iso é possível? A minha conta é conta-salário da minha aposentadoria. Tenho setenta anos e não vou ter como me manter e comprar os meus remédios.Não devo nada no banco nem cartão. Sempre estive e stou em dia com minhas contas. Tenho um imóvel que não tem escritura, somente Promessa de compra. Será que tenho algum recurso ? Quanto eles podem tirar do meu slário ?Estou muito preocupada e essa preocupação acarreta problema de saúde como; presão alta, insônia, em fim estou muito preocupada e nervosa.Por favor me ajudem, fico grata.

    176. PAULO disse,

      02/01/2012 @ 16:35

      FOI MUITO BOM LER TUDO ISSO,POIS RECEBI UMA CARTA DE UMA FINACEIRA ME AMEAÇANDO EM PENORAR MEUS BENS,MAS NÃO TENHO COMO PAGAR ESTOU AFASTADO DO MEU EMPREGO,MAS DESDE ABRIL DE 2011 NÃO RECEBO,E SE NÃO RECEBO COMO IREI PAGAR,OBRIGADO PELAS INFORMAÇÕES.

    177. Diogo disse,

      05/01/2012 @ 9:24

      Tenho 04 empréstimos que eu fiz pelo banco santader e não estou conseguindo pagar, o valor total é em torno de R$ 20 mil. Gostaria de saber se eu não pagar o que o banco pode fazer realmente ? e não tenho casa no meu nome tenho somente um carro e uma moto alienado os carnês estão no meu nome mais no recibo do carro e da moto está no nome da minha noiva .

    178. Anderson Ricardo Oliveira disse,

      05/01/2012 @ 18:21

      Boa noite, meu nome eh Anderson Oliveira, e eu estou com um pequeno problema, a alguns anos para ser sincero 4 anos, sofri um acidente de carro onde uma senhora de minha cidade me pediu 4.500,00 reais para arrumar o veiculo dela, um fiat uno 1995, eu me recusei pois eu ofereci todas as peças danificadas a ela, mais a mesma se recusou pois queria receber esse valor, nos dias de hj notei que meu carro esta com busca e apreensao por esse motivo, como apreensao de bens coisa assim, nao entendo disso, mais a minha duvida seria, eu consigo vender meu carro que esta em meu nome para outra pessoa, fazendo a transferencia e tudo, e assim sobrando dinheiro para que eu possa quitar essa divida e finalizar esse processo, eu consigo vender meu veiculo???, ja se passaram varios anos, entrei com advogado e tudo, quais os procedimentos a serem feito, agradeço desde jah a atencao…

    179. Fernanda de Araujo disse,

      11/01/2012 @ 19:53

      Oi boa noite , estou com um enorme problema acho q o maior de toda a minha vida, no dia 29 de dezembro comprei um carro zero, assinei os contratos dei a entrada, no dia 03 de janeiro fui ate a concessionaria me entregaram o veiculo junto com a nota fiscal tudo certinho estava aguardando apenas para licenciar. e emplacar os procedimentos normais.. Fiz seguro instalei acessorios no carro e quando foi dia 07 de janeiro me ligram da concessionaria dizendo que eu tenho que devolver o veiculo pois o banco nao acatou o contrato o que devo fazer? Passaram propostas em outras finaceiras mais nao aceitarao, o motivo a qual o banco recusou foi pq simplismente meu patrao ao confirmar disse q ao inves de eu receber via holerit e via deposito bancario so q o sistema so foi implantado este ano, como fico ja mostrei o carro a todos todos acham q e meu, meus filhos perguntam ?? Estou super abalada nao sei o q devo ou nao devo fazer pelo amor de deus me ajudem

    180. neimar disse,

      11/01/2012 @ 21:24

      tenho uma divida no itau no crediario automatico do caixa eletronico e no lis uns dez mil reais e nao consigo pagar o que pode acontecer eles podem tomar meu carro que e financiado.obrigado pelos esclarecimentos

    181. mario emerson rodrigues mowat disse,

      13/01/2012 @ 14:35

      Financiei um carro para meu amigo em meu nome, e ele agiu de má fé vendeu o carro para outra pessoa sem eu saber e o carro foi roubado e essa pessoa não pagou nunha parcela que esta atrasado a 9 meses e o carro foi financiado em 60 meses. o escritório juridico me liga direto não sei mas o que fazer o banco pode penhorar a casa onde moro com minha mulher e meus filhos,

    182. Karyne Oliveira disse,

      17/01/2012 @ 18:25

      Comprei uma moto que foi financiada pelo banco só que não esa no meu nome e sim no da minha tia.Gostaria de saber se eu for pego sem carteira ou ocorrer algum acidente com atropelamento.Quem paga por isso eu ou ela??

    183. Fabio disse,

      26/01/2012 @ 10:25

      Bom dia,

      Estou com uma divida de R$ 62.000,00 no Itau. Não tenho conta no banco, a divida foi feita somente nos cartões de credito e um emprestimo pessoal de R$ 25.000,00. Sou casado em comunhão parcial de bens e temos uma casa no valor de R$ 150.000,00. Gostaria de saber se a casa pode ser penhorada? Se o nome da minha esposa vai ser incluido no SPC/Serasa ? Se as contas poupança e corrente da minha esposa serão bloqueadas ? Desde já agradeço.

    184. Rofrigo disse,

      26/01/2012 @ 14:15

      oi tenho uma divida no banco de 4.457,61 no banco itau e financiei um carro la tbm as prestaçoes do carro estao em dia mas hj chego uma carta p mim p eu paga a divida com desconto a divida fica no valor de 1.421,88 a vista com esse desconto q eles tao dando e ta escrito q se eu nao paga em 3 dias o oficial de justiça vira e vai penhorar meus bens e levar meu carro estou desesperado me ajude oq faço? nao tenho dinehro p paga a divida :( me ajude porfavo

    185. Eliseu disse,

      31/01/2012 @ 6:44

      Ola, é o seguinte, Meus pais estão com impostos atrasados da empresa, como PIS/COFINS, SIMPLES, e também, com empréstimos bancários, tudo no nome da empresa LTDA., O que isso pode acarretar? Eles podem penhorar e levar maquinas e equipamentos ou imóvel único? Obrigado

    186. Jaqueline disse,

      03/02/2012 @ 12:03

      Olá, meu pai tem uma firma no nome e tem impostos atrassados e dividas em tres bancos itau, brasil e bradesco, quero saber se a justiça pode penhorar nossos bens, como casa e veiculo? Obrigado

    187. cleonice da silva moreira disse,

      04/02/2012 @ 23:27

      Meu esposo possui um automovel,no qual n foi trasferido no nome dele,e agoraele quer trasferir e o antigo dono ta c divida de penhora qual procedimentos, ele corre o risco de perder o carro?

    188. maria aparecida martins disse,

      18/02/2012 @ 21:50

      Estou com as seguintes dividas:

      Limite e juros do cheque especial – Pessoa Juridica e Fisica
      Parcelas de financiamento em atraso – Pessoa Juridica e Fisica
      Cartão de crédito empresarial
      Cartões de crédito pessoa fisica

      Tenho recebido várias ameaças, a última foi que entrariam na justiça e confiscariam meus bens.
      Acho um absurdo, pois estou tentando manter a cabeça fria para conseguir gerar negócio para
      empresa e assim saldar as minhas dividas, mas com esses telefonemas fica muito difícil.

      Sou cliente deste banco há muitos anos e nunca tive nenhum problema.

      Gostaria de saber se eles podem cumprir as ameaças.

      Att,

      Maria Aparecida Martins

    189. Mauricio disse,

      23/02/2012 @ 0:14

      800 Mil Reais, e não vou pagar. Em 5 anos meu nome sairá do SPC e se tudo der certo eu pago a dívida por 80mil. Se bobear, não pago nada.

      Tenho uma divida de 800 mil divididas em 3 bancos!!! Parece piada, mas não é!
      Divida oriunda de uma pequena empresa que queria ser grande, … a história é longa. Em resumo: empresa nasceu devendo e evoluiu devendo, sempre motivada pelos bancos. “Olá Sr. Mauricio, o Sr. tem 100 mil disponivel aqui, podemos depositar na sua conta, depois o sr. passa aqui para assinar” – sempre mais ou menos assim. O crédito sempre muito fácil. Não deu outra, superendividamento e negócios indo por agua abaixo.

      Sempre paguei tudo em dia, nunca atrasei as percelas dos bancos. Porém com o negócio indo mal e trabalhando para pagar os bancos… nesta última crise, em meados de 2012 os Bancos cessaram os créditos para as pequenas empresas. E me ferrei. Tinha que pagar e não renovava os limites, ou seja, não sobrava R$$$.
      Além disso apareceram outros problemas na empresa… sócio saiu… virou uma zona

      O que fiz?
      Não tive alternativa. Parei de pagar os bancos.

      Já consultei advogado. Minha vida vai sofrer percalços nos próximos 5 a 7 anos.
      Mas depois disso vai ser só calmaria.

      Os passos que os bancos dão, e as fases da cobrança estão abaixo:

      1 – cobrança interna do banco
      2 – cobrança terceirizada
      3 – cobrança volta para o banco
      4 – banco encaminha para o jurídico
      5 – juridico vai levantar se o devedor tem condições de pagar;
      6 – juridico verá que não tenho condições de pagar, não tenho renda nem bens penhoraveis
      7 – juridico desespera e tenta acordo extrajudicial (bom para o banco)
      8 – acordo será negado (eu rejeitarei)
      9 – juridico aciona a cobrança judicial
      10 – juiz determinará os termos da negociação, e vai mandar eu pagar (300 mil por exemplo)
      11 – eu não pago
      12 – juridico do banco vai ser obrigado a me executar durante 1 ano e eu não vou ter nada em meu nome
      13 – em um ano a execução prescreve
      14 – FIM (o banco perdeu)

      V I D A – N O V A

      Nota: no 5º ano o nome ja está fora do SPC e serasa. Após a tentativa de execução, a divida n~´ao pode ser cobrada novamente.

    190. Mauricio disse,

      23/02/2012 @ 0:18

      AHHH

      SEM PATRIMONIO NO NOME DA EMPRESA E NEM NO MEU NOME, EU SOU O SOCIO E O AVALISTA…
      OU SEJA, SEM JEITO DE COBRAR MESMO…

      VOU PRA PRAIA

    191. Julio Cezar disse,

      24/02/2012 @ 0:16

      Gostaria de uma informação

      minha firma esta sendo executada pelo banco itau por um emprestimo no valor de 44 mil, pois bem
      eu perdi o prazo para recorrer da execução, eles pode pegar tudo que tem na empresa
      como o unico carro da empresa que se usa para trabalho, e o mesmo nao esta quitado, tem uma outra forme de eu recorrer?

    192. EDUARDO RODRIGUES disse,

      24/02/2012 @ 11:25

      MEU FILHO E MAIS DOIS FINANCIARAM JUNTO AO BANCO DO NORDESTE, UMA CERTA QUANTIA,PARA MPNTAR UMA LOJA DE MATERIAL DE CONSTRUÇÃO E PAGARAM DURANTE 4 ANOS . DEPOIS MEU FILHO VENDEU A SUA PARTE PARA UM DELES, DAI NÃO PAGARAM MAIS A DÍVIDA. ELE CONTINUA COMO DEVEDOR? DEPOIS O BANCO LEILUOU A LOJA COM O IMÓVEI. E CONTINUA COBRANDO A DÍVIDA DOS TRES SÓCIOS. QUE FAZER?

    193. sulamita de souza disse,

      27/02/2012 @ 15:32

      oi tudo bem? eu tirei um carro para um colega e ele viajou e pagou so 3 prestaçoes
      eu tirei finaciado . nao sei o que fazer nao tenho condiçao de pagar tenho medo
      deles penhorar meu ap que eu ganhei pela prefeituara .gostaria de saber se eles podem
      mesmo me tirar da minha casa se e a unica coisa que eu tenho
      me respnda por favor estou desesperada
      obrigado

    194. marcelo costa primo disse,

      05/03/2012 @ 17:40

      !!!!!!!!boa tarde fim um financiamento de uma moto mas fiquei desempregado fiz um acordo com banco devolvir a moto.o banco me garantiu que iria tira o prostesto do meu nome depois de dois anos vir que ate hoje tem o protesto no meu nome o que faco!!!!!desde ja agradeco

    195. Erivan Nonato disse,

      07/03/2012 @ 23:55

      tenho um carro e coloquei no advogado para redução dos juros abusivo, e ganhei a causa na justiça no valor de r$ 7.000,00 e o banco envior o boleto para pagamento mais o advogado não consegui mim avisar e o boleto passo do dia de pagar e o banco não envio mais outro boleto, neste entevalo o banco acionou a justica para busca e pendeiro o meu carro como posso procede para negociar com banco.

    196. francisco marques da silva disse,

      10/03/2012 @ 22:04

      eu estou devendo o banco um quantia em dinheiro era 119,000 eu queria saber si eles podem levar meu moveis de uso domestico

    197. ezio disse,

      13/03/2012 @ 7:44

      Bom dia…

      Tenho uma dúvida, minha esposa tem uma empresa individual e deve para o banco R$ 150.000,00 sendo que sua empresa faliu e não tem capacidade de pagar essa conta para o banco.

      Obs.: Ela não é casa comigo só somos juntados, não temos casa moramos de aluguel, ela não tem nada no nome dela nem emprego ela tem (tem uma casa que é do pai e mãe dela só que é para dividir quando eles falecerem para 4 irmãos). Eu tenho um carro no meu nome e uma moto de R$ 35.000,00 + o carro R$ 15.000,00. Esse valor de R$ 150.000,00 foi feito no banco sem nenhum tipo de garantia, esse valor foi tirado só do capital de giro da empresa tipo ela tinha uma grande movimentação Esso possibilitou um empréstimo sem garantia direto do capital de giro.

    198. elaine disse,

      20/03/2012 @ 19:13

      boa noite tenho uma divida no banco do brasil e naum tenho como pagar gostaria de saber se eles podem vir a buscar meu carro

    199. serney soares dos reis disse,

      25/03/2012 @ 12:03

      estou com uma divida de cartao de credito no valor de 12.00.00 naa consigo paga mais tavez cosigo faze um acordo que sas prestasao cabe no meu bolso sera que e posivel

    200. SERGIO APARECIDO DE OLIVEIRA disse,

      25/03/2012 @ 20:33

      OLA DR, GOSTARIA DE SABER SE O UNICO IMOVEL ONDE MORO COM MINHA FAMILIA PODE SER PENHORADO PARA PAGAR UMA DIVIDA QUE TENHO COM O BANCO E NÃO CONSIGO PAGAR ELA NO MOMENTO? O IMOVEL JA ESTA COM 50% PENHORADO, ESTOU AGUARDANDO O JULGAMENTO DA JUIZA,ESSE IMOVEL TAMBEM SERVE DE PONTO COMERCIAL PARA MEU FILHO, ELE TEM UMA FIRMA NESSE ENDEREÇO RESIDENCIAL ONDE MORAMOS E EU TAMBEM TRABALHO COM ELE, QUERIA SABER SE POR ESSE MOTIVO O UNICO IMOVEL PODE SER PENHORADO? OBRIGADO

    201. kelly disse,

      26/03/2012 @ 14:33

      oi minha vó fez um emprestimo um mes antes de morrer e agora quase tres anos depois o banco quer cobrar dos filhos pode isso ?

    202. Mari potulski disse,

      27/03/2012 @ 18:16

      Fiz parte de uma sociedade ltda por um ano, isso em 2006, hoje a empresa está fechando, foram bloqueadas contas dos sócio, há alguma possibilidade de ser responsabilizada de alguma forma por isso?
      Obrigada se puderem me ajudar.

    203. kelly disse,

      28/03/2012 @ 17:58

      oi boa tared!
      estou preocupada pq estou com um debito muito alto com o banco, e recebi uma citação e penhora com um prazo de 3 dias para pagar se não eles vao penhorar minhas coisas.
      eu gostaria de saber se eu posso negociar essa divida de forma q eu poça pagar.
      a unica coisa q eu tenho é minha casa que moro com meus filhos e estou com muito medo deles penhorar minha casa.

    204. marcia alves disse,

      29/03/2012 @ 11:00

      OLA DR estou apavorada para minha filha acabar de fzr a faculdade me individei no nome dela faz um ano q venho tentando pagar mas nao consigo ja financiei carro meu ja tirei emprestimo mas nada de acabar nao devo cheques apenas limite q era de 5000 mas ja esta em 14 mil agora tao liagando aki dizendo q vai mandar para juiz mas ela trabalha para os outros e nao tem nada no nome dela me ajude por favor obrigada

    205. Marcos Antonyo disse,

      29/03/2012 @ 17:32

      Kelly,

      Relaxe, banco não penhora nada de ninguém, muito menos sua casa se essa for a única que mora com os filhos, quem penhora, nos casos que a isso cabe, seria um juiz, porém, antes de qualquer decisão esse magistrado irá te ouvir e conceder amplo direito de defesa. Na verdade, banco gosta de esfolar seus clientes e depois apavorá-los.

      Vá até sua agência e proponha(por escrito e guarde recibo), pagar sua dívida da maneira que melhor lhe convier, e ainda, exija a eliminação de juros abusivos, taxas e encargos diversos. Lembre-se: Quem paga a conta é você, portanto, é também quem manda nessa relação. Imponha-se!. Boa sorte.
      Marcos Antonyo Lima

    206. Marcos Antonyo disse,

      29/03/2012 @ 17:52

      Marcia,

      Fique tranquila. Tudo isso não passa de pressão psicológica por parte dos cobradores a serviço do banco. Você acha que eles teriam coragem de te cobrar uma dívida diante de um juiz com 200% de juros em pouco espaço de tempo?… Em juízo caberia apenas 1% de juro de mora mais 2% de multa ao mês e nada mais.

      Se por acaso o banco levar para a apreciação da justiça, fato pouco provável, seria sua grande chance de contestar diante do juiz, isso significa que seria notificada, e de maneira previa, prepararia com ajuda de um advogado a sua defesa. Boa sorte.

      Marcos Antonyo Lima

    207. Shask disse,

      29/03/2012 @ 20:08

      Tenho uma dívida com o banco de 40.000,00 e com a administradora de cartão de 25.000,00. Tenho uma residência própria que moro e um predinho onde estou com um novo negócio tentando me reeguer. O banco pode penhorar este prédio, mesmo sendo a única possibilidade que tenho de me reerguer?

    208. kelly disse,

      29/03/2012 @ 20:12

      oi boa noite!!
      muito obrigada pela sua orientação, estou bem mas tranquila agora.
      por favor me tira mas uma duvida.
      eu tenho uma moto mas ela esta alienada de 48 prestações so paquei 6. mas eu estou em dia com as prestações. a pergunta é, devido o debito q estou com o banco eles podem penhorar a moto mesmo ela estado alienada?

    209. Omena disse,

      05/04/2012 @ 11:09

      Bom dia,

      Preciso de ajuda, tenho uma divida de 85.000,00 no banco, esse valor ficou assim por conta de juros absurdos que o banco Santander me cobrou e chegou ao ponto de eu nao poder mais honrar com o pagamento. Agora ficam me ligando dizendo que me colocarão na justiça. Isso realmente pode acontecer?Podem confiscar meu salário? Ganho 4 mil, com base nisso quanto será o percentual da parcela que eles podem cobrar em cima do meu dinheiro pra que eu possa pagar.Obrigada

    210. luiz disse,

      06/04/2012 @ 12:31

      bom dia…..estive numa situação confortável, mas as coisas foram mudando e precisei usar o ch especial depois emprestimo pessoal para quita-lo e o banco sempre me oferencendo mais emprestimo,só q chegou num ponto que não tenho recursos para quita-lo e nem venceu a primeira parcela do acordo….tenho 02 imoveis em fase de construção e tbm não consigo vende-los……o banco pode reclamar direitos sobre esses imoveis? …mesmo em construção.?..e se não pagar..o que o banco poderá fazer..?…fiz emprestimo para quitar emprestimo e a bola de neve cresceu…peguei 35.000,00..paguei 16.000,00 em parcelas…peguei mais 15.000,00 para quitar o especial e o banco me ofereceu mais 10.000,00 que tive que pegar ,negociei a divida que foi para 60.000,00 parceladas em 48 X de 2.500,00.. mais 24 parcelas de $ 950,00 do emprestimo de $ 10.000,00
      no final peguei $ 60.000,00 e a divida está em $ 142.800,00…..
      tenho vontade de jogar tudo pro alto…e preocupar com a minha saude

    211. Alda Guedes disse,

      15/04/2012 @ 12:44

      Boa tarde
      Gostaria de obter informações
      acabei de receber uma carta convite de um cartório de registro de titulos e registros de documentos
      dizendo que se eu não comparecer posso ter meus bens penhorados
      é verdade?
      contrai essas dividas em 2008 quando tiver vários problemas financeiros
      e até agora não consegui quitá-los

    212. Rita de Cássia disse,

      16/04/2012 @ 18:29

      Boa Noite, meu marido abriu um processo contra um banco a mais de 05 anos questionando juros abusivos ref divida de emprestimo pessoal , meu sogro faleceu ano passado e ele passou a ser herdeiro junto com uma irmã, o inventario está em andamento. O Banco pode penhorar / confiscar esses bens?
      grata.

    213. Rejane disse,

      20/04/2012 @ 12:13

      Obrigada!Utilidade Publica este site!!

    214. Daniel Guarnieri disse,

      24/04/2012 @ 17:03

      Ola gostaria de fazer uma pergunta.

      Tenho uma divida com um banco que é de 1400 R$, e um bom tempo depois eu ganhei uma moto do meu pai e ele pois no meu nome, gostaria de saber se o banco tem direito de tomar ela de min.
      Eu só tenho ela no meu nome mas nada e estou desempregado, por favor me ajudem.

      Obrigado….

    215. Milton de Paula disse,

      28/04/2012 @ 15:54

      Eu tenho uma divida ,no carrefour de 2.700,00 reias e no momento no posso pagar,tem uma empresa de cobraça me ameaçando judicialmento.
      até me deram opçoes de pagamento mas mesmo asim fica muito caro para que eu possa pagar,tive problemas com alcolismo e tenho outras dividas que estou pagando e estou deixando esta para depois, oque pode acontecer.
      DESDE já meu muito obrigado.

      AGUERDO RESPOSTA . MILTOM….

    216. jose geraldo disse,

      29/04/2012 @ 21:55

      tirei um carro no feirao para o meu irmão, banco itau card, ele bateu o carro e sumiu, deixando uma divida para mim, eu estou desemplegado, cada mês que passa a conta aumenta, tenho um terreno, o banco pode tomar,

    217. João nadir dos santos disse,

      02/05/2012 @ 22:18

      vendi um carro em 2006,e não sabia que o mesmo tinha cinco multas,do ano de 2005,pois quando da venda eu tirei o nada consta no bancoBANERJ,pelo RENAVAN,peloCPFe pela CATdeHAB,e nada foi encontrado,e até renovei a CAT.HAB,quando em 2009,o adquirinte do carro acionou a justiça pra que eu pague as multas.Mas nunca fui notificado,ou cobrado destas multas,mas a Justiça me condenou a pagar as cinco multas.Ai vem a pergunta.Pagar!Mas pagar pra quem?se a data e o valor e e o vencimento estão assim-00,00,0000-valor das multas540-UFIR/0 PONTO.Já fui no DETRAN e lá não existe nada.Oque eu faço,diante de tal situação,se até busca e apreensão a Justiça já mandou fazer em minha casa,por sorte que eu não me encontrava em casa(esta gerando uma cobrança de CR$ 100, reais ao dia por não cumprimento da lei.Ja´estou a ponto de ficar louco,o que eu faço por favor me ajude.OBRIGADO.

    218. Juliana disse,

      02/05/2012 @ 22:35

      Boa Noite, meu nome é Juliana e eu estou apavorada, minha mãe faleceu e eu não paguei as contas dela do banco, até porque não tenho condições, 2 anos depois a caixa econômica e o citibank, me mandaram uma carta extra judicial… fui até o banco levei a certidão de óbito e disse que não pagaria a divida dela, pois nem tenho condições para isso, mas ele me informaram que sou obrigada a pagar e que já tem uma lei que me obriga a isso, caso ao contrario receberei a visita do oficial de justiça e tudo mais…. o valor da divida não passa de 5 mil (com juros), o que devo fazer?

    219. vanessa disse,

      09/05/2012 @ 10:20

      BOM DIA ?estou com uma duvida.meu meu marido pediu um cartão do constrocarde para a reforma da casa mas ficou desempregado e ficou devendo o banco, pode toma a casa por que quando eu casei já tinha a casa e vendi e comprei outra e o contrato de compra e venda esta no nome dele mas a escritura continua no nome da vendedora mesmo assim ele pode toma já nem durmo estou preocupada

    220. Idalina Mateus disse,

      12/05/2012 @ 15:24

      Boa tarde
      Gostava que me ajudassem a esclarecer uma dúvida que é a seguinte:
      Sou administradora de concomínio no prédio onde resido, acontece que numa das frações foi penhorada e vai para leilão, o antigo dono, foi dado como insolvente ficando a dever dois anos de condomínio, perante este cenário, será que eu posso fazer alguma coisa para rever esse dinheiro? Se sim, onde me devo dirigir?
      Sem outro assunto, agradeço a disponibilidade

    221. marina holanda disse,

      14/05/2012 @ 19:24

      peguei um emprestimo na caixa-economica,o emprestimo foi o contrucard pois mandaram uma carta dizendo que ia manda um oficil da justica e penhora meus bens.gostaria de saber se pode penhora minha casa que estar no meu nome e de meu marido ?

    222. SHEILA disse,

      18/05/2012 @ 19:09

      É muito bom saber que tem pessoas que se importam com as dúvidas e com os problemas das pessoas nesse país! primeiramente, gostaria de parabenizá-lo pela escrita, pois me trouxe um conhecimento maior sobre o assunto OBRIGADO

    223. Jose disse,

      20/05/2012 @ 20:07

      Tenho uma divida com cartão de credito, mas ainda nao enho como liquidar. tenho um plano de previdncia antigo ele pode ser penhroado? Fico sabendo da penhora com antecedncia? ou eles podem penhorar a qualquer momento.

    224. rosana nogueira disse,

      21/05/2012 @ 15:59

      Boa tarde, por favor gostaria que tirasse uma dúvida.renegociei minha divida com o cartão visa ,mais não pude cumprir, e agora não tenho mais condições de pagar o cartão,eles não querem refazer um acordo,minha dúvida é, tenho uma casa em meu nome que resido com minha mãe e um carro financiado,tenho outro imóvel alugado com outros herdeiros e ainda esta no nome de meu avô, eles podem penhorar minha casa por conta da dívida? Obrigada.

    225. Valdemiro Martins Junior disse,

      22/05/2012 @ 11:55

      Tenho um imóvel, em meu nome que foi herança de familia.Moro em outro imóvel, que não está em meu nome.Pertence a minha sogra. Este imóvel que está em meu nome pode ser penhorado.Eu estou fazendo obra nele para morar.

      obrigado

    226. roberta disse,

      23/05/2012 @ 16:10

      a empresa sempre foi do meu marido e da minha sogra! cASEI COM COMUNHAO parcial de bens, tenho que pagar a divida desta empresa, que existe antes do meu casamento e enrola ate hoje sendo que nao tenho nada com isso?

      Suelu

    227. leandro da silva disse,

      24/05/2012 @ 16:48

      Srs. queria que me ajudassem :

      Eu tinha um comercio, que vendi por causa das dividas, onde todo meu patrimonio foi desfeito, ficando somente uma casa. Essa casa havia dado na epoca que os negocios estavam girando, como garantia , pois nunca saberia que no futuro iria ser minha unica residencia.Agora o banco está executando e já mandou a mesma para leilão.Pergunta como poderia fazer para não perde-la e qual as alegações e procedimentos que tenho juridicamente a disposição. Lembrando que eu e minha esposa assinamos a cedula bancária como garantidores do emprestimo que foi feito a minha empresa.

    228. jaqueline disse,

      25/05/2012 @ 18:36

      boa noite devo em algumas lojas e minha divida foi vendida estão me ameaçando de levar as dividas para cobrança judicial oque faço? qual o valor permitido por lei para penhor de bens? o penhor de bens só procede se eu der algum bem como garantia? gostaria de um respaldo aguardo respostas

    229. Brunna disse,

      25/05/2012 @ 23:02

      Parabens pela iniciativa! Obrigada pelos esclarecimentos…

    230. KAYOKO disse,

      27/05/2012 @ 0:03

      MINHA MAE FEZ UMA DOAÇAO EM 2003 PRA MIM , MAS NAO REGISTREI, A CASA TA NO NOME DELA AINDA.FOI FEITO A DOCUMENTAÇAO NO CARTORIO E TUDO MAS REGISTRO NAO, ESSES DIAS CHEGOU UMA CARTA DIZENDO P ELA PAGAR DIVIDA DE FIRMA ABERTA, E NAO PAGOU A FUNCIONAMENTO DA LOJA, MAS ELA EMPRESTOU O NOME DELA PARA MEU IRMAO ELE NW PAGOU, E DISSERAM QUE IRIAM PENHORAR, DIVIDA DE 4 MIL REAIS., A CARTA CHEGOU DIA 10 E PAGUEI O REGISTRO DA CASA PARA PASSAR NO MEU NOME DIA 11, FUI NA PREFEITURA, E DISSERAM SE MINHA MAE PASSAR P MEU NOME E CONSEGUIR, NW TEM PERIGO DE PENHORA. NO CASO ELA AGIU DE MA FE DOANDO SEM PAGAR DIVIDA, TEM PERIGO DE EU PERDER MESMO PASSANDO PARA O NOME DA MINHA FILHA

    231. Leandro disse,

      27/05/2012 @ 11:24

      Prezado,
      Tenho uma divida bancaria entorno de 55.000,00 e no momento não tenho condições nenhuma de pagar. Meu sogro recentemente colocou uma casa de praia no nome da minha esposa e do irmão dela. Quero saber se o irmão dela pode ser afetado também. Se eles podem leiloar está casa?
      Grato,

    232. Rafaela disse,

      28/05/2012 @ 15:55

      Ola tenho uma duvida. eu preciso de dinheiro pois um parente meu esta doente e precisa ser tratado e tenho o lus do itau tenho limite de 20 mil de lis, e pretendo pegar 7.000 gostaria de saber qual risco eu corro se pegar e nao pagar, pois nao vou ter como pagar,.

      aguardo resposta

    233. Nelson Machado Tavares disse,

      29/05/2012 @ 13:48

      Tenho uma dívida no banco, fiquei desempregado por mais de um ano, agora consegui um emprego mas a Empresa me mandou abrir uma conta salário exatamente no banco o qual tenho essa dívida. Ao abrir uma conta salário o banco pode retirar o valor do meu salário em razão de minha dívida? Estou muito ansioso para saber isso até porque ganho pouco mais que um (01) salário mínimo e se isso acontecer, estarei em apuros. Sou agradecido pela atenção, Nelson M. tavares

    234. aparecida pereira disse,

      30/05/2012 @ 15:47

      Boa tarde,
      NO ano de 2009 fiz um cartão construcard com a CAixa economica Federal. Porém no ano passado, fiquei grávida e perdi meu emprego. Estou desde então sem pagar minha dívida. J recebi 2 visitas de oficiais de justiça, que me recomendaram não fazer nada e esperar até que eu consiga arrumar outro emprego e somente então tentar uma renegociação
      . Porém recebi uma intimação para comparecer a uma audiência para o dia 25/05/2012. Não compareci a audiência.
      Gostaria muito de saber qual é o melhor procedimento neste caso. Estou desesperadamente buscando um emprego pois esta não é a única dívida em meu nome. E assim que consegui alguma renda pretendo buscar alguma negociação.
      1- minha situacao atual é: me casei depois de contrair a divida.. isso implica em alguma coisa?
      2- Sou dona de casa no momento e tenho uma bebe de 8 meses e uma menina de 11 anos.
      3- Nao tenho nenhum bem em meu nome… nenhum!
      4- meu marido também nao tem nenhum bem no nome dele.. e estamos vivendo em uma casa que meu pai nos emprestou…
      5- O que implica no não comparecimento?
      6- no caso de não ter nenhum bem em meu nome ele poderão usar algum bem que tenho em casa como pagamento de dívida?
      7- Virá algum policial em casa buscar meus bens?
      8- poderia ser presa por não pagar esta dívida?
      Muito obrigada,
      Gostaria de saber qual o melhor a fazer neste caso… por favor necessito de auxilio urgente!
      ps: a divida hoje esta em R$ 13.220,49

    235. André disse,

      03/06/2012 @ 19:53

      Após uma cirurgia mal sucedida ( erro médico ), fui obrigado a pedir empréstimo em bancos, pois pegava dinheiro em um banco após alguns meses pegava em outro para pagar aquele anterior, e virou uma bola de neve.
      Tenho uma pequena empresa, já vendi meu carro e outros dois carros da empresa e minha divida só aumentou, me cansei e fui ao banco recentemente peguei mais 60 mil e comprei uma montana com o cartao do bnds, e acho que nao tenho mais condiçoes de pagar, após quase 3 anos que começei a fazer esses emprestimos, minha divida hoje é de 250 mil.
      Minha perguna é : tenho uma unica casa que esta em meu nome e é consórcio e esta montana que comprei com o cartao do bnds, eles podem querer na justiça esses meus bens ?
      Desde já muito obreigado.

    236. Fabian disse,

      04/06/2012 @ 15:26

      Boa tarde!!
      Tenho uma divida com o banco itaú de no momento está em torno de 52.000,00 e infelizmente n~zo tenho como pagar. Eu tenhoi uma empresa no meu nome que está fechada mais ainda não dei baixa.O que pode acontecer??? Posso ser presa o ter meus bens penhorados???
      Também possuo uma moto que está no meu nome e ainda estou pagando ,posso perdê-la??? Tem como passar ela para o nome de alguém???
      Me ajudem por favor estou dezempregada e sem rumo……
      Também coloquei na justiça um cartão que ganhei o direto de cancelar a dívida mais eles estão me cobrando novamente com juros.Incluso nas dívidas como posso provar que está incluso nas dívidas o valor do cartão???

    237. Marta disse,

      06/06/2012 @ 17:37

      vendi um terreno e transferi a dívida, tenho débitos junto a alguns bancos, hoje o comprador do meu terreno foi a cx economica para fazer financiamento para construir, chegando lá foi impedido pois a pessoa responsável disse que que o meu terreno pode ser penhorado mesmo depois de ele ter assinado o contrato e passado pro nome dele, trata-se de único bem que tinhamos em nosso nome, pergunto o banco pode penhorar?A minha dívida com o banco é de 2008, agora o comprador quer o dinheiro de volta, só que eu não tenho como pagá-lo.O que eu faço?Eu não agi de má fé, achei que passando pro nome dele não teria problema nenhum.

    238. ALDAIR MELLERO RIBAS disse,

      13/06/2012 @ 9:59

      Ao Banco Itau. ,
      Sr. Presidente .
      Srs Diretores

      São Paulo, 02 fevereiro de 2012
      Eu ALDAIR MELLERO RIBAS , PORTADOR DO CPF 010.833.388-46, proprietário da Empresa
      Aldair Mellero Ribas ME – ( 3 A Cadeiras ) com CNPJ. 09.330.026/0001-72 localizada na Av. Rio das Pedras, 555 loja 3F ( Carrefour Aricanduva ) e tendo a Filial no CNPJ 09.330.026/0002-53 , na Rua São Paulo, 1633 – São Caetano do Sul – SP
      Tendo 2 Conta Corrente Neste Banco
      Conta Corrente Ag. 0187-45766-8 Com Cnpj 09.330.026/0001-72 Matriz
      Conta Corrente Ag. 0187-50610-0 Com Cnpj 09.330.026/0002-53 Filial
      Finalidade desta correspondência

      Sempre deixei a administração de minhas contas corrente a cargo dos Gerentes, por
      saber que se trata de pessoas de confiança e que estes fazem o melhor para o Cliente

      Conforme Consta o Histórico de minha conta 45766-8 do CNPJ. 09.330.026/0001-72
      nunca tive qualquer problema antes dos fatos aqui Relatados ,
      quando na abertura da Filial fui Orientado pela Gerente Gizeli a abir uma Conta a de numero 50610-0 para entrada dos recebíveis, e após a abertura desta conta teria os meus recebíveis conforme combinado, toda terça feira de Cada Semana antecipados automaticamente, tudo correu no previsto até o mês 4/2011 quando houve a centralização de plataforma, banco Itaú na agencia 038 ( Pari ) , que o Gerente era o Sr. Wagner, que após não me foi creditados os meus recebíveis, conversei com o gerente e o mesmo falou-me que iria ver o que teria ocorrido, durante este período vendi pelo cartões da Redecard. Sem preocupação, pois eu estava tratando com uma instituição Bancaria, uma das melhores do Pais, e após 21 dias, durante estes dias continuei a vida normal da empresa efetuando pagamentos , e o gerente pagando os cheque por mim emitidos o Gerente ( Wagner ) me informou que o Banco mudou o procedimento, e que os meus recebíveis, inclusive os de cartão debito ficaria retido para pagar uma obrigação de um empréstimo, de R$ 3.648,94 mensal, que já estava consolidado o 7/ 10 faltando apenas 3 parcelas no valor total de R$ 11.054,82, Solicitei a Gerente antecipar os meu recebíveis, e descontar o valor total , o mesmo me informou , que os recebíveis, ele não poderia antecipar pois se tratava de contrato a ser cumprido, solicitou um deposito de R$ 18.000,00 Que providenciei de imediato, no dia 06/05/2011, que ele me liberaria as maquinas da 2 lojas e eu voltaria a vida normal, mas não foi isto que aconteceu, o Mesmo saiu do Local e eu fiquei no aguardo de um novo gerente, Vindo o novo gerente, me propôs um acordo, do qual eu Preocupado com a situação me propôs a cumprir, de maneira para recuperar a minha conta e não ter nada a me preocupar, o proposto pela gerente foi pagar um divida de valores devidos , com uma entra de R$ 9.200,00 + 24 parcelas, de R$ 5.571,34 do qual eu ainda tentei honrar, mas na 4 parcela, não tinha os meus recebíveis liberados, estando comprando para pagar em 28 dias, e recebendo em 30/60/90 dias, apenas era informado o valor da agenda, periodicamente pela minha gerente, após eu solicitar uma ajuda admistrativa com um consultor financeiro, o mesmo me informou que o Banco não poderia ter me feito isto, pois eu esta no final do contrato, e ai solicitei ao Sr. Anderson Diretor desta empresa , e mudei a garantia dos valores, e os recebíveis agora caem em minha conta, mas agora, sobrou um vácuo de tempo e valores, que está me prejudicando muito
      Agora, estou com muitos problemas financeiros devido este ocorrido, tenho uma divida com o Banco dos Srs. Impagável e dividas com meus fornecedores, por causa de um gerente, o excesso de confiança nas pessoas que presta serviços a este Banco
      Gostaria de ter todos os valores debitados em minha conta corrente e o cancelamentos dos contratos feito após todos estes ocorridos, pois o valor da divida era de R$ 11.054,00 os recebíveis na época, era de mais de R$ 10,000,00 e com todos os débitos apresentados em meus estratos bancários, eu poderia pagar estes valores, a vista , se o profissional de Vsa. me orientase. De imediato, agora eu tenho a minha EMPRESA FALIDA, POR MA ADMINISTRAÇÃO DE UMA INTUIÇÃO FINACEIRA, QUE MUDOU AS REGUAR DE UM CONTRATO, ME RESPONDE PORQUE EU TENHO 2 CONTAS ? PORQUE MEUS RECEBIVEIS FICAOU BLOQUIADOS, SE EU ESTAVA PAGANDO TODOS OS ENCARGOS, DO BANCO E OUTROS VALORES, EM SEUS VENCIMENTOS CORRETOS
      Por favor me resposta urgente que não sei a Atitude a Tomar, já fui orientado a levar o caso ao Banco Central, mas acho que não seria nescessario, e conto com a compreenção de Vsa, e o meu Historico bancario para solçicionar estes poblemas

    239. ELZA SILVA disse,

      14/06/2012 @ 19:41

      CARRO FINANCIADO PODE SER PENHORADO PARA PAGAR DIVIDA DE CARTAÕ DE CREDITO.

    240. MARIA HELENA NERES disse,

      17/06/2012 @ 17:05

      BOA TARDE. TENHO UMA DIVIDA NO BANCO ITAU . FOI EMPRESTIMO ANO DE 2006 QUE PEGUEI 3.OOO.00 REAIS AGORA ESTA EM 99.857.83. EU NAO TIVE JEITO DE PAGAR MAIS. SO TENHO MEU SALARIODE PROFESSORA E TENHO UM APT. SO A ESCRITURA NAO PODE SO COMPRA E VENDA..TENHO UM CARRO EM MEU NOME JA PAGO…TIVE UMA NOTIFICACAO EXTRAJUDICIAL DIZENDO QUE VAI PENHORAR MEUS BENS ISSO E POSSIVEL.. ESTOU APAVORADA O MEU SALARIO NAO DA PARA PAGAR NUNCA . OBRIGADA

    241. Kelly disse,

      18/06/2012 @ 22:22

      Olá. Precisei usar o limite da minha conta na caixa economica e não pude devolver ainda, eu e meu noivo fizemos um financiamento de imovel, que esta no nome dos dois. Gostaria de saber se a caixa pode tomar meu apartamento, a divida é de 579,00.Já recebi uma cartinha dizendo q meu nome esta no serasa. Por favor! Estou com medo nunca tive problemas com o banco e pretendo pagar, só não posso agora!Obrigado desde já agradeço.

    242. Cristiane marie Pontes disse,

      22/06/2012 @ 11:48

      Ola…tenho uma divida com o banco do Brasil em nome da empresa, que esta no meu nome e no nome do meu compranheiro…como nao somos casados..eu tenho um imovel em meu nome e ele tem outro no nome dele, este a ex esposa e os dois filhos usam como moradia, o banco pode pedir algum imovel, sendo que os dois sao para moradia, mesmo um dos imoveis senod usado pela ex esposa???

      fico no seu gauardo,

      grata

      Cristina

    243. Fernando Pessoa disse,

      23/06/2012 @ 12:02

      Bom Dia, Tenho uma Divida de um curso no qual me matriculei na internet, o mesmo cobraria o valor no meu cartão de credito todos os meses(Valor da Parcela). Não pude mais pagar,pois meu cartão foi cancelado, e eles me ligaram cobrando dizendo que meu CPF iria ficar sujo na praça e/ou iriam entrar com uma cobrança juridica, quero entender mais sobre isso e saber o que pode aconntecer com meu nome, eu corro perigo de perder bens ? Fico no Aguardo . Muito Obrigado

    244. Fernando Cesar disse,

      27/06/2012 @ 17:30

      Boa tarde, tenho uma dívida com um banco em nome de pessoa jurídica em que eu fazia parte no contrato no valor de aprox. 60.000,00, o valor principal era de 6.000,0 a 4 anos atras, tenho um carro de 11.000,00, eles podem penhora-lo?

      Grato.

    245. Daniel disse,

      27/06/2012 @ 22:13

      Ola
      Tenho uma divida de mais 50 mil no Bradeso e Banco do Brasil pertinentes a cartao de credito, emprestimo e cheque especial, alem disso estou com um valor alto em uma conta corrente em outro banco. Els me ligam diariamente de empresas de cobrança. É possivel apreenderem meu dinheiro sem aviso previo ou ação judicial?
      Obrigado

    246. Érica disse,

      01/07/2012 @ 18:42

      Tenho uma duvida.
      Meu tio tem uma divida de trinta mil relativo a emprestimo no banco Itau de 2010. O banco o acionou na justiça e minha tia, esposa dele, recebeu a citação, mas ele não tem nada no nome dele. Eles tem dois imoveis, um já esta quitado e no nome da minha tia e o outro foi financiado pela caixa e tb esta no nome da minha tia mais no nome dela de solteira e eles tem um carro que está no nome de uma das filhas dele. Minhas perguntas são: Mesmo ele sendo citado e nao apresentando contestação (rito ordinário) o juiz pode decretar penhora de oficio ou ele irá requer em despacho que o banco solicite a penhora? Eles podem penhorar esses bens que estao no nome da esposa e da filha? Caso não possa, eles podem penhorar o que tem dentro da residencia onde eles moram, como eletrodomesticos, eletro eletronicos???

      Gostaria de uma resposta com urgencia.

      Obrigada!

    247. ROSEMAIRE disse,

      01/07/2012 @ 21:46

      Boa Noite

      Minha mãe foi fiadora (imovel) alguns anos atras para meu irmão, porem o contrato nunca foi renovado, a imobiliaria alega que contrato e renovado automaticamente, porem a 07 anos meu irmão separou da minha cunhada e mesma não pagou aluguel estava no nome dele, foi pra justiça e agora minha mae corre risco de perder a casa dela, a justiça pode tirar o unico imovel que ela tem já com 72 anos para penhorar e pagar essa divida? Aguardo resposta

      Obrigada!
      .

    248. angelica disse,

      02/07/2012 @ 16:02

      tenho uma duvuda já perguntei para varias pessoas mais elas não mim deram resposta, quero saber sobre um acordo que fiz de R$1000.00 reias sendo que vou ficar por dois meses sem dinheiro,para pagar agua e luz e alimentação sou obrigada a pagar sim ou não porqu

    249. Susana disse,

      08/07/2012 @ 10:20

      Boa tarde,sou fiadora de um carro,não está a ser pago,já vai em 17mil euros com juros,poderia-me informar,as consequências e em quanto tempo leva a subscrever a divida.obrigada

    250. GEANE disse,

      18/07/2012 @ 18:06

      Boa tarde, meu esposo tem uma pequena empresa e tem dividas com o banco, que inda não conseguimos pagar, recebemos uma ligação do judicial, para negociação mais inda não da pra nós pagar esse valor. queria saber se nós apresentar uma proposta com nossas condições eles eles não saõ obrigados aceitar??

    251. cristiano ferreira bento dos santos disse,

      25/07/2012 @ 23:35

      gostaria de um esclarecimento ou que eu posso fazer comprei um carro ja estou com ele a um ano e tres mes e não passei para o meu nome mais ja esta quitado mais o proprietario comprou dois carro financiado e não consegiu pagar e ele foi no banco e penhorou os dois carros que ele comprou so que apareceu o meu carro no nome dele o que eu posso fazer para nao perde o meu carro pos não devo nada para ele e nen para o banco ainda tem como passar para o meu nome ele deu entrada 02/07/2012

    252. Eder disse,

      02/08/2012 @ 19:47

      Prezado,
      Primeiramente parabéns pela matéria sobre bens penhoráveis, em toda a internet foi o texto mais esclarecedor que achei, e acredito que ajudou muitas pessoas, mas vamos lá ao meu caso, tenho uma dívida no Banco Itaú do ano de 2008, na época peguei desses empréstimos oferecidos no caixa eletrônico, mais ou menos R$ 2000,00 (acho que até menos), paguei algumas prestações, mas depois não consegui mais pagar devido ao desemprego de minha esposa e nascimento do meu filho, uns 2 anos depois a dívida já estava em R$ 11000,00, mudei de endereço (moro de aluguel), então nunca mais recebi nenhuma carta ou telefone, já que não atualizei meus dados junto ao banco. Agora comprei uma moto no valor aproximado de R$ 4000,00, uso para me locomover ao trabalho, corro o risco do banco querer penhorar minha moto?. (não tenho nenhum outro bem). Desde já agradeço pelo espaço, e se puder me responder me ajudaria muito a tomar uma decisão!!!

    253. Eliézer disse,

      06/08/2012 @ 13:08

      Ola tenho uma dívida com o Santander de 11000 e recebi uma carta do Cartorio de Ofício uma notificação Extrajudicial, eu posso ter algum bem penhorado ???

    254. Margareth Rodrigues disse,

      07/08/2012 @ 0:44

      Tenho um processo desde 2002, pelo qual meu veículo foi apreendido indevidamente, pois nuncca devi nenhuma prestação, tudo foi confusão do banco. Resumindo financiei descobri q fizeram taxa errada, o banco ficou de fazer outro carnê no dia do venc da segunda pois a 1ª havia pago no vencimento á mais pois o juros era maior do q o contratado o carnê n veio, reclamei e o carne foi confeccionado 10 dias depois do venc, quando fui pagar queriam me cobrar juros e n aceitei ai foi uma briga e acabei abrindo um processo e depositei em juizo a segunda e a terceira, apos isso paguei em dia, 18 meses depois meu veiculo foi apreendido alegando q nunca havia pago nenhuma mensalidade, depois de seis meses reavi meu veiculo por ordem judicial pois o juiz viu o erro do banco e mandou eu entrar com um processo de indenização por danos morais pois meu marido ficou com o nome sujo por 1 ano e meio e materiais pois fiquei 6 meses sem o veiculo e continuei pagando o mesmo regiamente no vencimento mesmo sem te-lo. Bom… só sei q no fim de anos de briga perdi a causa, não sei como e agora virei REU como pode!!! o banco esta tentando tirar de mim o q pode só q n tenho mais nada, e n sei o q fazer já estou cansada, pois n tive culpa o banco fez uma bagunça tremenda, e o juiz n olhou o processo corretamente por ser grande e meu adv n ajudou informando as pag para facilitar . Agora fico como? não posso comprar nem outro carro no meu nome pq tenho receio q eles tomem de mim. QUE PAÍS É ESSE.

    255. PAULO FIELDS disse,

      08/08/2012 @ 17:12

      Carissimos,

      Tenho uma divida de cartao de credito que era na casa dos 20.000 reais e hoje , um ano depois eles mandaram uma cartao dizendo que a divida está em 166.000 mil Reais. Nao tenho como pagar.
      MINHA DUVIDA, tenho uma conta poupança em outro banco conjunta com a minha mae , onde guardo para emergencia 6000.00 reais, e um dinheiro meu e de mamae, voces creem que o banco pode requisitar esse dinheiro para a amortizaçao do meu debito ? MUITO OBRIGADO , O SEU SITE É OTIMO !! PAULO FIELDS

    256. MARIANA FRANCO ANTUNES MACIEL disse,

      09/08/2012 @ 10:18

      Olá, bom dia… poderia me esclarecer uma duvida, estou sendo sofrendo uma execução fiscal por um sindicato de representantes comerciais do estado de góias, e no dia 08/08/2012 a faze é aguardando porvidencia da escrevania pra expedir mandado digo, ag. efetuar penehora on line, e se eu depositar uma quantia digamos de 17.000,00 na minha conta poupança ele poderá ser penhorado ou não… moro de aluguel, não tenho nda no meu nome, não tenho nda estou desempregada, e ele podem levar as coisas da minha ksa com, eu tenho 2 tvs, mas uma está estragada, tenho um tanquinho e ganhei uma maquina de levar e tenho um computador.. esses bens ele podem levar como penhora.. ME RESPONDA POR FAVOR… SOU CRUA NESSES ASSUNTOS E PRECISO DORMIR A NOITE..

    257. milene disse,

      14/08/2012 @ 20:07

      Oi boa noite! Por favor preciso de uma resposta,eu estou com divida com cartões de credito do banco caixa economica,e recebi uma notificação extra judicial onde informa que se eu não pagar entrará com ação do art. 652 informando que irá penhorar bens ,onde eu não tenho.Deixei de pagar a divida devido ter arrumado um emprego onde tive só dor de cabeça com salario atraso e que descontava quase meu salario inteiro que era um sálario minimo,e agora estou desempregada ,gravida e sem condições de financiar um real por mês.Por favor o que pode acontecer comigo??? Desde obrigada!!!

    258. carlos alberto pedrassani disse,

      18/08/2012 @ 16:59

      fui condenado a pagar uma quantia a uma es namorada por danos morais nao possuo na em nome a não ser minha aposentadoria por invalidez visual e sofro de depressao gostaria de saber o meu salario pode ser penhora ou nao não possuo conta corrente nen poupança retiro meu salario com um cartão que o inss me forneceu

    259. katia disse,

      19/08/2012 @ 20:04

      TENHO MEU NOME NO SPC NA LOSANGO A MAIS DE 9 ANOS,QUANDO EMPRESTEI MEU NOME E NÃO PUDE PAGAR UMA DIVIDA QUE N ÃO ESTAVA NO MEU ORÇAMENTO DE SALÁRIO. A LOSANGO MANDA CARTAS COM AMEAÇAS JUDICIAIS.NA CARTA DIZ ASSIM
      EXTRA JUDICIAL.
      GOSTARIA MUITO DE SABER SE POSSO PROCESSAR A LOSANGO POR ESSA ATITUDE.
      DE UNS TEMPOS PRA CA MANDAM CARTAS DESSA NATUREZA.
      AGRADEÇO AJUDA DE TODOS.

    260. vilma gomes disse,

      20/08/2012 @ 17:21

      Estou desempregada a 4 meses vivendo de bico para sobreviver.
      Estou com o nome no SERASA e SPC, sou aposentada mas o que recebo e para pagar os emprestimos consignados que fiz no banco, ou seja nao estou usufruindo do salario da aposentadoria.
      Durante esse periodo que estou desempregada não estou pagando nenhuma divida principalmente dos cartoes de crédito e estou recebendo carta do banco itau dizendo que caso nao faça acordo meus bens serão penhorados. Os bens que possuo são apenas os moveis da casa.
      Por favor me ajude estou desesperada, pois nao sei o que fazer. Pra ser bem sincera nesse exato momento estou com apenas R$ 4,00 reais na carteira. Me ajude por favor…
      Tenho 50 anos de idade e tenho apenas o colegial completo e esta dificil conseguir um bom emprego, pois pedem curso universitario e idade também avançada acaba atrapalhando.
      Infelizmente sou considerada no mercado de trabalho velha mas para me aposentar e ter perdas no calculo para receber sou nova dando prejuizo para o governo tendo uma perda em torno de 45% perto do salario que recebia.
      Por favor, leia meu comentario ou minha historia e dê um retorno.
      desde ja agradeço.

    261. Fabio Silva disse,

      23/08/2012 @ 18:29

      Boa tarde!
      Tinha uma empresa (mercado) em meu nome e fechei com uma divida no banco santader, ate o momento recebi uma carta disendo que o meu nome esta no serasa. sendo que a unica coisa que tenho em meu nome é a cardeneta de popança da caixa, esta no fisico e casa propria. A minha pergunta é. Posso ser processado e perder o que tenho em meu nome?

    262. obina disse,

      25/08/2012 @ 21:53

      boa noite estou devendo uns 20 mil ao banco e sem condicoes de pagar …mesmo eu estando trabalhando nao sobra nada ,,pois tenho 3 filhos , esposa , e nao esta sobrando nada ,,,pois minhas despezas sao alta ,,,so que o banco fica ligando varias vezes ao dia para mim e ou parentes …..o que pode acontecer se eu nao pagar ..posso ser preso….pois sou trabalhador com familia para cuidar e sustentar ….atenciosamente ..aguardo resposta

    263. MONICA VIEIRA disse,

      29/08/2012 @ 18:04

      BOA TARDE MEU MARIDO DEVE 11.000,00 PARA UM BANCO EM SEU NOME JURIDICO, MAS O BANCO ENTROU NA JUSTIÇA COM O NOME JURIDICO E FISICO DELE , E ELE ESTA PARA GANHAR 2 CAUSAS TRABALHISTAS O JUIZ PODE PENHORAR ESSES VALORES PARA SALDAR A DIVIDA COM O BANCO , DETALHE MEU MARIDO NUNCA FOI COMUNICADO DESTE PROCESSO SÓ SABEMOS PQ CONSULTAMOS O TJ. GRATA

      MONICA

    264. alex disse,

      06/09/2012 @ 21:26

      Tenho o nome negativado por mais de um credor, denter eles o Itaú que colocou por um atraso no pagamento de um leasing automotivo. Fiz um acordo com o escritório de cobrança que representava o Itaú e quitei antecipadamente o financiamento do carro ( venceria em outubro e quitei em agosto dia 15) porém quando puxei um nada consta para ver quais as pendências financeiras que ainda tenho no spc dia 05/09 ainda consta o registro pelo Itaú. Minha dúvida é: Mesmo eu ainda tendo nome no SPC, posso requerer na justiça alguma indenização ao Itaú por não cumprir o que diz o código de defesa do consumidor?

    265. Vania Gomes disse,

      10/09/2012 @ 14:22

      Boa tarde,tenho uma divida com o banco que deve chegar aos 30 mil ,eles estão me ameaçando em tomar meu carro que é meu único bem,eles podem fazer isso? A divida é de cartões de créditos e limites lins.Obrigada.

    266. Wagner Cordeiro Santos disse,

      17/09/2012 @ 0:41

      Amigos, quero confessar a vcs, estou quase q arruinado financeiramente, devendo a bancos, emprestimos e cartões de credito. Sempre fui muito aplicado, mais desandei e quero pagar mais não tenho condições nem tão cedo nem de negociar. Minha pergunta é….não tenho casa propria, ja descarta ela ser tirada, tenho um carro e ta financiando ainda falta 48 parcela, esse tb ainda n é meu… a unica coisa que tenho é uma pequeníssima oficina de celular (tenho cnpj) q so tenho um computador, as pequenas ferramentas, e vendo bateria, carregador, campinhas essas besteirinhas que nem compro com nota so nos vendedores de balcão, so q é a minha unica fonte de renda que alimento minha familia, n tenho outra renda, eles podem tomar minha lojinha?levar minhas pouquíssimas mercadorias? ja que é a unica coisa q verdadeiramente tenho, repito é a unica fonte de renda minha e mais nada pra n morrer de fome.
      POSSO FICAR SEM MINHAS MERCADORIAS ?

    267. Edson Alves Sant Anna disse,

      17/09/2012 @ 20:38

      Boa noite, tenho uma divida no Banco Itau de aproximadamente 30 mil Reais, e agora estou recebendo uma notificação extrajudicial. Estou preocupado pois não sei oque fazer, não tenho condiçoes de pagar essa divida pois estou desempregado….

    268. jane da silva gadis disse,

      23/09/2012 @ 15:18

      meu esposo fez empréstimo com o itaú e não conseguimos pagar as parcela, temos o carro financiado pelo mesmo banco porém está só com uma parcela atrasada, temos conta jurídica no mesmo banco a conta está em dia, mas quando ele foi parcelar a dívida com o cheque especial da conta física, tiraram o cheque especial da conta jurídica sem nos informar, acabaram voltando cheques que tivemos que correr atrás, a conta jurídica está em dia mas enviei boleto pros clientes através dessa conta vi que alguns foram dado baixa porém o dinheiro não entrou na minha conta, será que resgataram o dinheiro para pagar a dívida, eles podem fazer isso, somo s sócios da empresa e temos conta conjunta na física, o que faço?

    269. jane da silva gadis disse,

      23/09/2012 @ 15:20

      Eles podem nos tirar o carro por causa dessas dívidas mesmo ele estando quase em dia?

    270. Rose disse,

      25/09/2012 @ 10:51

      vejam que absurdo, meu esposo deve para o banco itau , entre lins e empréstimo há 5 anos, um valor que era de 5000,00. ultimamente, empresas de cobrança nos ligar frequentemente propondo acordo no total de 58.000,00 – se meu esposo não pode pagar 5.000,00 como poderá pagar 58.000,00. isso só pode ser piada do itáu. obs: ele já compareceu na agencia para pagar somente o que deve e não houve acordo, pediu um extrato para averiguação das cobranças e eles negaram.

    271. pedro disse,

      25/09/2012 @ 10:53

      vejam que absurdo, devo para o banco itau , entre lins e empréstimo há 5 anos, um valor que era de 5000,00. ultimamente, empresas de cobrança nos ligar frequentemente propondo acordo no total de 58.000,00 – se não posso pagar 5.000,00 como poderá pagar 58.000,00. isso só pode ser piada do itáu. obs: ele já compareceu na agencia para pagar somente o que deve e não houve acordo, pediu um extrato para averiguação das cobranças e eles negaram.

    272. bruno disse,

      25/09/2012 @ 18:33

      no caso de limite, se eu não pagar, eles podem tomar meus bens?

    273. JANE disse,

      26/09/2012 @ 15:03

      BOA TARDE
      TENHO UMA DIVIDA EM UM BANCO E NO MOMENTO A NEGOCIAÇAO QUE ELES ME FAZEM E MUITO ALTA OS JUROS DOBRAM OS VALORES, QDO ABRI A CONTA ERA SOCIA DE UMA EMPRESA E HJ NAO SOU MAIS A QUASE 2 ANOS E AMINHA DIVIDA ESTA EM ATRASO A 4 MESES, ELES DIZEM Q VOU PREJUDICAR ESSA EMPRESA QUE ERA SOCIA TB…ELES PODEM FAZER ISSO?

    274. ROBSON disse,

      28/09/2012 @ 9:54

      BOM DIA . COMPREI UMA TV NAS CASAS BAHIA E NÃO CONSEGUI PAGAR AS PARCELAS . ELES PODEM RETIRARA MERCADORIA EM MINHA CASA (BUSCA E APREENSÃO ) ? OBRIGADO .

    275. paulo sergio machado baptista disse,

      01/10/2012 @ 14:14

      Sou o nu proprietário, de um imóvel no centro de uma cidade da grande porto alegre. Este imóvel existe um usofruto em nome da minha madastra que reside no local. Posso penhora-lo assim mesmo?

    276. maria inacia cardoso disse,

      01/10/2012 @ 21:56

      Olá boa noite. Gostei bastante de ter encontrado estas mensagens bem no momento em que eu queria resolver um problema com o BB. Por este motivo é que resolvi perguntar se o banco tem o direito de não querer fazer a tal quebra de exclusividade? primeiro: eles alegam que o meu órgão fez um convenio com a nossa folha com B. brasil e com isso eles se acham com direito nos monopolisar, nos escravisar, chantagiar, a pergunta é; está certo isto? por favor me ajudem, o que é que eu faço, onde eu vou buscar as providencias; será que é BC OU NO PROCON?
      aguardando suas respostas. INÁCIA DO DF

    277. Edvan do carmo silva disse,

      03/10/2012 @ 18:07

      eu tenho uma divida no banco badresco 6000 reais eles podem mandar um oficial de justiça ma minha casa

    278. douglas disse,

      04/10/2012 @ 19:38

      queria tirar duvida , meu irmao teve a conta bloqueada pelo bacen jud por um debito que o mesmo tem em banco onde os recursos sao do BNDES,eles aprisionaram todo os valores que estava na conta do mesmo… eles estao prejudicando o mesmo pois o dinheiro q recebe é para subsistencia e pagamento de contas essenciais luz,agua…comida! ele pode entrar com procsso sobre essa financeira já que é uma terceirizada E RECEBE RECURSOS DE OUTRO BANCO. Ja que o mesmo ja havia feito uma proposta a 12meses de pagar sua parte na divida e a financeira não aceitou…. são tres pssoas integrantes no emprestimo.

    279. Tainá disse,

      24/11/2012 @ 20:36

      Parabéns pelo ótimo artigo! Me tranquilizou bastante!

    280. nanci aparecida marque disse,

      01/12/2012 @ 18:04

      DR.POR GENTILEZA, SOU CLIENTE BRADESCO DESDE 01/2002, E ABRI C/C HA 6 MESES AG.BRADESCO, ONDE LEVEI MEUS DOCUMETOS E DEIXEI A MINHA APOSENT.INVALIDEZ E PENSÃO DO MEU FALECIDO, BEM COMO UM ALUGUEL 2.000, SENDO ESTE DOADO COMO HERANÇA DO MEU FALECIDO QUE AINDA ESTA EM TRAMITE NA RECEITA FEDERAL, É UMA AREA AFORAMENTO, PERTENCE A UNIÃO – ALPHAVILLE. GOSTARIA SABER SE ELES PODEM MEXERALGUNS DESTESA VALORES PARA PAGAR A DIVIDA , SÓ DEVO 5.000, EMPREST.PESSOAL, 36 X PRE-FIXADAS, ACHEI ABSURDO 3 ANOS PARA PAGAR SENDO QUE NÃO TENHO MARGEM MAIS PARA EMPREST.INSS. NO INSS DEVO 14.000, NA ÉPOCA MEU FALECIDO DEIXOU DINHEIRO E OUTROS E IRMÃ PEGOU SOMENTE FICANDO 1 SALA, VALOR VENAL 349.000, S´PO PODE VENDER COM AUTORIZAÇÃO GOV.FEDERAL,
      E AGORA PASSEI MINHAS APOSENTADOPRIAS DE VOLTA P/BCO.BRASIL SEM O BANCO SABER E O ALUGUEL , PEDI INQUILINA DEP. COMO ANTES POUPANÇA CX.FEDERAL., POIS O BANCO TIROU MUITO DINHEIRO DE MIM,
      MEU LIMITE CH.PESSOAL E ESPECIAL 500 CADA, E CARTÃO 1 VISA 1.000, E OUTRO 700,00 MASTER.
      SÓ QUE ELES NÃO SE BASEIAM NA SALA ALPHAVILLE NEM ENTRA NA PROGRAMAÇÃO LANÇAMENTOS FUTUROS.
      PODEM FAZER ALGO CONTRA MIM?????????????? DEVO AO INSS E NÃO AO BRADESCO EMPRESTIMO CONSIGNADO. SÓ ATÉ O MOMENTO NÃO SABEM QUE TRANSFERIR.
      AGUARDO POR GENTILEZA UM ESCLARECIMENTO.
      NANCI

    281. Ricardo Ribeiro disse,

      28/12/2012 @ 13:08

      Boa tarde

      Estou com uma Divida no HSBC +ou – 10mil CC e CH especial

      Recebi uma carta de uma empresa de cobrança dizendo que se eu nao me manisfetsar em 3 dias vao entrar com ação de penhor, eles podem fazer isso ou é só ameaça ?

      att

      Ricardo Ribeiro

    282. Marcos Antonyo disse,

      29/12/2012 @ 11:46

      Ricardo,

      Fique tranquilo. Na teoria até podem fazer isso, mas, na prática não farão. Trata-se apenas de ameaça para apavorar e intimidá-lo. Esse é o artifício que usam para ganhar a parte deles. – Fale para essa empresa que nada deve para ela, deve sim para o banco e irá procurá-lo, quando do seu interesse for, para negociar sua dívida e pagá-la. – E quando se reportar ao banco solicite tudo por escrito e guarde uma via com recibo da agência.

      Marcos Antonyo Lima

    283. Angel disse,

      09/01/2013 @ 0:32

      por favor estou muito triste meu marido foi pegando financiamento em banco e fez dividas alticimas perto de 100000,00 com juros alto isso foi comendo tds os nossos bens e a dividas permanesse ai tenho em meu nome uns bens, so q a dividas se tornou impagavel se eu parar de pagar eu tomam esse bens? tenho filhos pra na faculdade preciso me manter como posso fazer? urgente

    284. Ana disse,

      12/02/2013 @ 3:36

      Olá! Em 2010 peguei emprestimos no Bco. Itaú ( aqueles que fazemos direto no caixa eletrõnico) no tatal de R$ 7000,00. Paguei as parcelas até início de 2011. Fiquei desempregada e não paguei mais as parcelas e fiquei devendo no cartão de credito e o limite do Lis. A 7 meses recebi uma carta do banco dizendo que iriam me processar e fazer penhora de bens. A dois dias atrás recebi um mensagem via celular do banco dizendo que se não retornasse a ligação em 2 horas, eles iriam me acessar judicialmente e entrariam com penhora de bens… Sou casada com separação total de bens e tenho uma casa em outro estado que ficou de herança para mim e irmãos… Eles podem penhorara minha casa no outro estado e tb penhorar objetos da minha casa daqui ? Tudo de dentro da minha casa foi comprado por meu marido. Continuo sem trabalhar e infelizmente não tenho nenhuma condição de fazer qualquer tipo de acordo para pagamento desta dívida! O que faço????? Não durmo mais de tanto desespero! Se meu marido sabe …. acho que ele pede a separação!!!!! Ele é como tb deveria ser: corretíssimo!!!!! o que faço!!!!!!

    285. Marcos Antonyo disse,

      12/02/2013 @ 13:14

      Ana,

      Não se preocupe, o banco nada fará além de ameaçar. – Um processo de penhora é demorado e o juiz valida ampla condição para você se defender. Não dê atenção e deixe esses puxa-saco de banqueiro fazer o barulho que quiserem. Quando puder procure o banco e faça sua proposta para pagar o que deve. Não se sinta culpada por ter ficado desempregada. Dever não é crime. – Bancos, esses sim cometem crimes contra os consumidores dos seus serviços…! Boa sorte!

      Marcos Antonyo Lima
      Escravosdosbancos.com.br

    286. edivan disse,

      18/02/2013 @ 20:46

      fiz um emprestimo no valor de 38000 reais, paguei 8 prestaçoes no valor de 1557 reais, nao estou mais em condiçoes de pagar, faltam 28 parcelas, sera que o oficial de justiça vai cobrar na minha casa, não sou caloteiro, simplesmente confiei demais.

    287. Marcos Antonyo disse,

      19/02/2013 @ 14:55

      Edivan,

      Ë possivel que um oficial de justiça venha bater à sua porta, mas antes disso, o banco vai infernizar a sua vida. – Pode esperar. Boa sorte.

      Marcos Antonyo Lima
      Escravosdosbancos.com.br

    288. jonathan disse,

      20/02/2013 @ 20:20

      ola, minha esposa possui uma divida com banco mais essa divida não passa de 2 mil reais caso ela não venha a pagar o que pode acontecer???
      (obs: éla não é casada e não tem nada em seu nome ).

    289. vagner reinold disse,

      22/02/2013 @ 1:07

      em 2010 fui na caixa economica para pegar construcard no valor de 18 mil, mas não tive condição de pagar tudo. em 2011 apareceu um oficial de justiça com eecução de pagamento e senão iria penhorar um bem móvel. mas não nada em nome como -carro ou moto . só a casa que fiz . procurei um defensor público da união e o processo está até na 3 vara federal parado . queria saber se o carro da minha mulher pode ser penhorado por que somos casados em comunhão de bens e foi comprado depois do empréstimo,mas quando eu peguei o dinheiro só declarei a minha renda . agradeço por me ajudar e saber dos meus direitos.

    290. Marcos disse,

      25/02/2013 @ 11:33

      Vagner,

      Relaxe, não perca seu sono por atecipação. Verá que certamente o juiz trará uma solução surpeendente para você. Boa sorte.

      Marcos Antonyo Lima
      Escravosdosbancos.com.br

    291. CATARINA disse,

      06/03/2013 @ 18:23

      Ola poderiam me ajudar? não sei se meu Email vai aparecer pra todos acho que só pra quem vê.
      Me ajuda estou na justiça por falta de pagar aluguel e condomínio, pois estou doente e n tenho como pagar, recebi um papel da justiça que se eu não pagar o que devo em 48 horas eles vão penhorar meus moveis porem não estão no meu nome,pediram que eu fosse na justiça conversar.O que devo fazer? me aconselha
      se eu for la vão me mandar sair? se eu não for pode ser ruim?

    292. Marcos Antonyo disse,

      06/03/2013 @ 19:47

      Catarina,

      Acho muito estranho a justiça mencionar em documento oficial que vai penhorar algo, e mais estranho ainda determinar quais bens seriam, sem antes validar o direito da reciprocidade. A Justiça não coage nem pressiona ninguém, ela valida direitos e semeia igualdade. – Talves você tenha sido notificada pelo credor de forma coercitiva e se passando por “justiça”, no intuito de pressioná-la, sugerindo se não providenciar solução o mesmo vai acioná-la nos tribunais. – Aconselho entrar em contato com essa “justiça”, na tentativa de identificá-la, e, dependendo de qual seja ela procure um profissional da área para interceder em defesa dos seus interesses. – Boa sorte.

      Marcos Antonyo Lima
      Escravosdosbancos.com.br

    293. CATARINA disse,

      06/03/2013 @ 20:06

      Ola poderiam me ajudar? não sei se meu Email vai aparecer pra todos acho que só pra quem vê.
      Me ajuda estou na justiça por falta de pagar aluguel e condomínio, pois estou doente e n tenho como pagar, recebi um papel da justiça que se eu não pagar o que devo em 48 horas eles vão penhorar meus moveis porem não estão no meu nome,pediram que eu fosse na justiça conversar.O que devo fazer? me aconselha
      se eu for la vão me mandar sair? se eu não for pode ser ruim?

      E se os moveis não tiver no meu nome? e sim no nome do marido posso perde los? e se colocarão meu nome errado na justiça? devo mesmo assim comparecer la pra fazer um acordo?

    294. andre disse,

      08/03/2013 @ 13:59

      estou financiando um caminhão a concepcionária pediu o numero do CPF da minha esposa afirmando que e só porque nos somos casados e precisa constar os documentos dela. Ela não assinou nada. Queria saber se ela é devedora solidaria minha ? Obrigado

    295. Marco Antobio disse,

      14/03/2013 @ 10:06

      Bom dia, passei em um concurso publico em uma prefeitura do interior e já fiz a pericia portanto começo trabalhar logo porem, no passado tive uma empresa que consequentemente me criou uma ação trabalhista por um dos funcionários e foi decretado que tenho de pagar, a minha pergunta é, a prefeitura vai depositar em conta meu salario certo… a justiça pode pega-lo como aresto de bens ? só vou ganhar R$847,00.

      Grato

    296. maxwel disse,

      14/03/2013 @ 15:55

      poque quando a gente deposita 1000 reais por mes o juros que rende e muito baixo, mas quando vc pega esse 1000 reais no imprestimo, vc paga o valor dobrado, esses banco e uma safadeza e aproveita dos momentos de dividas das pessoas para sugar a sua alma!

    297. JULIANA disse,

      30/03/2013 @ 16:36

      Boa Noite, meu nome é Juliana e eu estou apavorada, minha mãe faleceu e eu não paguei as contas dela do banco, até porque não tenho condições, 2 anos depois a caixa econômica e o citibank, me mandaram uma carta extra judicial… fui até o banco levei a certidão de óbito e disse que não pagaria a divida dela, pois nem tenho condições para isso, mas ele me informaram que sou obrigada a pagar e que já tem uma lei que me obriga a isso, caso ao contrario receberei a visita do oficial de justiça e tudo mais…. o valor da divida não passa de 5 mil (com juros), o que devo fazer?

    298. gilberto de castro lira disse,

      01/04/2013 @ 12:51

      Bom dia,
      Fis um cartao adiciional para minha mulher, e agora mim enrrolei e estou com uma divida no cartao, pois um colega comprou 2.500 no meu cartao e no momento nao estou podendo pagar,a divida era de 6.000 ja esta em 13.000. A minha mulher sera incluida tambem no Serasa. Mim ajude Dr;

    299. vinicius disse,

      27/04/2013 @ 11:20

      Bom dia , fiz alguns empréstimos no Banco Bradesco e totaliza hoje R$: 5.700 reais só que recebi uma ligação dizendo que o banco vai entrar na justiça contra mim , mandando assim um oficial de justiça na minha porta para penhorar meus bens, só que a duvida e o seguinte: Tenho um veiculo que esta no meu nome! e possível eles fazerem a penhora desse veiculo ou não?
      ou eu tenho que passar ele para o nome da minha esposa , ate porque ainda estou pagando o veiculo e a forma de pagamento e leasing. Grato e aguardo respostas.

    300. Ana disse,

      27/04/2013 @ 12:19

      Olá!
      Estou com dívidas no banco Itaú. Isso tem quase 03 anos. Já recebi várias ligações, ameaça de penhora…
      Quero realmente pagar o que devo, mas ainda não consegui me recolocar no mercado de trabalho. Tive algumas oportunidades, mas acabaram não dando certo justamente por estar com o meu nome no cadastro de inadimplentes! Um Horror e um tormento par mim! Estou muito chateada!
      Gostaria do seguinte conselho: O que é mais vantajoso. Renegociar a dívida direta com o Banco (agencia), ou ir ao SERASA / SPC e fazer a negociação?
      Fico aguardando seu retorno, pois será de grande importância pra mim!
      Muito Obrigado.
      Ana

    301. Wagner disse,

      09/05/2013 @ 20:28

      Olá,

      Tenho uma divida com o Banco Itaú a mais de 11 meses que chega a R$ 80.000,00 ( o que eles estão cobrando), pois estou desempregado a mais de 1 ano. Tentei algumas negociações com o Banco (fiz carta de próprio punho e registrei em cartório), porem, nada foi feito pelo Banco. Hoje 09.05.2013 recebi uma carta do banco informando que irão manda um oficial de justiça na minha casa.. Quero pagar, porem o Banco não quer aceitar o que posso pagar.. Tenho somente um (1) bem que é a minha casa onde moro… Eles podem penhorar o meu imóvel ? Não tenho com pagar o que eles querem…

      Me ajude..

      Obrigado

      wagner

    302. Gustavo disse,

      31/05/2013 @ 12:16

      Este artigo vale para o ano de 2013 ou houve alterações na legislação?

    303. raimundo santos disse,

      11/06/2013 @ 9:17

      tenho uma divida na caixa e tem fiador ,nao tenho nada em meu nome ,
      nem o fiador ,a divida é de 22,00 mil nao posso pagar ,o que devo fazer pra tirar o fiador dessa divida,

    304. batista disse,

      02/07/2013 @ 12:21

      B.tarde
      Tentei ABRIR UM NEGOCIO PROPRIO COM UMA PESSOA, DePOIS DE UM TEMPO VENDI MINHA minha PARte, sendo que esta pessoa nao conseguiu pagar a munha parte. faliu e me deu cano!!HOJE ESTOU COM A DIVIDA NAS COSTAS, PQ. O DINHEIRO Q. ESPERARA Q. ME REPASSACE , SERIA PARA PAGAR BANCO, CSRTSO ,EMPRESTIMO. CHEGUEI ABRIR ATE B.O CONTRA ESTE EX-Socio por ESTELIONATO.

      TEntei negociar. . banco , um valor menor enada.. E CONTINUA CHEGANDO ESSAS AMEACAS, EXTRAJUDICIAL(VIA cARtORIO). TENHO UM IMOVEL EM MEU NOME, (UNICO BEM DA FAMILIA-MEU E DA MINHA ESPOSA) E fico preocupado, em. penhorarem o imovel.. CORRO ALGUM RISCO? Grato.

    305. CAMILA disse,

      02/07/2013 @ 23:11

      Boa noite!

      Estou com uma dívida no banco, e não estou conseguindo pagar..tenho um TERRENO em meu nome neste terreno construir uma casa, porém ainda não tem escritura…O banco pode penhorar?

    306. jacqueline lessa disse,

      03/07/2013 @ 15:45

      gostaria de uma orientaçao fiz um emprestimo no banco itau em 2010 20 mil e nao tive como pagar agora eles estao dizendo q vao tomar minha casa sendo q tenho 3 casas mas só uma tem escritura eles podem fazer isso mesmo?por favor preciso urgente de uma orientaçao obrigada

    307. Nathalia disse,

      03/07/2013 @ 20:50

      Boa noite,
      Fiz um emprestimo no Bradesco em 2010 para pagar a faculdade, porem fui demitida 3 meses depois e como eu era estagiária não recebi nada.
      Recebi hoje em minha casa a “visita” de um oficial de justiça me informandoque a divida esta em 32 mil. Informei que nao tenho bens em meu nome e que recebo somente 800 reais por mês.
      Ele me disse que se em 3 dias eu não fizer um acordo iriam bloquear minha conta corrente judicialmente e eu não conseguirei mais retirar meu pagamento.
      Gostaria de saber como isso funciona, quanto tempo tenho ainda até bloquearem minha conta.
      Estou realmente apavorada e não sei como proceder.
      Agradeço muito sua atenção.
      Obs. Tentei enviar a pergunta em contatos, mas não esta aceitando o envio.

    308. ALDO GONCALVES BATISTA disse,

      26/07/2013 @ 19:09

      Boa noite
      Estou meio sem rumo pois comprei um carro e descobri que o banco ( ITAU ) ESTAVA COBRANDO UMA TAXA EM MEU CARNE ABUSIVA
      RESOLVI PROCURAR UM ADVOGADO.
      ELE ENTROU COM UMA AÇÃO COMTRA O BANCO E ME INSTRUIU PARA QUE EU PARASE DE PAGAR AS PARCELAS
      POIS EM UM CERTO DIA BATEM EM MINHA PORTA UM OFICIAL DE JUSTIÇA COM DOIS CARROS DE POLICIA PARA LEVAR MEU CARRO
      MAS ATÉ AI EU NÃO RECEBI NENHUMA INTIMAÇAO
      O QUE DEVO FAZER ALGUEM ME AJUDA

    309. Markos Antonyo disse,

      29/07/2013 @ 15:09

      Caro Aldo,

      Você deve procurar o seu advogado.

      Marcos Antonyo Lima
      Escravosdosbancos.com.br

    310. Alexandre disse,

      30/07/2013 @ 13:49

      São de ótimas utilidades estas dicas.
      Pois as empresas de cobrança enviam estas cartinhas com juros altíssimos apavorando o cliente devedor.
      Cada caso é uma postura a ser tomada.
      Não aceite estas propostas com juros altos.
      Eu tinha uma divida no banco Santander de R$ 1000,00 e estavam me cobrando R$5000,00 é um absurdo.

    311. Diego Viana disse,

      30/07/2013 @ 14:11

      Olá, boa tarde!

      Gostaria que me ajudassem com uma duvida.

      Estou devendo o banco santander desde o ano passado cerca de R$6.000,00 ref. a cheque especial e cartão de crédito. A divida hoje (2013) gira em torno de R$9.000,00 empresas financeiras me mandam cartas para acordo com descontos que a divida cai para R$7.000,00. O problema é que estiver desempregado em todo esse tempo e só agora consegui emprego e ainda não estou com condições de negociar e etc. A duvida é, eu tenho um carro em meu nome, com preço médio de R$ 6.000,00, há a possibilidade deles penhorarem esse meu bem? como posso fazer para me defender? com quanto tempo eles podem me intimar? não posso ficar sem o carro, pois trabalho com ele…. Gostaria de saber se corro esse risco? já li na internet que só dividas grandes eles perdem esse tempo. Não considero a minha tão grande assim, é?

      Espero que possam me ajudar. Estou preocupado.

      Abraços

    312. andréia disse,

      31/07/2013 @ 9:33

      Bom dia douto comprei uma carro fiz um documento de compra e venda em cartório, mas não transferi, quan do fui transferir descobrir que o antigo dono tem uma divida de pensão alimentícia, e ficou preso por 30 dias , e não quer pagar a divida e pediram a execução dos bens , e como o carro ainda constava no nome dele, pediam a execução to desesperada o que eu faço, já que esse senhor não paga nada e nem ninguém.

    313. Gigi disse,

      21/08/2013 @ 18:30

      Percebo que tem pessoas aqui que gastaram demais como eu, depois não tem como pagar.

    314. Mona disse,

      21/08/2013 @ 21:29

      Olá… Um amigo me consultou sobre um caso meio fora da órbita. Ele devia um CONSTRCARD na Caixa, não pode pagar, a caixa entrou na justiça, mas faz um ano e meio que fez um acordo pagou uma parte e parcelou o restante, está pagando mediante débito em conta. Ocorre que essa semana foi surpreendido por um oficial de justiça que penhorou o carro a aplicou uma restrição no Detran. Cabe ação de Dano Moral?
      Obrigado.

    315. laudilene maria da silva disse,

      23/08/2013 @ 12:17

      COLOQUEI MINHA FILHA EM UM CURSO DE INGLES CHAMADO PEOPLE ,ERA MUITO RUIM PAGUEI O TEMPO QUE ELA ESTUDOU E NÃO FUI CANCELAR A MATRICULA , ISSO EM JANEIRO ,NEM LIGARAM PARA SABER POR QUE MINHA FILHA NÃO ESTAVA FREQUENTANDO ,AGORA CHEGA UMA CARTA DIZENDO QUE SE EU NÃO C
      COMPARECER ,VAI ENTRAR COM UMA AÇÃO DE PENHORA DE BENS, SENDO QUE NÃO FIQUEI DEVENDO NADA
      OS PROFESSORES NÃO ENSINAVAM NADA,

    316. Joel disse,

      03/09/2013 @ 21:53

      Boa noite, pode me informar como posso obter informaçoes sobre um imóvel que comprei a muitos anos, e agora que estou vendendo, apareceu uma clausula no registro da matricula que diz que o imóvel esta penhorado pelo banco do Brasil, onde posso obter informaçoes sobre esta penhora, obrigada

    317. sebastiao disse,

      05/09/2013 @ 20:10

      boa noite, agora sao 19:33 acabei de receber uma carta do banco,que eu tenho 48horas para pagar o que devo,sou aposentado,o banco me ofereceu,um emprestimo cosignado,com o inss,em 60 parcelas, ja tinha pago ametade, quando descobri,algo errado pelo jornal nacional,para os aposentado tomarem muita atençao com os bancos que dizem emprestimo cosignados mas nao sao,obrigam as pessoas fazerem conta corrente,se nao eles nao emprestao o dinheiro, com juros acimama do permeido,,,cosignaçao,com o inss o juros sao baixos porque e um dinheiro garantido,que ja vem descontado ////quando eu descobri que eu poderia ter pego na epoca 10.000reais e nao 5.000 ,fui ate o inss nao constava este emprestimo,descobri o golpe do banco,fui negociar com o banco,, quero que voces enserre minha conta corrente, e passe para poupança, minha aposentadoria, e tabem diminua o valor das parcelas, nao fizeram nem um dos 2. ??/?oque eu fiz.. pasei muinha aposentadoria para outro banco e recebo o salario completo, se fosse cosignaçao , nao receberia o completo/isto ja se completou 4 anos esete meses que estou com restriçao, fiquei sabendo agora que o banco vai empenhorar o que tenho.estou preocupado;

      ————————————————————————————————————————————————

      Sebastião,

      Fique tranquilo, a carta que recebeu do banco não significa nada..>> Banco não penhora nada de ninguém, só faz pressão, coação e prática de terrorismo psicológico sobre seus clientes em condição de vulnerabilidade. – Um processo de penhora de bens é complexo e conduzido por um juiz diplomado que certamente validará a parte do direito que lhe compete e, em tempo, você será notificado de maneira oficial, caso seja esse o destino do seu caso.- Durma em paz. Boa sorte.

      Marcos Antonyo Lima
      Escravosdosbancos.com.br

    318. Daiane viana disse,

      07/09/2013 @ 20:55

      Assinei um documento onde o meu marido era o avalista a empresa faliu e ficou uma divida de 80mil nobanco,e mesmo tendo assinado somente como conjuge o banco tambem mandou o meunom para o spc isso e permitido?

    319. Thayza disse,

      10/09/2013 @ 18:09

      Olá, eu devo uma dívida de cerca de 4.000 reais no banco itaú, e tenho uma moto que é financiada pela BV financeira, que não terminei de pagar, são 4 anos, paguei 2 anos já… Com essa dívida no banco itáu, se eu não quitar ou fizer uma renegociação o banco pode tomar a minha moto?
      ——————————————————————————————————————————————————
      Thayza,

      A moto não é sua e somente quem poderia tomá-la de você seria o dono de fato, quem a financiou, por falta de pagamento. – Neste caso o banco no qual possui outra dívida não pode mexer na moto. Boa sorte.

      Marcos Antonyo Lima
      Escravosdosbancos.com.br

    320. adriano disse,

      12/09/2013 @ 6:30

      senhor advogado estou aqui porque estou com medo fiz emprestimo no banco para tentar pagar meu cartao nao conseguir efetuar pagamento total devo cheque especial devo cartao de credito devo mais 13 mil reias no banco itau fiz um emprestimo . agora tenho medo de perder meu apartamento que comprei faz 7 anos e meu unico bem nao tenho outro sou sollteiro e nao tenho familia so minha mae que vive na casa dela eu tenho esse problema sera que pode passar alguma coisa tipo perder minha casa um apartamento 54 metros quadrados que fico no centro de campinas e agora nao sei que faco a unica couisa que tenho poderia me ajudar

    321. anderson disse,

      12/09/2013 @ 23:00

      ola tenho uma divida no banco santander de um emprestimo que eu fis já tem uns 5 anos, e não consegui pagar´. eu ganhei um veiculo em passei a documentação para o meu nome , e possível o anco entra com uma ação de penhora para adquirir este bens, já tendei fazer um acordo com o banco mas eles colocam um valor impossível de pagar. Qual o procedimento devo fazer para não perder este bens adquirido. Existe algumas financeiras que diminui os juros com credores e tiram sem nome do spc ou serasa em 24 horas isto e confiavel. Grato: Anderson aguardo sua ajuda.

    322. rocha_melo1@hotmail.com disse,

      13/09/2013 @ 15:00

      Tenho 3 cartões de crédito do banco Bradesco, por mais de 1 ano vinha pagando o minimo nem sempre em dia por falta de condições mesmo, ai chegou uma hora que tive que fazer um empréstimo para ver se conseguia parcelar as faturas, e o fiz, mais acabei me acidentando no trabalho e passei 3 meses pelo INSS, que foram suficientes para me afundar em dividas, ai continuei tentando de um jeito e de outro ir pagando o minimo, até que não tive mais condições, pois iria tirar do aluguel da casa ou da feira, e sem opção deixei de pagar, isso faz uns 3 meses, eles me ligam diariamente, várias vezes. E hoje recebi uma ligação de uma cobradora ao qual o banco passou minha divida, e eles me disseram que vão bloquear meus bens. Tô morrendo de medo, pois só tenho uma moto e um carro, e nenhum deles foi comprado pelo banco. Eles podem fazer isso? Minha divida está em mais de R$7.500,00 mais o que devo mesmo não chega a R$4.000 eu acho ou menos que isso, mas nem sei mais por conta de juros em cima de juros. O que devo fazer? Eles vão tomar minha moto e meu carro? Obrigada pela atenção desde já!

    323. DIEGO DA SILVA ROSA disse,

      13/09/2013 @ 18:12

      Olá, estou com uma divida alta no cartão de crédito e o banco Itaú está me cobrando já faz um tempo. Tenho um carro no nome de minha esposa adquirido após nosso casamento, o banco pode pedir a penhora desse veiculo?
      Obrigado!

    324. DIEGO DA SILVA ROSA disse,

      13/09/2013 @ 18:13

      Olá, estou com uma divida alta no cartão de crédito e o banco Itaú está me cobrando já faz um tempo. Tenho um carro no nome de minha esposa adquirido após nosso casamento, o banco pode pedir a penhora desse veiculo?
      Obrigado! .

    325. hellen disse,

      27/09/2013 @ 1:43

      Ola, preciso muito da ajuda de vcs.
      tirei a onus reais do imovel dos meus pais e apareceu uma penhora de 13.000, 00 de 2005 . Minha mae ia vender o apt . mais meu pai falou q a divida apos 10 anos caduca. E se vender o o credor ira ficar sabendo da divida e ira querer o dinheiro . Isso e verdade? A divida caduda apos 10 anos? Nao posso vender o imovel? Depois de 10 anos a divida some , quando eu tirar a onus reais depois de 10 anos ira sumir?
      Po favor me ajudem.

    326. Moreira disse,

      31/10/2013 @ 9:44

      Olá, estou com divida no banco já aproxima cerca de 21.000, e ouvir dizer que, o oficial de justiça virá me acionar. Esta divida refere-se a acordos em primeiro lugar empréstimos e depois acordos, até chegar este nível.
      Peço ajuda de voces

    327. Raphael Costa disse,

      22/11/2013 @ 10:43

      É por causa deste tipo de post que várias pessoas deixam de pagar suas contas. Nossa justiça é suja e nos dias de hoje pessoas não dão importância nem ao seu próprio nome ….

    328. maria disse,

      03/12/2013 @ 18:52

      Por favor, meu marido fez um financiamento de um carro, comprou no cartao de credito com meu nome que sou titular da conta, a conta e conjunta, gostaria de saber se meu nome e o dele vai para o spc ? E qual as providencias que devo tomar, pois ele trabalha e eu sou do lar, ele saiu de casa e nao quer efetuar oa divida. Por favor me ajude, diga o que devo fazer para saldar uma divida que nao e minha, e que fui injustiçada

    329. Juliana disse,

      11/12/2013 @ 14:18

      Meu pai tinha um bem penhorado por divida que estava devendo na receita federal faz mas de 5 anos isso, agora ele faleceu e deixou tudo enrolado eu nao sei resolver nada, gostaria de saber agora abrimos o inventario essa penhora pode ocorrer mesmo ele falecido, tem que esperar o inventario sair , como vai ficar isso?

    330. MARCELO disse,

      20/12/2013 @ 7:42

      BOM DIA.

      SOU AVALISTA DE UMA EMPRESA, QUE VEIO A QUEBRAR, O BANCO DO BRASIL ATRAVÉS DE UMA EMPRESA TERCEIRIZADA ESTA ME AMEAÇANDO, DIZENDO QUE VAI VIR A MINHA CASA COM FORÇA POLICIAL, SEI QUE ISSO É POUCO PROVÁVEL, A DÍVIDA TAMBÉM É PEQUENA, MAS MINHA PREOCUPAÇÃO É QUE MEU ÚNICO BEM É UM SOBRADO QUE CONSTRUÍ, MORO NO APARTAMENTO, MAS TENHO DUAS SALAS COMERCIAS EM BAIXO, ELES PODEM ME EXECUTAR DE ALGUMA FORMA POR CAUSA DESTAS SALAS COMERCIAS ? AGUARDO SUA AJUDA, OBRIGADO.
      ——————————————————————————————————————————–

      Marcelo,

      Dependendo do tamanho da dívida, por se tratar de pessoa jurídica, os bens que você possuir além do imóvel que mora com sua família ficam comprometidos, porém, um processo destes é demorado e o juiz concederá amplo direito de defesa e negociação.

      Quanto às ameaças, quem deveria fazer um Boletim de Ocorrência é você, pois, elas caracterizam crime, – isso é tortura psicológica. – Escritório nenhum de cobrança ou de advocacia detém de poder ou diploma jurídico para prender um cidadão consumidor por conta de dívidas. – Faça uma gravação e apresente as ameaças ao delegado local e guarde o material, pois, poderá ser útil diante de um juiz. Boa sorte.

      Marcos Antonyo Lima

    331. tatiana cristina disse,

      07/01/2014 @ 19:38

      boa noite ,o meu marido tem uma conta conjunta comigo na caixa ecomonica ,e outra sozinho no itau antes do nosso casamento, que eu não pude colocar o nome ,por causa de um emprestimo de familia que foi feito em 2003 e não terminamos de pagar ,sendo que meu nome já saiu do spc e serasa e só ficou no banco uma das dividas por que a outra eu consegui pagar ,mas o que vem em questão é ,que o meu esposo pegou um emprestimo de 100 mil no itau , para fazer uma obra em um terreno que compramos ,só que não esta dando para pagar a divida ,ainda não fizemos a escritura nem a obra do terreno , nos podemos perder o terreno ? devemos colocar no nome de quem ,no meu ou no dele ? * se quisermos vender a casa depois teria algum problema* ? ele também tem um taxi com autonomia e vaga que trabalha ,e uma casa que ele comprou pro filho ,que esta no nome dele ,esperando fazer o desmebramento e a escritura .o banco pode penhorar alguns desse bens ! me ajude !! obrigado desde já
      ——————————————————————————————————————————
      Tatiana,

      Todo bem que exceder o imóvel que abriga a família poderá ser submetido a um processo de penhora. Boa sorte.

      Marcos Antonyo Lima

    332. Cristiano disse,

      09/01/2014 @ 18:08

      Boa noite

      tenho um divida Conta Jurídica no Santander gostaria de saber se eles podem mandar penhorar meu carro é o único bem que tenho em meu nome.
      ——————————————————————————————————————————
      Meu Caro,

      A condição de ser o “único bem” protegido pela legislação e imune a penhora somente serve para “Imóvel”, quando de fato é – e nele o devedor mora com a família. – Em se tratando de outros bens e único imóvel que o devedor more sozinho a possibilidade de penhora é real. Boa sorte.

      Marcos Antonyo Lima

    333. Adriano disse,

      11/01/2014 @ 9:51

      Olá bom dia, estou desesperado e preciso de uma orientação, um amigo me emprestou R$ 16.000,00 para pagar dividas que acumulei, pois bem mais esse amigo precisava desse dinheiro de volta por motivo x, ai então fui ao banco e tinha uma divida de R$ 10.000,00 e o gerente me fez um empréstimo consignado de 26.000,00 para dar os R$ 16.000,00… meu salario livre é de R$ 911,45 e pago uma parcela mensal de R$ 833,01 e não estou conseguindo pagar mais, nesse meio tempo minha namorada ganhou um dinheiro de familia e comprou uma casa de 48 m2 e colocou no nome dela e no meu, e hoje ja estou com 4 parcelas em atraso e uma assessoria me liga dizendo que irá manda para justiça a divida, mais pedi renegociação para o banco e para aumentar o numeros de parcelas para cair o valor mais foi negado, será que esse bem que eu tenho pode ser empenhorado pelo banco, por favor me responda pois não consigo dormi já a alguns meses, abraços.
      ——————————————————————————————————————————
      Adriano,

      Se a casa está no seu nome e da namorada, quero crer que moram juntos na mesma em um relacionamento estável demonstrando que nesta casa abriga sua família. – Se é este seu único bem, dificilmente será penhorado. Fique tranquilo. Boa sorte.

      Marcos Antonyo Lima

    334. Adriano disse,

      11/01/2014 @ 14:26

      Marcos não moro na casa nem minha namorada, eu moro na casa do meu pai e ela na casa do pai dela, se eu não morar no imóvel a casa é empenhorada? e a nossa casa é o único imóvel que temos, nós vamos nos casar no fim do ano. abraços
      ————————————————————————————————————————–
      Adriano,

      Não basta morar na casa. – A legislação protege um único bem imóvel que o devedor mora nele com a família, portanto, se morar sozinho não constitui família. – No seu caso, hoje, arriscaria dizer que o juiz entenderia classificar seu imóvel como uma fonte renda/investimento e aplicaria penhora, porém, de repente, o mesmo aceita a sua argumentação juntamente com seu advogado. Eu não arriscaria. Boa sorte.

      Marcos Antonyo Lima

    335. joel da silva disse,

      13/01/2014 @ 10:34

      bom dia !! quando agente tem uma divida alta no banco ,ele pode penhorar o nosso instrumento de trabalho ,tenho uma autonomia com vaga e o carro que trabalho ,e uma casa que esta no meu nome com cessão de direitos sobre o imovel ,que é do meu filho ,teria que passar pro nome dele ??? obrigado !!!
      ——————————————————————————————————————————–
      Joel,

      Não é impossível, porém, vai ser muito difícil você convencer um juiz que automóvel é uma ferramenta de trabalho, eles entendem que quase tudo que faz com o carro o faria também de ônibus, mesmo por que os advogados do credor irão induzi-lo acreditar nisso.

      Quanto à casa, neste Portal existem várias matérias esclarecedoras sobre o assunto. Boa sorte.

      Marcos Antonyo Lima

    336. Thais disse,

      16/01/2014 @ 9:44

      Olá Marcos bom dia! gostaria de uma informação , é o seguinte fiz um emprestimo no banco bradesco e o gerente autorizou e o emprestimo foi feito com 61,55% acima da margem permitida, ou seja está sendo descontado 91,5% do meu salario e eu não estou conseguindo mais sobreviver, na época no desespero fiz assim mesmo, pedi negociação com o banco e foi negado, se eu entrar com uma ação o juiz dara a meu favor para que o emprestimo seja descontado na magem correta ou meu caso não tem jeito? desde já obrigado pelas informaçãoes. tenho uma casa alugada e estou com muito medo, obrigada.
      ——————————————————————————————————————————
      Thais,

      Quando solicitou negociação, deve tê-lo feito apenas de forma verbal. – O faça agora por escrito, inclusive mencionando esta negativa, cobre recibo do banco e guarde sua via. – Com esta solicitação em mãos ficará fácil para iniciar um processo revisional, iniciativa esta que eu aconselho ativar. – A negativa do banco em atendê-la pesará contra o mesmo, caso aconteça novamente. Boa sorte.

      Marcos Antonyo Lima

    337. Thais disse,

      17/01/2014 @ 7:56

      Obrigada Marcos é isso que vou fazer, um funcionario da empresa onde trabalho entrou com uma ação e ganhou e o caso é semelhante ao meu, o banco marcou uma reunião comigo no dia 24/01 e vou faza-la por escrito, obrigada pela informação.

    338. Cristiano Alves disse,

      18/01/2014 @ 10:38

      Olá Dr. Parabéns pelo site. Tenho uma casa financiada pela Caixa e ganhei o subsídio de R$ 23.000
      Sou cliente de um cartão de crédito há mais de dez anos e há pouco mais de um ano,minha esposa ficou grávida e veio a ter um aborto espontâneo, o que fez atolar em dívidas.Agora esse banco do cartão de crédito está protestando no cartório o nosso nome. Posso perder a casa sendo ela financiada pela caixa?
      ——————————————————————————————————————————
      Cristiano,

      A casa somente será sua quando quitada, portanto, somente quem pode mexer na mesma antes disso é o banco credor, inclusive, pela quebra do contrato que concedeu subsídio. – Sugiro ficar atento às regras do mesmo para não ter surpresas no seu decorrer.

      Há quem diga, baseado em jurisprudências sobre o assunto, que os valores pagos em financiamentos ainda em andamento podem ser penhorados por juiz para pagar dívidas, todavia, na prática, esta possibilidade é muito complexa. Boa sorte.

      Marcos Antonyo Lima

    339. Cristiano Alves disse,

      18/01/2014 @ 14:28

      Olá Dr. Obrigado pela resposta.
      O banco que estamos devendo é o citibank e nada tem a ver com o financiamento da casa.
      Nao expliquei isso…nesse caso, peço que reconsidere a minha pergunta com esta atualização.
      Posso perder a casa nesse caso?
      ————————————————————————————————————————-
      Cristiano,

      Em validando o segundo parágrafo da resposta anteriormente deferida, até que poderia, porém, existe legislação que indica o contrário, portanto, reafirmo que uma decisão será muito complexa e indefinida e dependerá da compreensão do juiz que findará o caso. Boa sorte.

      Marcos Antonyo Lima

    340. Cristiano Alves disse,

      18/01/2014 @ 16:31

      Dr. Marcos, muito obrigado pela dica.
      Então quando o banco citibank credcard protesta o nome podemos ir ao juiz e ele pode sim, permitir que o banco tome a casa, mesmo ainda sendo financiada pela caixa,correto?
      —————————————————————————————————————————-
      Cristiano,

      Questões complexas, também assim são para serem explicadas através de mensagens. Se detém de muitas e detalhadas dúvidas sugiro consultar um advogado pessoalmente.

      Jamais um juiz determinará que o banco penhore a casa que mora uma vez que a mesma ainda não é de sua propriedade. Se neste sentido o mesmo “assim decidir”, somente será penhorado o valor que já pagou no financiamento, o que fará com que sua dívida com o credor da casa aumente.

      O fato de o banco ter protestado seu nome não significa que vá entrar com processo de penhora de algum bem. Procure seu banco e faça por escrito uma proposta de pagamento dentro da sua realidade financeira, pois, raramente os bancos cobram na justiça dívidas oriundas de cartão de crédito e sempre apresentam aos clientes propostas de pagamentos negociáveis. Boa sorte.

      Marcos Antonyo Lima

    341. Thais disse,

      23/01/2014 @ 13:55

      Olá Marcos boa tarde!

      é o seguinte amanhã o bradesco marcou uma reunião comigo e quero fazer aquiilo que me pediu, um pedido de negociação por escrito mais não sei nem por onde comessar esse “Requerimento” se for possivel o Sr. pode me ajudar a fazer esse “Requerimento”? não sei usar as palavras, desde já muito Obrigada.
      —————————————————————————————————————————-
      Thais,

      Infelizmente não disponho de tempo nem para responder os e-mail’s que recebo, portanto, não poderei ajudá-la neste sentido, porém, sugiro copiar o modelo de carta disponível neste Portal http://www.escravosdosbancos.com.br/2013/01/carta-modelo-revisaodivida-com-banco/#more-123 – e nele adicionar seus dados e entregar na sua agência do banco cobrando recibo. Boa sorte.

      Marcos Antonyo Lima

    342. Thais disse,

      24/01/2014 @ 11:36

      Marcos você já está sendo um anjo, fiz o que você me disse protocolei no banco e fiquei com uma via do requerimento, falei com o gerente e ele disse vai fazer um comitê e vão ver o que podem fazer por mim, pois pedi revisão para a margem atual, agora estou aguardando a manifestação deles. obrigada mais uma vez.

    343. Thais disse,

      27/01/2014 @ 14:45

      Marcos boa tarde!

      Descupe pela minha pertubação sei que você é um homem muito ocupado, mais preciso de uma orientação, o banco negou meu pedido de revisão de mensalidade do consignado, tenho um requerimento protocolado pelo mesmo que pedi para que o consignado seja descontado dos 30% do meu salario, qual é o procedimento mais correto que devo adiquirir nesse momento? tenho medo da minha casa ser penhorada, desde já agradeço.
      —————————————————————————————————————————-
      Thais,

      O procedimento mais correto seria não desistir. – Seja chata e insista com este gerente mais uma vez notificando-o que vai levar o caso para a supervisão do banco e no caso de recusa do mesmo, apresente o caso para a ouvidoria e a superintedência regional do banco, entre no site do mesmo e envie e-mail para todos os endereços disponíveis, presidente, diretores, sempre alertando-os que tomará as providências judiciais que cabem ao caso e, ainda, registre ocorrência denunciando a recusa parcial no site do Banco Central. – Lembre-se de guardar os registros relativos, pois, no caso do banco insistir na recusa, terá material suficiente para levar o caso para a apreciação da justiça através do Juizado Especial Cível da sua região.

      Quanto à penhora da sua casa, se não mora sozinha e a mesma é o único imóvel que “mora com a família”, fique tranquila, jamais será penhorada. Boa sorte.

      Marcos Antonyo Lima

    344. Thais disse,

      28/01/2014 @ 12:50

      o problema marcos é não moro na casa, mais é o unico imóvel que eu e meu marido temos, moramos em outra cidade vizinha a onde fica meu imóvel e esse imóvel é alugado, mais com o meu interesse de negociação pois quero pagara mais só o que posso que é por lei, mais vou seguir seu conselho, muito obrigado pela antenção.

    345. Mariana Santos disse,

      03/02/2014 @ 9:45

      Oi gostaria de tirar uma dúvida. Minha tia que e viúva e só tem a minha mãe e um neto distante, esta mto doente depois de três AVCs e o Alzaimer, ela tem quase 70 anos e moramos em sua única casa. Ano passado ela contraiu uma dívida com o BB para pagar um empréstimo consignado, no valor de 20.000, em parcelas de 800,00 durante nove anos! Esse valor está comendo a pensão dela e a possibilidade médica, mas tememos que em caso de falecimento que o banco possa nos tirar a casa, visto que ela não tem filhos, mas somos nós quem moramos e cuidamos dela. Isso e possível? Por favor me responda, estamos desesperadas!!! Obrigada
      ——————————————————————————————————————————
      Mariana,

      Possível é, porém, pouco provável. – Vai dar muito trabalho para o banco, uma vez que o advogado da família vai neste sentido agir e banco gosta de ganhar dinheiro fácil e, – por outro lado, este banco já está esfolando sua tia enquanto viva, pois, o juro cobrado neste consignado corresponde ao valor de uma casa (800×108=R$86.400,00). Isso é imoral e vergonhoso para uma empresa centenária que se apresenta como “social” e vende um produto que diz ser “bom pra todos”. Boa sorte.

      Marcos Antonyo Lima

    346. Mariana Santos disse,

      06/02/2014 @ 9:26

      Marcos mto obrigada por sua ajuda! Gostaria de saber se tem algum site que vc me indique para que eu possa saber como fazer para tentar quebrar este empréstimo. Gostaríamos de investir esse valor abusivo que hoje é cobrado pelo banco em um tratamento médico para ela.
      ——————————————————————————————————————————
      Mariana,

      A pessoa mais indicada para resolver a questão seria você mesma. – O faça por escrito quantas vezes for necessário, insista, perturbe o gerente do banco até vencê-lo pelo cansaço. Boa sorte.

      Marcos Antonyo Lima

    347. sheila disse,

      12/02/2014 @ 16:54

      Olá, gostaria de agradecer pela criação desta página maravilhosa, foi o único lugar em que consegui encontrar as respostas que precisava. Vou favoritá-la agora e comprar os livros porque realmente é muito importante conhecer nossos direitos, e saber como lidar com os bancos em situações de dívidas. Quem nunca? Bom, também gostaria de tirar uma dúvida com vcs, se assim for possível. Cheguei a esta página porque estou preocupada com a possível impossibilidade de tomar posse em um concurso público, no caso em que meu nome esteja registrado junto aos serviços de proteção ao crédito. Além, e se houverem notificações extrajudiciais ou uma ação da propria terceirizada ou banco contra mim… (obs: dívida pquena) Sei bem que em casos como Bancos, se voce pretende trabalhar em uma instituição financeira, seja por meio de concurso publico ou não, o seu nome não pode estar registrado junto ao SPC ou SERASA. O meu irmão foi admitido para trabalhar em um banco, e para tanto, teve de saldar uma dívida que nem sabia que tinha, há anos, pagou e assim foi admitido. E agora? Quanto a mim? Estou me preparando para um concurso, mas estou com medo de talvez não poder tomar posse porque tenho dívidas que infelizmente ainda nao pude pagar, estou sendo ameaçada com as notificações extrajudiciais… e se tiver uma ação movida contra mim, posso acabar sem poder tomar posse??? Estou realmente preocupada, se alguém souber de algo a respeito e puder ajudar…
      ————————————————————————————————————————
      Sheila,

      Algumas instituições exigem regularização das pendências no Cpf para admiti-la, como também o banco que abrirá conta para receber o salário. – Somente saberá das exigências quando souber a empresa que se classificou no concurso. Boa sorte.

      Marcos Antonyo Lima

    348. rubens luiz disse,

      13/02/2014 @ 14:48

      Por favor queria uma ajuda , peguei 2 empréstimos no banco itau e ainda estou devendo o cheque especial nas 2 contas ( empresa e conta física) , não estou conseguindo mais pagar eles podem empenhorar a minha casa financiada e o carro q esta financiando tb?

    349. Meire disse,

      15/02/2014 @ 1:07

      Olá Marcos! Será que podes me ajudar a entender o despacho de um juiz? Fui fiadora de uma pessoa da família em um contrato de locação. A pessoa não pagou e não tem bens no nome dela. O credor entrou com processo de execução e penhorou o meu apartamento, o único que eu tenho. Como trabalho em outro estado, não estou residindo no local, só vou 1 ou 2 vezes ao mês. Como não fui encontrada, não assinei nenhuma intimação. O processo está em andamento há cerca de 4 anos. Acompanho os tramites pelo site do TJ e esta semana foram publicados os seguintes despachos: 11/02/2014 – 10:24 FASE: AGUARDANDO PUBLICAÇÃO DE EXTRATO 13/02/2014 – 14:30 DESPACHO: INTIME-SE A PARTE EXEQUENTE A REQUERER O QUE FOR DE DIREITO, NO PRAZO DE 10 (DEZ) DIAS. O que significam? Meu apartamento está indo a leilão? Como devo proceder? Por favor, me ajude. Obrigada.
      ——————————————————————————————————————————
      Meire,

      Está acompanhando o processo a 4 anos pela internet e não tomou nenhuma providência?…Deve procurar um advogado. Boa sorte.

      Marcos Antonyo Lima

    350. yuri disse,

      10/03/2014 @ 22:57

      Marcos, tudo bem?

      Estou sendo processado por uma divida com banco mercantil, fiz um empréstimo, pela internet, paguei algumas prestações e não dei mais conta de pagar, renegociei, mas não paguei mais nenhuma prestação. O que pode acontecer comigo, tenho uma firma aberta e conta pessoa jurídica neste banco mas nunca movimentei, sendo que o empréstimo é pessoa fisica. Eles podem pegar algum bem meu dá empresa, o que podem fazer? á divida que eles cobram e 32000,00 sendo que peguei 17,000,00 e paguei algumas prestações. Desde já agradeço pela atenção;
      ——————————————————————————————————————————
      Yuri,

      Teoricamente o banco pode penhorar seus bens e/ou da empresa, pois, mesmo tendo contraído empréstimo através da conta física ele sabe que é empresário e certamente o gerente monitora sua movimentação financeira desta conta, todavia, antes de tomar alguma iniciativa, ele irá infernizar a sua vida com cobranças e ameaças e, entre um pesadelo e outro, podem apresentar-lhe uma proposta de pagamento que, de repente, pode ser interessante analisar. Boa sorte

      Marcos Antonyo Lima

    351. pamela disse,

      14/03/2014 @ 10:27

      bom dia ,estou muito preocupada preciso da sua ajuda pois tenho uma divida com o banco de aproximadamente de 13 mil sem juros ,foi adquirida antes do meu casamento ,sou casada com união parcial de bens não tenho nenhum bem no meu nome ,mais meu marido tem um carro no nome dele ,estou recebendo cartas,e-mails informando q se eu não pagar a divida meus bens irão ser penhorados ,eles podem penhorar o carro q esta no nome do meu marido estou tão preocupada pois tem 2 crianças pequenas e o carro não é meu luxo e questão de necessidade e não consigo pagar a divida pois só meu marido q trabalha pois estou com um bebe recém-nascido por gentileza esclareça minha duvida . Deste já grata pela atenção
      —————————————————————————————————————————-
      Pamela,

      Fique tranquila. – Na teoria o banco até poderia penhorar o carro do seu marido, todavia, na prática fica muito difícil, pois, dará muito trabalho e banco não gosta desta palavra, prefere lucros fáceis e no seu caso dependeria de uma série de requisitos para se confirmar a penhora. – O que acontece é que a sua dívida está nas mãos de cobradores terceirizados e estes costumam praticar pressão e tortura psicológica sobre devedores. – Esta prática caracteriza flagrante de desrespeito ao CDC, digo é crime, portanto, não se apavore e quando possuir condições procure o banco e negocie sua dívida. Boa sorte.

      Marcos Antonyo Lima

    352. Gildo Cunha disse,

      31/03/2014 @ 7:51

      Srs. Bom dia!

      Peguei imprestimo no Banco Itau 35.000, investi na Telexfree a empresa foi Bloqueada em junho 2013 alegando O ministerio Publico piramide financeira, mas ate hoje não se prova nada contra a empresa. agora estou em uma situação calamitosa, pois o Banco envia carta informando que vai penhora meus Bens, pois so tenho meu apartamento que conquistei com grande sacrificio no meu nome. Eles podem penhora? e minha esposa tem um unico carro, uma pergunta dela eles podem penhora este bem dela? quais as medidas que posso tomar? pois estou sem saber o que fazer. Gildo Cunha

    353. Cristiane Silva disse,

      01/04/2014 @ 17:18

      Dr. Marcos boa tarde!
      Tenho um dívida alta com o banco Santander, em torno de R$ 50.000,00, os quais nunca me mostrarm planilha de evolução da minha divida e estou tentando negociar, mas tudo que consigo são valores elevados, comprometendo mais de 30% do meu salario ou propostas parceladas em 100 meses. Já encaminhei proposta ao banco, fiz reclamação ao banco central, a ouvidoria do banco, e estou juntando tudo isso para entrar com uma ação e finalmente conseguir pagar minha divida de forma honesta. Tem um advogado amigo meu que esta me ajudando, mas queria tirar uma duvida, tenho um carro alienado em meu nome e uma moto financiada. O banco pode penhorar meus bens? Se eles entrarem na justiça contra mim, tenho como me defender alegando que já estou na justiça, inclusive fazendo depósitos judiciais? Estou nervosa. Obrigada
      ——————————————————————————————————————————
      Cristiane,

      Deve procurar conversar mais sobre o assunto com este seu amigo. Ele é advogado e merece sua confiança. Boa sorte.

      Marcos Antonyo Lima

    354. Rosana Souza disse,

      03/04/2014 @ 16:03

      Boa tarde,

      Meu marido há dez anos atras contraiu uma dívida de cartão de crédito na época R$6.000,00, hoje o escritório de cobrança informou a ele que esta dívida ultrapassa R$450.000,00, e eles poderiam dar um desconto para quitação de R$30.000,00, no momento não temos esse valor. Minha dúvida é como meu marido contraiu esta dívida antes do nosso casamento que foi em regime de comunhão parcial de bens, e a casa está em meu nome, o banco pode querer penhorar sendo o único bem em meu nome.
      —————————————————————————————————————————
      Rosana,

      Fique tranquila! – Mesmo que tente este banco não vai conseguir mexer na sua casa. Boa sorte.

      Marcos Antonyo Lima

    355. MARCOS ANTONIO DE PAULA disse,

      04/04/2014 @ 22:30

      Olá gostaria de tirar uma dúvida estou com pendências no banco itau com cartões de crédito e limite de cheque especial minha divida esta imensa de grande pelos juros que estão me cobrando totalizando uns 42000 reais,hoje recebi uma cobrança extra judicial ameaçando a penhora de bens possuo um carro financiado e um apartamento porém não pelo itau…gostaria de saber eles pode retirar esse bens de minha “propriedade” ou melhor da propriedade de outros bancos?
      —————————————————————————————————————————–
      Marcos,

      É muito raro a conclusão de um processo de penhora por dívida de origem de cheque especial ou cartão de crédito e quando ocorre somente seria por uma dívida principal muito alta – No exemplo citado, se for o caso, o juiz determina a penhora da parte que o devedor já pagou de um bem financiado, mas, acho difícil. – Negocie sua dívida exigindo a eliminação do inchaço abusivo da mesma. Boa sorte.

      Marcos Antonyo Lima

    356. Rodrigo Cezar disse,

      22/04/2014 @ 16:04

      Ola amigo, tenho uma divida como o banco hsbc no valor de 60,000 referente a cheque especial e empréstimos pessoais . Voce acha que com este valor eles irão penhorar meus bens de casa ? Nao tenho residencia propria nem carro no meu nome .

    357. Aline disse,

      27/04/2014 @ 22:49

      Boa Noite! Sou casada com comunhão total de bens, meu marido pegou um empréstimo no banco da caixa econômica e não conseguimos pagar mais, tenho um carro velho e uma moto, ambos e meio de trabalho nosso, e temos uma unica casa, o banco pode toma-la. Detalhe consta na caixa que meu marido é solteiro pois o próprio bancário colocou que ele era solteiro.
      —————————————————————————————————————————–
      Aline,

      Fique tranquila! O banco não tomará sua casa mesmo que tente. Boa sorte.

      Marcos Antonyo Lima

    358. Bruno Zabanove Machado disse,

      08/05/2014 @ 19:44

      oi gostaria q vc tirasse uma duvida minha, é q eu acabei de financiar uma casa pela caixa. e recentemente descobri q um bem q eu comprei em meu nome para meu irmão ñ foi pago e agora meu nome ta no spc, eles podem tomar a minha casa d mim? o q devo fazer?

    359. robson disse,

      09/05/2014 @ 16:01

      boa tarte!seguinte devo o banco santader 15 mil reais no cheque especial, e tenho um carro no meu nome….
      e a cada mes cobram os juros, o que devo fazer, tenta negociar ou esperar eles me ligar???????

    360. Fernando disse,

      11/05/2014 @ 11:40

      Dr. Marcos bom dia!! parabéns pelo blog que sem dúvida oferece grande ajuda para todos nós!!

      Recebi uma indenização após 14 anos de trabalho e, como não tinha casa comprei um terreno e comecei a construir, fiz tudo certo ( projeto com engenheiro, tirei alvará de construção na prefeitura); O imóvel esta no meu nome e registrado em cartório, ocorre que eu fiquei sem dinheiro no final da obra, pois eu não consegui arrumar outro emprego, como os meus limites no banco eram bons ( Cheque especial, Cartão, empréstimo pessoal) eu utilizei o limite total cerca de R$ 30.000,00. Não havia outro jeito pois, eu tinha que terminar minha casa para sair do aluguel e me alimentar, pensei que se eu não fizesse minha casa com o dinheiro da indenização jamais iria conseguir minha casa própria, pois o dinheiro certamente acabaria e com 50 anos de idade tudo ficaria mais difícil. Agora estou devendo no banco e, pelo valor da dívida dificilmente escaparei de um processo de execução, neste caso posso perder este meu único imóvel construído no qual estou morando com minha família a 4 meses?? preciso de orientações por favor. Aguardo ansioso pela sua resposta. Grato Fernando

    361. LUCIANO disse,

      29/05/2014 @ 18:48

      Boa noite,

      Tive uma empresa ela quebrou fiquei com pendencias financeiras com bancos,ja fui acionado ,mas nao tenho nada em meu nome para ser penhorado,mudei de ramo,queria saber se abrir uma outra empresa em meu nome se teria algum problema em colocar bens em nome da empresa,pode ser bloqueados estes possiveis bens?Quero abrir uma construtora e colocar residencias em nome desta.

    362. Eloane disse,

      02/06/2014 @ 10:08

      Bom dia. Sou fiadora de uma dívida de mais de 40.000,00. Não tenho nada no meu nome, sabe me informar se podem penhorar os bens do meu esposo, ou mesmo de sua empresa?

    363. flavio disse,

      07/06/2014 @ 15:46

      Como é possível, no brasil nos vivermos com medo dos bancos. Eu tenho divida com a caixa econômica, (Cartoes,cdc. microcrédito) No valor aproximado de 29.000.00, sou porteiro e ganho menos de 02 salários, e seguindo o conselho do próprio banco fui pegando um empréstimo para pagar outro, tenho algumas ferramentas que não são de grande valor mas, utilizo para fazer alguns bicos pois meu salario é 1.098,47. Tenho 50 anos. Jamais deixei de arcar com meus compromissos. Mas agora para eu não tem acordo ou compro comida e remédios para eu e minha esposa. Ou pago 1,100,00 reais de prestação, já faz. È o primeiro mês depois de dois anos, pagando que não vou mais conseguir, Se for para o tomarem minhas ferramentas que já não, nao valem nada. E melhor me encostarem no paredão e fuzilarem. Os cretinos vão pressionar no máximo já sei. Enquanto os verdadeiros coloteiros administram nosso pais.

    364. Janis araújo gomes disse,

      14/06/2014 @ 10:17

      Olá meu amigo to desesperada porque eu recebi uma carta urgente de cobrança sobre a minha divida com o banco bradesco devo 5mil de cartões de crédito e 5 mil de empréstimo na carta ta me avisando que vai penhora meus bens falando na carta assim registro no cartório de títulos e documentos de ponto de pedras alagoas. Aviso prezado janis araujo gomes contrato 00819308 cumunicamos que foi apresentado a registro no cartório de títulos e documentos de porto de pedra sob o protocolo numero 727223 em 05/06/2014 selo digital numero aa013265 um documento onde vossa senhoria figura como parte conforme a pagina em anexo a uatenticidade do documento podera ser consultado no http://www.cartorioportodepedras.com.br por meio do numero 36731fa84a68a194 obs: eles pode penhora meus bens só tenho um apartamento finaciado pelo banco do Brasil e a dívida é com o bradesco e tenho um carro quitado no meu nome mais ele é o palio ano 1998 antigo eles pode tomar por favor me responda amém
      —————————————————————————————————————————–
      Janis,

      Acho difícil a penhora de algum bem seu, pois, tenho certeza que está dívida está incha abusivamente e para cobrá-la na justiça deveria ser apresentado o valor principal devido e para o cobrador desta forma não seria interessante. – O registro em cartório faz parte da pressão psicológica exercida por cobradores desesperados por dinheiro alheio. – Faça sua proposta para pagar apenas o que deve de fato e de maneira que se encaixe no seu orçamento. – Mencione na solicitação que no caso de negativa irá levar o caso para apreciação do judiciário, pois, assim, também irá amedrontar e colocar o cobrador nos parâmetros legais de uma relação de consumo. Boa sorte.

      Marcos Antonyo Lima

    365. Fernando Pereira disse,

      17/06/2014 @ 10:30

      Bom dia!! Recebi uma indenização após 14 anos de trabalho e, como não tinha casa comprei um terreno e comecei a construir, fiz tudo certo ( projeto com engenheiro, tirei alvará de construção na prefeitura); O imóvel esta no meu nome e registrado em cartório, ocorre que eu fiquei sem dinheiro no final da obra, pois eu não consegui arrumar outro emprego, como os meus limites no banco eram bons ( Cheque especial, Cartão, empréstimo pessoal) eu utilizei o limite total cerca de R$ 30.000,00. Não havia outro jeito pois, eu tinha que terminar minha casa para sair do aluguel e me alimentar, pensei que se eu não fizesse minha casa com o dinheiro da indenização jamais iria conseguir minha casa própria, pois o dinheiro certamente acabaria e com 50 anos de idade tudo ficaria mais difícil. Agora estou devendo no banco e, pelo valor da dívida dificilmente escaparei de um processo de execução, neste caso posso perder este meu único imóvel construído no qual estou morando com minha família a 4 meses?? preciso de orientações por favor. Aguardo ansioso pela sua resposta. Grato Fernando
      —————————————————————————————————————————
      Caro Fernando,

      Fique tranquilo! Por conta do perfil da sua dívida e dos argumentos jurídicos que o acolhem, – nem o Papa conseguiria mexer na sua casa. Boa sorte.

      Marcos Antonyo Lima

    366. Ricardo disse,

      18/06/2014 @ 9:24

      Bom dia! Um colega meu comprou um carro desses caras que montam tipo uma consorcionária, o valor do veículo era R$ 7000,00. Ele deu R$ 2000,00 de entrada e pagou 4 prestações de R$ 530,00. Devido problemas financeiros ele atrasou 2 parcelas e o vendedor buscou o carro, meu colega pediu pelo menos os R$ 2000,00 que foram dados de entrada de volta e o vendedor se nega a dar qualquer valor, muito menos o veículo. Meu amigo tem direito de fazer algum B.O. para recorrer na justiça?
      ————————————————————————————————————————-
      Ricardo,

      A operação de apreensão do carro foi efetuada de maneira irregular. Em nome da empresa o vendedor deveria ter concedido ao consumidor o direito de negociar o valor devido. Agora o comprador deverá seguir os caminhos jurídicos, a começar pela abertura de um BO. Boa sorte.

      Marcos Antonyo Lima

    367. sandro sf disse,

      19/06/2014 @ 0:08

      oi boa noite eu queria tirar uma duvida que me atormenta desde 2008 eu devo pro itau se não me engano a divida tava ate 2013 no final 28.000, fui renegociar, ai abaixaram para 1400 rs juntei meu pis dessimo e pagamento deu prazo so que eu atrasei um dia quando eu estava com dinheiro certo pra pagar eles negaram, hoje recebi um sms dizendo que bloqueariam, conta corrente ou poupança, mais recebo em outro banco, meu pagamento, eles podem bloquear judicialmente ou tomar uma casa que tenho em meu nome obrigado

    368. kely cristina disse,

      27/06/2014 @ 21:23

      Boa noite, tenho uma dívida com o HSBC tentei negociar diretamente na agência, pois a empresa de cobrança está me cobrando um valor absurdo. O gerente que me atendeu disse que só pode negociar até 60 dias, fora isso não tenho outra opção ou pago com a empresa ou continuo em dívida. O banco pode se negar em negociar a dívida assim na agência?
      —————————————————————————————————————————
      Kely,

      O banco tem o direito de impor critérios na sua rotina administrativa. – Não existe diferença em negociar uma dívida com um banco ou com uma empresa de cobrança, aliás, com a segunda fica bem mais fácil devido a falta de vínculo com o capital aplicado e a validação de flexibilidades de fato. Boa sorte.

      Marcos Antonyo Lima

    369. gisele disse,

      06/07/2014 @ 20:08

      Boa noite, tenho dividas em crediarios, cartoes de credito e emprestimo no banco bradesco de 5.000. Comprei uma casa fananciada pela caixa no valor de 120.000 com 9.000 de subsidio. Os credores podem pedir a penhora do imovel. As dividas estao no endereço antigo eles podem descobrir que adiquiri um fianciamento? Posso perder minha tão sonhada casa na penhora? desde já grata !

    370. wagner silva disse,

      10/07/2014 @ 13:08

      Primeiro, vale ressaltar que: Sendo os credores instituições financeiras (bancos, cartões de crédito, financeiras, etc) eles não costumam entrar com ações de cobrança na justiça, somente em casos de dívidas de financiamentos de imóveis, veículos e outros bens (que podem ser penhorados pois estão em garantia da dívida, assim eles podem entrar com ações de busca e apreensão destes bens), ou se não for este caso, somente se as dívidas forem altas e quando os credores têm certeza que o devedor tem dinheiro ou bens suficientes para saldar a dívida. Se você não se enquadra em nenhuma destas situações, as chances de receber a visita de um oficial de justiça em sua porta é muito pequena. Assim, é muito mais eficiente e econômico para estes credores contratar empresas de cobrança que ficam ligando dia e noite para o devedor, fazendo ameaças de penhora e venda de bens, apavorando-os e fazendo com que muitos, que desconhecem seus direitos, corram para vender bens, pegar outros empréstimos e fazer todo o tipo de negócio para quitar a dívida, com medo do que pode acontecer. Neste texto acima vocês falam que os bancos não costumam cobrar divida na Justiça e que contratam empresas de cobranças essas empresas podem cobrar essas dividas na Justiça?

    371. Luzia de Carvalho disse,

      16/07/2014 @ 8:12

      Bom dia primeiramente gostaria de agradecer iniciativas como a sua de esclarecer duvidas de pessoas que desconhecem seus direitos, tambem gostaria que me respondesse o que faço pois meu marido faleceu dia 27 de junho e no atestado de obito declarei que ele não deixa bens ja que não temos casa nem conta bancaria a dez anos a unica coisa que temos é um carro que não posso vender, esta atrelado a um processo onde ele foi condenado a pagar, eu dei meu carro como entrada pra gente comprar esse automovel agora coma morte dele achei que estava tudo resolvido pois eu não tinha intensão de vende-lo ele é de 2008 mas ta inteiro, só que afora os filhos querem fazer inventário e eu me pergunto ? posso ficar sem o meu unico meio de ganho e sobre inventario o que fazer se não temos nada, nem mesmo testamento. !? obrigada por favor me ajude não durmo desde então sem paz.

    372. Alexander Zanini disse,

      18/07/2014 @ 5:09

      Um banco pode tomar um terreno ou casa que esta em nome do filho do devedor?
      —————————————————————————————————————————–
      Alexandre,

      Em alguns casos raríssimos o juiz pode transferir dívidas para herdeiros. Boa sorte.

      Marcos Antonyo Lima

    373. Gisele disse,

      18/07/2014 @ 12:39

      Caro amigo Marcos, Por favor responda minha pergunta acima. Um abraço !
      —————————————————————————————————————————–
      Gisele,

      Fique tranquila! Mesmo que o banco credor descubra seu novo endereço não vai conseguir prejudicá-la ao livre arbítrio. – Sua casa é imexível. Boa sorte.

      Marcos Antonyo Lima

    374. jose emerson disse,

      25/07/2014 @ 13:22

      tenho uma conta poupança em meu nome mas os valores não são meus e recebi uma carta da credicard ameaçando penhorar meus bens. posso perder tudo?

    375. alexander disse,

      29/07/2014 @ 9:36

      Dr. Marcos agradeço pela sua resposta, mas tenho mais uma duvida quanto a isto, eu não devo transferir nada, devo comprar uma casa em no nome de minha conjugue (não sou casado no papel com ela e tenho uma filha de 1 ano) ou compro em nome desta minha filha (ela tem 1 ano de vida) não sei inclusive se pode ser comprado em nome de minha filha a casa por ser ainda um bebê. Enfim, estou com esta dúvida final, pois não quero que o Banco tome a unica propriedade que eles poderão ter caso Deus me leve antes da hora. Fico no aguardo.

    376. alexander disse,

      04/08/2014 @ 23:11

      Dr. Marcos tenho uma dúvida, não sou casado no papel mas vivo a 3 anos com minha conjugue e tenho com ela 1 filha de 1 ano, tenho carteira assinado a anos, tenho 42 anos e trabalho como gerente de uma empresa privada, declaro irrf inclusive, a minha dúvida é caso eu venha a falecer, qual procedimento que minha conjugue deve fazer para ter direito a pensão? saldo do fgts, valor da rescisão por morte, enfim, como é que ela deve proceder e onde procurar para conseguir estes direitos?

    377. Jéssica disse,

      05/08/2014 @ 19:23

      Tenho uma duvida, meu ex namorado tinha uma empresa e pediu que minha mãe fosse fiadora de algumas coisas para ele, terminamos a 2 anos por ai e o mesmo não pagou a divida. A policia federal foi na casa da minha mãe intima-la e disse que não o encontrou, o que acho estranho porque o mesmo mora no interior e sua família também, ele não morreu nem esta como desaparecido. Somos do interior os policiais foram na residencia de minha mãe e disseram que se ela não pagar a divida e nem embargar sera presa se não fizer o pagamento e que não tendo bens como ela não tem, pegariam na justiça junto a secretaria de saúde o seu salario, já que a mesma é enfermeira e não possui nenhum bem, a casa é de aluguel e não possui nada em seu nome. Disseram que ela tem 15 dias para acionar um advogado, ela esta nervosa e com medo. O que pode acontecer?? Ela pode ser presa? Ela não tem como pagar e nem tem marido, o que eles podem fazer com ela. Como a policia não o encontrou? Eu não sei exatamente onde o mesmo mora mas a rumores de que o mesmo esteja em uma cidade próxima a que minha mãe mora ou então na sua cidade natal que é onde toda a sua família mora… Por favor me ajudem, minha mãe não tem culpa disso. Detalhe que essa divida ja tem um certo tempo e que uma vez ligaram para minha mãe dizendo que o titular da divida tinha ido negociar a divida e teria ate com um carro pra negociar a divida. Desde já obrigada!

    378. Tiago disse,

      07/08/2014 @ 16:46

      Olá Marcos, muito obrigado pelo seu post, nos ajuda muito, bem esclarecedor. Tenho uma divida no cartão de crédito bradesco no valor de R$1.090,00, recebi uma carta de uma cobradora diferente cobrando esse valor, junto a ela tem uma carta do cartório informando que meu nome foi registrado, numero de protocolo para consulta, e tudo mais, informa que tenho até o dia 15 para negociar ou senão serei penalizado conforme processo civil. Minha dúvida é a seguinte , tenho conta corrente ITAU, com cheque especial e cartao de credito e debito ativos, nessa conta recebo meu salario. Posso ter minha conta integralmente bloqueada ou parcialmente bloqueada devido a essa divida? Tambem tenho outras dividas do itau cartoes de credito sem pagar devido nao ter condições mas não faz parte dessa conta corrente, inclusive já recebi outra carta do itau que foi registrado meu nome devido a divid, Não passa de 1100 tambem. Estou preocupado, quanto tempo tenho depois do dia 15? Posso receber oficial de justiça em casa? como funciona? grato.

    379. Wiliam Teves disse,

      20/08/2014 @ 15:10

      Olá, temos uma dívida com Bancos que ultrapassam 160mil e que não conseguimos mais pagar devido a baixa que tivemos no comércio aqui em BH. essa dívida pagamos mais da metade e não conseguimos quitar as restantes, não temos como continuar pois o banco não aceita negociação com uma parcela que caberia no nosso bolso. Temos um imóvel que compramos este ano e ele está 80% financiado é o único que temos e moramos todos nós, corro risco de perder este imóvel? Na verdade ele é financiado pelo banco ITAÚ e minha dívida é com o BBrasil. Meus pais que me ajudam a pagar esta parcela do apartamento. Já recebemos cartas do banco, caso não consiga pagar o que eles insistem podemos ser surpreendidos com oficial em casa? nossa casa é simples temos poucos móveis isso seria penhorado?

    380. rodrigo disse,

      05/09/2014 @ 12:33

      ola poderia me ajudar tenho uma divida no barcon entre cartão e cheque esoecial chega a 20 mil reias tenho 3 carros financiados na mesma instituição no quais pago em dia ele pode prender os veículos ?

    381. Derlania disse,

      08/09/2014 @ 17:13

      VOCE PODE ME TIRAR UMA DUVIDA …TENHO UM TERRENO FINANCIADO PELO BANCO BRADESCO… ONDE ALUGO PARA EMPRESA DE MEU MARIDO …QUE POR FIM ..ESTA TODO ENDIVIDADO COM O BANCO BRASIL POR EU SER CASADA LEGALMENTE … ELES PODEM VIR “TOMAR” MEU IMOVEL .. UNICO E FINANCIADO ..?

    382. José disse,

      09/09/2014 @ 14:25

      Boa tarde, Sou fiador de um amigo, de um empréstimo bancário, através de sua pessoa jurídica. Já fazem 2 anos, sei que o prazo de prescrição são de 5 anos. Gostaria de saber, se existe alguma possibilidade para que eu possa sair dessa situação? Seja substituição de fiador, ou alguma outra forma que eu seja excluído desse quadro? E passados os 5 anos, quais são meus prejuízos como fiador, ficarei com meu cadastro negativo em instituições bancárias, ou especificamente no banco credor? Ou em outra situação. Grato desde já.

    383. Atiko Lemes Gonçalves disse,

      12/09/2014 @ 23:06

      Ola caro amigo, então eu tenho um problema. Eu tinha um caminhão que no valor custava 130 mil reais, mas ainda não estava no meu nome. e eu atrasei as 3 parcelas de 18 restantes. Ate ai eu entendo que estava errado. Mas agora o seu antigo dono esta me processando por danos morais, ele alega que pelo meu atraso meio que sujou o nome dele sendo que ele já quitou o caminhão e tudo. Queria saber se ele realmente pode fazer isso ? e também queria saber se ele obter sucesso nesse caso e digamos se ele pode me levar algo? pois tenho apenas uma unica casa no meu nome propiá e quitada. E também queria saber se posso apelar por ter 2 filhos ainda dependentes de eu e da minha esposa.

    384. davi f.carvalho disse,

      29/09/2014 @ 16:30

      Boa tarde, tenho uma divida junto ao banco bradesco no valor de 50000,00. Acontece que eu nao sei até quando vou ter condições de pagar a prestação uma vez que perdi emprego e não consigo arrumar outro com salario pelo menos equivalente ao anterior. O unico bem que possuo é um lote que ainda naõ terminei de pagar. Minha duvida é se o banco pode penhorar este lote prá quitar o emprestimo.

    385. Silva Carlos disse,

      21/10/2014 @ 9:26

      devo 30.000,00 ao banco dividas de cheque especial , cartões de crédito, empréstimo, fiquei desempregada , eles podem me ameaçar de tomar minha casa tenho uma cada que só tem escritura de compra e venda e ainda esta como terreno não foi registrada e tenho um apartamento que foi doação de minha mãe eles podem penhorar mesmo sem estar registrados no meu nome, tendo somente um uma escritura de doação e o outro somente escritura de cessão de direitos do terreno, desde já agradeço sua resposta

    386. RosI lOAN disse,

      20/11/2014 @ 21:13

      Boa noite. Meu marido faleceu e deixou muitas dividas. O unico bem que ficou e meu apto ainda nao quitado pois continuo pagando. No entanto, ficaram multas de transito diversas pois trabalhava com transporte. Minha adv informou que a divida de 5mil ja esta em 13 mil, onde ja solicitaram penhora do imovel. Gostaria de saber se ainda consigo junto ao orgao da procuradoria parcelar a divida que agora e de 13mil.? Tambem ficaram 02 carros com debitos altissimos as financeiras, que ate agora nao consegui a devolucao e estao nm pateo estragando. As financeiras nao aceitam a devolucao e o juiz nao me da a autorizacao pra vender. Posso perder meu imovel? obrigada.

    RSS feed for comments on this post · TrackBack URI

    Deixe um comentário